TVs da Samsung podem se tornar a tela verde da sua série favorita

Fabricante sul coreana anunciou nova linha das TVs The Wall para estúdios produtoras audiovisual; painéis modulares são alternativas para fundos mais realistas

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 11 meses
The Wall, modelo IVC, foi desenvolvida para o uso em estúdios audiovisuais (Imagem: Divulgação/Samsung)
The Wall, modelo IVC, foi desenvolvida para o uso em estúdios audiovisuais (Imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung lançou no InfoComm 2023 a linha The Wall for Virtual Production para produções audiovisuais. A proposta da sul-coreana com esse produto é ser mais uma alternativa para as produtoras que querem trocar o chroma key por um painéis mais realistas. No anúncio da The Wall, a Samsung divulgou que os estúdios de efeitos especiais responsáveis por The Mandalorian e Avatar são os seus primeiros parceiros técnicos.

Explicando o chroma key, ele é aquele fundo verde ou azul usado para criar cenários digitais. TikTok e Reels do Instagram contam com esse recurso para a edição de vídeos na plataforma. Nos filmes e séries, o cenário é adicionado na pós-produção, com os atores gravando suas cenas na frente de cenários monocromáticos.

Nova Samsung The Wall estará na sua TV, mas não na sua sala

A The Wall para Produção Virtual (tradução direta), modelo de nome IVC, não é um produto para consumidor final, mas ela poderá estar presente na sua sala através dos filmes e séries que você assiste. Os clientes dessa nova série da The Wall são os estúdios audiovisuais e empresas de efeito especiais. Mas se você sonha com esses painéis na sua casa (e tem cacife para isso), pode contatar a Samsung para adquirir as The Wall para residências.

A nova linha The Wall foi desenvolvida pensando no seu uso em produções virtuais, o que a difere das outras edições para casa e comércio. No seu site, a Samsung mostra o uso dos painéis para varejos, museus, salas de controle e outros ambienteis comerciais.

The Wall cria cenários em tempo real, entregando também mais imersão para os atores (Imagem: Divulgação/Samsung)
The Wall cria cenários em tempo real, entregando também mais imersão para os atores (Imagem: Divulgação/Samsung)

A The Wall IVC é formada por painéis modulares com display LED. A taxa de atualização máxima é de 12.288 Hz, com brilho de até 1.500 nits, ângulo de visão de 170º e taxa de contraste de 35.000:1. Os painéis podem ser “juntados” para formar uma tela com curvatura de até 6.000R (ou 6.000 mm).

Os estúdios Lux Machina, envolvido na produção dos efeitos especiais de The Mandalorian e House of the Dragon,e Wētā FX, responsável pela pós-produção dos filmes Senhor dos Aneis e Avatar, são os primeiros parceiros técnicos anunciados pela Samsung.

A vantagem de utilizar “televisões” no lugar de chroma key é que há um corte de gastos e ganho de tempo na produção. The Mandalorian foi a primeira série de TV a usar essa tecnologia. Quanto mais popular o uso de painéis, mais rápido a sua série cheia de efeitos especiais chega no streaming — fico no aguardo para a Amazon adotar em Os Anéis do Poder.

Com informações: TechRadar e Gizmochina

Receba mais sobre Samsung na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados