Vivo Recarga é a conta digital da Vivo sem Pix e com tarifas

Vivo Recarga não é apenas um aplicativo para colocar crédito no pré-pago; operadora cobra por TED e emissão de boletos

Lucas Braga
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Aplicativo do Vivo Recarga no smartphone Android (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)
Vivo Recarga é a nova conta digital da Vivo (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Sem nenhum alarde, a Vivo lançou sua própria conta digital. O aplicativo Vivo Recarga conta com cartão virtual pré-pago e permite usar o saldo para fazer pagamentos, recarga do celular e transferências. No entanto, o serviço já nasceu ultrapassado: não há suporte ao Pix e transações TED são tarifadas.

Em um primeiro momento, é muito estranho o nome Vivo Recarga, uma vez que o serviço de recarga para celular pré-pago usa esse mesmo termo. Qualquer pessoa pode criar uma conta digital, seja ela cliente da Vivo ou não.

O Vivo Recarga não possui cartão físico de crédito ou débito, mas dá direito a um cartão virtual pré-pago na função crédito – é necessário ter saldo na conta para fazer transações. Também é possível usar o aplicativo para pagar boletos, transferir por QR Code (apenas para outras contas Vivo Recarga) e comprar créditos para Uber, Spotify, iFood e Google Play.

Ao menos por enquanto, a conta digital do Vivo Recarga está disponível apenas para smartphones com sistema operacional Android.

Vivo Recarga cobra por boleto e TED

As únicas formas de colocar dinheiro no Vivo Recarga são boleto bancário, TED ou DOC. Eu abri uma conta para testes e tentei mandar dinheiro via Pix, mas a transação foi negada pela instituição vinculada (Banco Votorantim).

Outro problema é que a Vivo cobra R$ 2,00 para cada compensação de boleto e mais R$ 3,50 para cada TED ou DOC feito para outros bancos. Transferências para outras contas do Vivo Recarga não são cobradas.

Taxas do Vivo Recarga (Imagem: Reprodução/Site Vivo)

Taxas do Vivo Recarga (Imagem: Reprodução/Site Vivo)

Sendo assim, é certo dizer que o Vivo Recarga é um serviço com poucas vantagens. Estamos em dezembro de 2020 e já existem um monte de contas ou carteiras digitais que não possuem nenhuma tarifa, dão mais benefícios e suportam Pix.

Recargas pela conta Vivo Recarga dá bônus no pré-pago

Soa confuso, mas é isso mesmo: quem fizer uma recarga pela conta Vivo Recarga recebe o dobro de bônus que as demais plataformas digitais. Até agora, essa é a única vantagem que encontrei no aplicativo.

Valor da recarga Bônus em outras plataformas Bônus na conta Vivo Recarga
R$ 15 200 MB 400 MB
R$ 20 500 MB 1 GB
R$ 25 800 MB 1,6 GB
R$ 30 1 GB 2 GB

A Vivo não esclarece no site do Vivo Recarga qual a duração do bônus – nas plataformas tradicionais, a franquia extra de internet vale apenas por 7 dias.

As contas digitais da Claro e TIM

Não é só a Vivo que se aventura no mercado de contas e carteiras digitais:

  • A Claro anunciou em novembro a carteira digital Claro Pay. O lançamento para o público geral ocorrerá em janeiro de 2021, e o serviço é mantido pelo Banco Inbursa. O app tem depósito, saque, extrato, transferência por Pix, pagamentos de boletos e tributos, além de recarga para números de qualquer operadora
  • A TIM tem parceria com o C6 Bank. Usuários da operadora possuem direito a bônus de internet caso a recarga ou pagamento da fatura sejam feitos pelo banco digital, além de melhores taxas em investimento e benefícios de anuidade no cartão de crédito.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Lucas Braga

Lucas Braga

Repórter especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Canal Exclusivo

Relacionados