TikTok assina com Universal e volta a ter músicas na rede social

Empresas chegam a consenso sobre royalties. Novo acordo inclui ainda proteção contra músicas geradas por IA sem autorização.

Giovanni Santa Rosa
Por
TikTok
TikTok estava sem algumas músicas desde janeiro (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O TikTok e a gravadora Universal Music Group (UMG) fecharam um acordo de licenciamento. Com isso, músicas originais de artistas representados pela UMG voltarão à rede social, incluindo em vídeos antigos. As canções tinham sido removidas em janeiro, quando as duas empresas não conseguiram acertar termos de um novo contrato.

Além de pagamento de royalties, o novo contrato inclui proteções contra o uso de inteligência artificial generativa. A Universal Music Group tem, entre seus representados, artistas como Elton John, Queen, The Weeknd, Drake, U2, Ivete Sangalo e até os Beatles.

TikTok no iPhone (imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Vídeos que ficaram sem som com o fim do contrato voltarão a ter músicas (imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Em janeiro, após o fim do contrato do TikTok com a UMG, muitas das músicas com direitos atrelados à gravadora foram removidas da plataforma, e vídeos que tinham as canções ficaram sem som. Com o novo trato entre as partes, o áudio será “devolvido” a essas publicações.

TikTok promete combater uso de IA sem autorização

Um dos desacordos que levaram à ruptura do contrato em janeiro foi a proteção contra IA generativa. A UMG acusava o TikTok de promover e incentivar o uso desta tecnologia para criar músicas e temia que este tipo de conteúdo diminuísse os valores a receber.

Segundo o TikTok, no novo acordo, a rede social e a UMG se comprometeram a trabalhar juntas para proteger o trabalho artístico de humanos e os recursos financeiros que vão para intérpretes e compositores. A plataforma também prometeu a remover músicas geradas por IA sem autorização e melhorar as ferramentas de atribuição de créditos.

O TikTok e a UMG também tentarão melhorar a remuneração de artistas e compositores, criar novas oportunidades para promover músicas e procurar novas formas de monetizar os lançamentos da gravadora.

Com informações: TikTok, Variety, Cnet

Relacionados