YouTube Vanced, app popular que remove anúncios dos vídeos, chega ao fim

YouTube Vanced oferecia uma alternativa gratuita ao aplicativo oficial do YouTube sem anúncios; projeto foi encerrado por questões legais

Bruno Gall De Blasi
Por
Site do YouTube Vanced (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

YouTube Vanced é uma alternativa para remover anúncios do YouTube e ter acesso a outros recursos sem precisar assinar o Premium. Não mais: neste domingo (13), os responsáveis pelo projeto anunciaram que o aplicativo será descontinuado por questões legais. A decisão foi comunicada aos usuários em redes sociais.

O comunicado publicado no Twitter demarca o fim do serviço. De acordo com o perfil do projeto Vanced, os links de download da plataforma serão retirados do site oficial nos próximos dias. “Sabemos que isso não é algo que vocês queriam ouvir, mas é algo que precisamos fazer”, afirmaram ao agradecer pelo apoio à iniciativa.

A publicação no Twitter não entrou em muitos detalhes sobre o encerramento do serviço. A explicação, porém, foi revelada no canal do app no Telegram: “foi feito por motivos legais”. Ainda segundo o The Verge, o projeto foi finalizado depois que os desenvolvedores receberam uma carta de cessar e desistir para forçar o fim da distribuição e desenvolvimento do app.

E o que acontecerá com o aplicativo? Bem, como já foi dito anteriormente, os links de download serão removidos do site. Mas os desenvolvedores do Vanced também informaram que “as versões atualmente instaladas funcionarão bem, até ficarem desatualizadas em dois anos ou mais”. Os responsáveis pelo app também compartilharam uma alternativa: o próprio YouTube Premium.

Usuários comentam o fim do YouTube Vanced

Todavia, é importante destacar que o futuro do aplicativo é incerto. Além de ocultar os anúncios, o Vanced oferece outros recursos do YouTube Premium, como a possibilidade assistir a vídeos em segundo plano pelo Picture-in-Picture (PiP). O app também era uma alternativa a quem possui celulares sem o pacote Google Mobile Services (GMS), como relatou um usuário do Twitter:

“Estou usando um telefone que não é compatível com os Serviços do Google (Huawei) e não pode usar o YouTube”, disse neste domingo (13) em resposta a um tweet do perfil oficial do Vanced.

Outras pessoas lamentaram o fim dos recursos extras do Vanced. “Como assinante do YouTube Premium e usuário do Vanced, ainda estou triste por ver este projeto ser descontinuado”, disse um usuário no mesmo dia. “Ter o tema escuro, configurações extras e a integração Return YouTube Dislikes tornaram a experiência do aplicativo muito melhor do que o aplicativo padrão do YouTube.”

“Eu usei o Vanced mesmo tendo o YouTube Premium”, afirmou outra pessoa. “O tema escuro, os gestos, o mini-player e tudo estava perfeito e não há alternativa para isso! Eu sabia que esse dia chegaria, mas ignorei por tanto tempo e isso me atingiu com força.”

Com informações: 9to5Google

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados