TikTok já testa influencers feitos com IA (mas não deu certo)

Segundo jornal, TikTok estuda com anunciantes a possibilidade de criar avatares com IA para propagandas. Primeiros testes não mostram eficácia desses influencers

Felipe Freitas
Por
TikTok
TikTok pode ter planos de lançar IAs influenciadoras para alavancar vendas na plataforma (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O TikTok está desenvolvendo uma ferramenta para que empresas criem influencers com IA. O objetivo deste recurso é que essas companhias utilizem avatares virtuais para os seus anúncios, tipo uma Magalu, Nat e Sam. Porém, esses influencers de IA seriam feitos para anúncios específicos, não como mascote de uma marca.

De acordo com o The Information, veículo que revelou o caso, o TikTok já testou os influencers de IA na plataforma. No entanto, o resultado não agradou: o número de vendas originárias dos anúncios com avatares foi menor do que aquelas que utilizaram pessoas reais nos vídeos. Isso significa que o TikTok vai abandar a ferramenta? Nada disso.

TikTok seguirá desenvolvendo ferramenta de IA influencer

Segundo o jornal, mesmo com o resultado ruim, o TikTok seguirá apostando na ferramenta de criar influencer com IA generativa. A rede social acredita que, no futuro, a combinação entre criadores de conteúdos humanos e esses avatares pode se mostrar eficaz nos anúncios.

TikTok especula que influencers feitos por IA serão aliados dos criadores de conteúdo para a conversão de vendas (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
TikTok especula que influencers feitos por IA serão aliados dos criadores de conteúdo para a conversão de vendas (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O The Information revela que o TikTok está conversando com as empresas sobre o uso dessa ferramenta. Contudo, resta saber se a rede social está sendo transparente com seus influencers reais. Afinal, se um anunciante usa um avatar feito por IA na propaganda, é porque deixou de contratar algum influencer para o vídeo.

Assim, um criador está perdendo dinheiro enquanto o TikTok se ganhando. Nos Estados Unidos, uma parte dos usuários e influencers da rede social está defendendo que o app não seja banido no país. Prejudicar os criadores com IA seria uma facada nas costas de quem saiu em sua defesa nos EUA.

Outro ponto importante do tema será a recepção do público a ver um avatar feito com IA fazendo propaganda. Ainda que a Magazine Luiza utilize a Magalu e a Natura a Nat, ambas ainda usam humanos em suas propagadas.

Pegando por exemplo os criadores que fizeram propaganda do jogo do tigrinho, estes ainda podem ser responsabilizados pelos anúncios que fazem. Talvez não civilmente, mas a reação do público com propagandas enganosas levou influencers a se posicionarem e romper contratos com marcas. Ainda há uma figura real para o público se indignar. Agora, um avatar feita por IA não teria medo de perder público caso fizesse propaganda para golpes ou apps caça-níqueis.

Empresas ouvidas pelo The Information comentaram que não há previsão de quando esse recurso será lançado. Visto que o TikTok realizou apenas testes iniciais, é possível que demore ainda um bom tempo — e sempre existe a possibilidade de cancelar a ideia sem lançá-la.

Com informações: The Information, PhoneArena, ITHome e Gizmochina

Receba mais sobre Inteligência Artificial na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados