Xiaomi traz experiência de câmera digital para o Xiaomi 13 Ultra, seu novo flagship

Fabricante chinesa lançou oficialmente seu novo smartphone; Xiaomi 13 Ultra chega com quatro lentes e tem acessório que o transforma em câmera digital

Felipe Freitas
Por
Xiaomi 13 Ultra é lançado oficialmente (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Depois de vários vazamentos na véspera do lançamento, o smartphone Xiaomi 13 Ultra foi oficialmente anunciado. O celular é o modelo mais premium da linha 13, que estreou neste ano. Para surpreender o público, a Xiaomi trouxe um conjunto quádruplo de câmeras, incluindo um sensor com abertura variável, e experiência de câmera digital.

Se você acompanhou os rumores e vazamentos, o visual do Xiaomi 13 Ultra não é nenhuma novidade. Os leakers continuam afiados e revelaram corretamente as imagens promocionais do smartphone. A camera bump, onde as lentes feitas em parceria com a Leica estão instaladas, é parecida com a usada no Xiaomi 12S Ultra. Em fevereiro, a fabricante lançou o Xiaomi 13 e Xiaomi 13 Pro.

Xiaomi 13 Ultra tem sensor de 1 polegada com abertura variável

O ponto forte do Xiaomi 13 Ultra para fotografia é o seu sensor Sony IMX989 (50 MP) de 1 polegada com abertura variável. O usuário poderá selecionar entre a abertura f/1.9 ou f/4.0. Apesar do conceito não ser novo, o Galaxy S9 tinha uma lente desse tipo, a fabricante inova ao aplicar o recurso em um sensor tão grande.

As outras três câmeras da traseira também possuem 50 MP de resolução. O outro destaque é a lente de zoom periscópico. Ela equivale a uma lente profissional de 120 mm e é capaz de aproximar a imagem em até 10x. Há ainda uma lente teleobjetiva e ultrawide — esta também faz as vezes de câmera macro. Para selfie, a Xiaomi instalou um sensor de 32 MP.

Se você tem saudades da época das câmeras digital, de registrar seus momentos com uma Cyber-Shot, saca só esse acessório do Xiaomi 13 Ultra no tweet abaixo. A fabricante venderá um suporte com botão de obturador para o smartphone. Com o acessório, a experiência de fotografia com o 13 Ultra fará jus ao seu conjunto de câmeras.

Com processador Snapdragon, Xiaomi 13 Ultra chega na briga

O novo flagship da Xiaomi usa o SoC octa-core Snapdragon 8 Gen 2, principal chip topo de linha da atualidade. Ele pode não ter o “overclock” da versão usada nos Galaxys, mas faz do Xiaomi 13 Ultra com seu conjunto “desempenho + câmera” um dos grandes concorrentes no segmento premium.

O Xiaomi 13 Ultra terá três opções de memória RAM: 8 GB, 12 GB e 16 GB. Em armazenamento, o smartphone começa com 256 GB e vai até 1 TB.

Xiaomi 13 Ultra utiliza Snapdragon 8 Gen 2 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi 13 Ultra utiliza Snapdragon 8 Gen 2 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A tela é do tipo LTPO AMOLED e tem brilho máximo de 2.600 nits, com taxa de atualização variável até 120 Hz. Para o consumo de conteúdos, seja vídeo ou áudio, os usuários contarão com Dolby Vision para a imagem e Dolby Atmos para um som mais imersivo.

E claro, a bateria, um dos pontos que deixou a Xiaomi famosa, possui 5.000 mAh e suporta carregamento rápido de 90 W com fio e 50 W sem fio.

A versão de 256 GB do Xiaomi 13 Ultra é vendida por 5.999 yuanes na China (R$ 4.301,28 conversão direta), já o modelo de 1 TB sai por 7.999 yuanes (R$ 5.729,68)

Com informações: AndroidHeadlines e 9to5Google

Receba mais sobre Xiaomi na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados