O que é a tecnologia Crystal UHD das TVs da Samsung?

TVs Samsung Crystal UHD têm resolução 4K e processador próprio Crystal 4K para melhorar qualidade de imagem; entenda funcionamento da tecnologia

Emerson Alecrim Paulo Higa
Por e
• Atualizado há 10 meses
TV 4K Samsung AU7700 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
TV 4K Samsung AU7700 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A linha Samsung Crystal UHD é composta por TVs 4K de entrada. Cada modelo conta com um processador Crystal 4K focado em gerar a melhor qualidade de imagem possível, mesmo se o conteúdo reproduzido não tiver alta resolução.

Os primeiros modelos com a marca Crystal UHD foram as TVs Samsung TU8000 e TU7000, lançadas em 2020. Ela trouxeram atributos que se tornaram marcantes na linha, como bordas infinitas, controle remoto que funciona com outros dispositivos e, nas versões mais avançadas, assistentes de voz.

Como funcionam as TVs Crystal UHD

As TVs da linha Crystal UHD têm tela LCD do tipo VA, que normalmente oferecem taxas de contraste e gama de cores mais altas do que no padrão IPS.

A luz de fundo (backlight) é feita com LEDs no arranjo Edge-lit, que ocupam as bordas da tela. Esse arranjo oferece menor eficiência em local dimming (ou micro dimming) do que modelos Full-array.

De acordo com a Samsung, o nome Crystal UHD é uma referência às nanopartículas cristalinas que ficam acima do backlight. Elas têm a função de fazer a luz gerada ser mais branca. Por isso, os pixels seguem 100% do esquema RGB (vermelho, verde e azul), dispensando subpixels brancos.

Já o processador Crystal 4K consegue ajustar a resolução de imagem para deixá-la o mais próximo possível do 4K, processo conhecido como upscaling.

Crystal UHD vs Crystal LED

Não confunda o Crystal UHD da Samsung com a Sony Crystal LED, uma tecnologia baseada em MicroLED usada em telas profissionais de grande porte.

Recursos e principais vantagens

Os modelos de TV da linha Crystal UHD oferecem os seguintes recursos e benefícios:

  • Amplo suporte a plataformas de streaming: o Tizen conta com uma grande variedade de aplicativos, como Netflix, Apple TV+, Globoplay, Disney+ e Spotify;
  • Bordas infinitas: as bordas finas conferem visual mais sofisticado e melhoram o aproveitamento da área frontal da TV, melhorando a imersão;
  • Cores mais realistas: a linha pode reproduzir cores mais puras por ser baseada na tecnologia Dynamic Crystal Color, criada pela Samsung para melhorar a qualidade de imagem de telas LCD;
  • Suporte a HDR: as TVs da linha suportam HDR, característica que melhora a visualização de detalhes, tanto em cenas claras quanto escuras;
  • Múltiplos assistentes virtuais: além da Bixby (assistente da própria Samsung), as TVs Crystal UHD são compatíveis com a Alexa e o Google Assistente;
  • Caneletas para cabos: as TVs da linha podem contar com canaletas e um pequeno acessório para esconder cabos, eliminando a bagunça visual atrás do equipamento;
  • Controle remoto versátil: além de controlar outros dispositivos da casa, o controle remoto da linha vem com microfone para comandos de voz e, nos modelos mais avançados, é recarregável por energia solar;
  • Preço mais acessível: a linha Crystal UHD oferece resolução 4K e tamanhos a partir de 55 polegadas por preços mais convidativos em relação a modelos com tecnologias como o OLED.
Controle remoto da Samsung AU8000, modelo da linha Crystal UHD (imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Controle remoto da Samsung AU8000, modelo da linha Crystal UHD (imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Desvantagens das TVs Crystal UHD

Se comparadas a outras linhas da Samsung ou de concorrentes, as TVs Crystal UHD podem apresentar as seguintes desvantagens relacionadas ao tipo de painel utilizado:

  • Menor nível de brilho: Smart TVs da linha Crystal UHD são menos brilhantes na comparação com modelos mais caros, como as TVs QLED, o que pode prejudicar a visualização em ambientes mais iluminados;
  • Taxa de atualização de 60 Hz: mesmo os modelos mais avançados, como a TV Crystal UHD 4K BU8000 de 85 polegadas, têm taxa de atualização limitada a 60 Hz;
  • Preto não uniforme: tons de preto não têm nível de uniformidade equivalente ao de um painel OLED. Isso porque as TVs Crystal UHD contam com uma tecnologia simples de local dimming para controle de iluminação;
  • Ângulo de visão mais limitado: a visualização lateral da tela em TVs Crystal UHD é mais estreita do que em TVs QLED, embora seja melhor em relação a TVs LCD convencionais.

Perguntas frequentes

Como ativar HDR na Crystal UHD?

É possível ativar o HDR indo em “Configurações” e em “Imagem”. Ali, procure o item “Modo de Visualização Especial” e ligue a opção “Modo HDR+”. Em alguns modelos, o recurso pode estar dentro de “Definições” / “Definições Avançadas”.

TV Samsung Crystal UHD é boa para jogos?

Pode-se ter uma boa experiência conectando um Xbox, PlayStation ou Nintendo Switch a uma TV Crystal UHD. Além disso, alguns modelos da linha têm suporte ao Gaming Hub, plataforma para jogos nas nuvens. Porém, para games mais movimentados, a taxa de atualização de 60 Hz pode ser uma limitação importante.

Qual a diferença entre 4K e UHD?

UHD é a sigla para Ultra High Definition (Ultra Alta Definição), que costuma ser tratada como sinônimo para 4K. Isso porque ambos os nomes se referem a resoluções como 3840×2160 pixels e 4096×2160 pixels. Quanto maior a resolução, maior o detalhamento da imagem, pois a densidade de pixels (PPI) aumenta.

TV Samsung AU7700, também um modelo Crystal UHD (imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
TV Samsung AU7700, também um modelo Crystal UHD (imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Tecnologias concorrentes

Nosso comparativo mostra, em detalhes, as diferenças entre as tecnologias derivadas do LCD, incluindo QLED, NanoCell e Crystal UHD.

Abaixo, você confere um resumo dos principais rivais do Crystal UHD:

Crystal UHD vs QLED

TVs QLED combinam o LCD com uma camada de pontos quânticos para reproduzir imagens com maior gama de cores e brilho. Modelos Neo QLED trazem ainda um backlight de MiniLED, permitindo maior controle na iluminação do que TVs Crystal UHD, que usam LEDs convencionais como luz de fundo.

Por terem recursos mais sofisticados, TVs QLED e Neo QLED tendem a ser mais caras do que as Crystal UHD, embora isso dependa também das dimensões do produtos.

Crystal UHD vs NanoCell

TVs NanoCell da LG também utilizam painel LCD, mas tendem a oferecer maior volume e fidelidade de cores do que as Samsung Crystal UHD, pois usam um filtro de nanopartículas que remove tons indesejados.

Crystal UHD vs LG QNED

As TVs LG QNED combinam a tecnologia NanoCell e a de pontos quânticos com um painel LCD. Com isso, elas costumam exibir preto mais profundo e maior nível de brilho do que modelos Samsung Crystal UHD, concorrendo diretamente com a linha Samsung QLED.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre Samsung na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Paulo Higa

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Relacionados