Windows 11 deve ganhar forma mais precisa de informar velocidade da RAM

Microsoft já testa medida em megatransfers por segundo (MT/s) no lugar de megahertz (MHz) para descrever a memória RAM no Gerenciador de Tarefas

Emerson Alecrim
Por
Microsoft pode barrar de vez o Windows 11 em PCs antigos (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Windows 11 deve ganhar forma mais precisa de informar velocidade da RAM (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Gerenciador de Tarefas do Windows 11 usa megahertz (MHz) para informar o desempenho da memória RAM. Mas esse não é o parâmetro mais apropriado para esse fim. É por isso que a notícia de que a Microsoft planeja trocar essa informação por MT/s é bem-vinda. Trata-se de uma medida muito mais precisa.

Medida em megatransfers por segundo

MT/s significa megatransfers por segundo. Esse parâmetro é considerado mais preciso porque informa a taxa efetiva de dados transferidos no referido período de tempo.

1 MT/s é o mesmo que um milhão de transferências por segundo. Logo, se a memória RAM de um computador opera a 3.200 MT/s, por exemplo, isso significa que ela realiza 3,2 bilhões de transferências por segundo.

Já 1 MHz é o mesmo que um milhão de ciclos por segundo. Não é errado usar essa medida como parâmetro de desempenho das memórias RAM, mas ela pode dar uma noção menos confiável de como está a transferência de dados.

Basta levarmos em conta que, quando as memórias do tipo DDR foram introduzidas no mercado, no início dos anos 2000, elas trouxeram como principal avanço a realização de duas operações de transferência por ciclo.

Se é assim, convém usar como referência uma medida que informa a quantidade de transferência realizadas por segundo em vez de apenas considerar a quantidade de ciclos.

Para quando?

Não existe uma data certa, mas a medida em MT/s é uma das novidades anunciadas pela Microsoft para a build 22635.3570 do Windows 11 beta. Essa mudança está aparecendo gradualmente para usuários que participam do programa de testes Windows Insider, portanto.

O Tom’s Hardware mostra, na imagem abaixo, como a informação é exibida. Repare nos dizeres “3200 MT/s” no campo “Speed” (“Velocidade”). Essa área, localizada dentro da aba Desempenho do Gerenciador de Tarefas, exibe essa informação em MHz atualmente.

Medida em megatransfers por segundo no Windows 11 (imagem: Dallin Grimm/Tom's Hardware)
Medida em megatransfers por segundo no Windows 11 (imagem: Dallin Grimm/Tom’s Hardware)

Eu torço para que essa novidade esteja mesmo a caminho. Por ser uma mudança que não exige grandes transformações técnicas no sistema operacional, é de se esperar que ela chegue à versão final do Windows 11 nos próximos meses.

Como alternativa, você pode saber a velocidade da memória RAM do seu PC usando softwares como CPU-Z, por exemplo, que dão informações mais detalhadas sobre o hardware.

Relacionados