Entenda o que é 4K e a diferença entre DCI e UHD

Saiba que é 4K Ultra HD, a resolução 2160p presente em TVs e monitores de alta definição, e veja se vale a pena investir em um modelo

Ronaldo Gogoni
Por

Com as TVs Ultra HD cada vez mais acessíveis, vale a pena investir em uma tela com maior resolução se você busca melhor qualidade de imagem. Entretanto, é comum encontrarmos termos diferentes na hora de procurar informações sobre esses dispositivos. A seguir, descubra o que é 4K, saiba o que significa a resolução 2160p e quais as diferenças entre DCI e UHD.

TV 4K Samsung AU7700 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
TV 4K Samsung AU7700 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

4K, Ultra HD ou 2160p são os nomes usados para definir uma resolução de tela ou vídeo de, no mínimo, 2.160 pixels de altura.

Um pixel é a menor unidade que compõe uma imagem ou vídeo e um dos minúsculos pontos presentes em telas, como em TVs, celulares, monitores e etc. Em vídeos e fotos, quanto mais pixels, maior será a mídia e mais qualidade e detalhes ela terá, enquanto em telas, uma quantidade maior proporciona uma melhor resolução e qualidade de imagem.

Uma TV de 49 polegadas e resolução Full HD (1.920 x 1.080 pixels) possui 2.073.600 pixels em sua área total, enquanto uma 4K (3.840 x 2.160 pixels) de mesmo tamanho conta com 8.294.400 pixels.

Em cada pixel Full HD cabem quatro de um display 2160p. Logo, a resolução em 4K é 4 vezes maior. Dessa forma, a nitidez das imagens tende a ser maior, com cores mais vivas e repleta de detalhes.

Da mesma forma, cada pixel de uma tela 8K (7.680 x 4.320 pixels, ou 33.177.600 pixels) é 4 vezes menor que o de uma 4K e dezesseis vezes menor do que o de uma Full HD. Veja a imagem comparativa abaixo.

Comparação entre resoluções, de SD a 8K / o que é 4K
Comparação proporcional entre resoluções, de SD (640 x 480 pixels) a 8K (Imagem: Reprodução)

4K DCI vs UHD

Antes de entender as diferenças entre as imagens é importante contextualizar. O padrão 4K para o cinema foi implementado pela Digital Cinema Initiatives — a DCI — no formato 19:1. Entretanto, como as telonas tendem a possuir larguras maiores do que os aparelhos de TV, foi preciso modificar essa estrutura para o formato 16:9.

Enquanto o 4K DCI possui tamanho total de 4096 × 2160 pixels, as TVs UHD que temos em casa é 13% menor, com resolução de 3840 x 2160 pixels.

É fácil encontrar conteúdo em 4K?

Sim. Hoje em dia, graças às TVs 4K serem mais acessíveis, é bem fácil encontrar o que assistir em maior qualidade. Saiba como encontrar filmes e séries 4K (Ultra HD) na Netflix.

Há desde filmes em mídia física, como Blu-ray 4K e conteúdos digitais, que você pode acessar em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video, Apple TV+, YouTube, Google Play Filmes e etc.

Para reproduzi-los, você pode usar a quase totalidade das TVs 4K atuais, através dos recursos Smart, ou com set-top boxes e dongles prontos para 4K, como Chromecast Ultra, Fire TV Stick 4K, Mi Box S e etc.

Na parte de jogos, existem tanto os para computador (Windows, macOS e Linux) que suportam a resolução 4K, quanto os de consoles de mesa capazes de reproduzir conteúdo em maior resolução, como o Xbox One X, Series X, PS4 Pro e PS5.

Mas e o Upscalling?

Apesar de os conteúdos em 4K já estarem disponíveis em serviços de streaming e consoles, o Full HD ainda é presente.

Por conta disso, para poder exibir imagens e vídeos de baixa resolução em telas de alta resolução, as TVs executam a função chamada upscaling. Isso acontece também nos videogames. A tecnologia consegue expandir a imagem para resolução 2160p sem que haja perdas significativas em detalhes e nitidez.

Vale a pena comprar uma TV 4K?

Sim! Com o avanço da conexão com a internet, a grande maioria dos serviços já disponibilizam conteúdos em 4K. Além disso, a tendência é que canais de TV também aumentem o número de programas transmitidos nessa resolução, principalmente em grandes eventos.

É certo que as TVs com resolução 8K ainda estão distantes da realidade do brasileiro. Dessa forma, ter um dispositivo 4K é sinônimo de durabilidade, ou seja, que não ficará obsoleto daqui a pouco tempo.

Resolução 4K consome mais energia?

Sim. Como as TVs 4K têm telas maiores mais energia é consumida. Além disso, de acordo com dados de uma pesquisa feita pelo The Natural Resources Defense Council (NRDC), caso seu aparelho tenha HDR, sua conta de luz pode vir ainda mais alta.

Com informações: NRDC.