Windows Terminal ganha visual do Windows 11 e “rodar como admin” por padrão

Recém-anunciado, Windows Terminal 1.13 Preview está mais alinhado com o Windows 11, embora também funcione no Windows 10

Emerson Alecrim
Por
Interface de configurações do Windows Terminal 1.13 (imagem: divulgação/Microsoft)

Nesta semana, a Microsoft colocou o Windows Terminal 1.13 Preview para download. A exemplo das prévias anteriores, esta traz recursos que devem ser incorporados às futuras versões estáveis da ferramenta. Entre eles está uma interface mais alinhada com o visual do Windows 11 e uma configuração que permite ao usuário abrir automaticamente uma janela com privilégios de administrador.

Para quem não sabe exatamente o que é o Windows Terminal, eis uma rápida explicação: esse é nome de uma ferramenta de código aberto da Microsoft que tem como proposta tornar o Windows compatível com vários terminais para linha de comando, como o clássico Prompt de Comando (CMD), o PowerShell e o Azure Cloud Shell.

Desde o anúncio oficial, a ferramenta passa por aperfeiçoamentos regulares. Ela já suporta, por exemplo, várias abas ao mesmo tempo, aceleração por hardware, personalização de interface, múltiplos idiomas, entre outros.

Novidades do Windows Terminal 1.13 Preview

Como o Windows Terminal foi lançado em 2019, faz sentido que a Microsoft esteja adaptando o visual da ferramenta ao padrão visual do Windows 11, afinal, o sistema operacional foi lançado em 2021.

As mudanças de aparência introduzidas no Windows Terminal 1.13 Preview envolvem principalmente a área de configurações, que agora exibe um efeito de transparência opaca no menu de opções e segue um padrão de organização muito semelhante à interface Configurações do Windows 11.

Em termos funcionais, a mudança mais impactante é a possibilidade de configurar o Windows Terminal para abrir automaticamente com privilégios de administrador ativados.

Faz sentido. Hoje, o jeito mais prático de ter acesso a esse modo é escolhendo a opção “Executar como administrador” ao abrir o Windows Terminal. Para quem faz isso com regularidade, automatizar esse passo poupa preciosos segundos.

Como alternativa, também é possível abrir o Windows Terminal clicando no ícone da ferramenta enquanto a tecla Ctrl é pressionada.

Administrador como padrão no Windows Terminal 1.13 (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Administrador como padrão no Windows Terminal 1.13 (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Outra mudança apresentada com o Windows Terminal 1.13 Preview é uma configuração de perfil (experimental.useAtlasEngine) que, quando definida como true, faz a ferramenta executar um novo mecanismo de renderização de texto.

Qual o objetivo disso? De acordo com a Microsoft, o novo motor de renderização deve melhorar o desempenho do Windows Terminal quando grandes quantidades de texto em muitas cores diferentes forem exibidas.

As demais novidades incluem a possibilidade de personalizar o som da campainha do perfil e o suporte aos Layouts de Ajuste (Snap Layouts) do Windows 11, além, é claro, de correções de falhas.

Windows Terminal 1.13 Preview: onde baixar

Note que, apesar de o Windows Terminal 1.13 Preview apresentar recursos focados no Windows 11, a ferramenta também é compatível com o Windows 10, desde que o sistema tenha a atualização 19041 (20H1) ou superior.

O Windows Terminal 1.13 Preview pode ser baixado aqui, gratuitamente. Vale destacar que, como essa é uma versão de testes, a ferramenta pode apresentar inconsistências ou comportamentos inesperados.

Para quem se preocupa com isso, a melhor opção é baixar o Windows Terminal 1.12, a versão estável atual. Ou baixar as duas: a versão estável e a preview podem ser instaladas ao mesmo tempo.

Outras informações podem ser encontradas na página do Windows Terminal no GitHub.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados