Início / TB Responde / Inteligência Artificial /

Como funciona um provador virtual em e-commerces

A tecnologia sugere o tamanho mais adequado de acordo com as informações oferecidas pelo consumidor; entenda melhor

Amanda Machado

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Na hora de comprar uma roupa ou sapato pela internet, sempre surge aquela dúvida: será que vai servir no meu corpo? Afinal, tamanhos podem variar de acordo com a marca. E mesmo que as lojas online ofereçam trocas e devoluções de produtos, a burocracia desse processo é sempre chatinha. Para resolver esse problema existem os chamados provadores virtuais, cada vez mais comuns em e-commerces. Entenda o que é e como funciona um provador virtual.

pessoa segurando um celular em um e-commerce de roupas
Como funciona um provador virtual em e-commerces. (Imagem: Cottonbro / Pexels)

Resumidamente, um provador virtual consiste em utilizar tecnologias para recomendar, em lojas virtuais, o tamanho ideal de roupas, sapatos e acessórios, com o objetivo de ajudar os consumidores na decisão final. Eu mesma já usei bastante o recurso para saber se aquela “blusinha” linda iria ficar boa em mim. 🤷🏻‍♀️

A ferramenta, em uma loja de roupas, funciona da seguinte maneira: ela recebe os dados fornecidos pelo próprio usuário/consumidor e cruza essas informações com as da modelagem das peças do e-commerce, identificando e sugerindo à pessoa o tamanho mais adequado conforme os dados que ela preencheu lá no começo.

Olha só o exemplo abaixo 👇

gif do provador virtual do e-commerce gap
Exemplo de provador virtual da loja online GAP. (Imagem GAP)

Mas como os provadores virtuais podem fazer isso? Bom, eles são sustentados por várias tecnologias que os tornam mais precisos. Essas tecnologias são:

  • Inteligência artificial: principal no desenvolvimento de provadores, corresponde às máquinas que possuem inteligência similar à humana, baseada em dados.
  • Realidade aumentada: também um dos pilares dos provadores virtuais, sobrepões elementos digitais no mundo físico.
  • Algoritmos de ajuste de forma: funcionam como um sistema de inteligência artificial que visa criar modelos parecidos com os corpos dos compradores, utilizando dados da pessoa e dos produtos da loja para fazer a sugestão de tamanho ideal.
  • Algoritmos de reconhecimento de imagem: também um modelo de IA, é responsável por digitalizar imagens, seja de pessoas ou de roupas, e traduzi-las em dados para, assim, serem inseridos no algoritmo de ajuste de forma (explicado acima).
  • Câmeras: conseguem reunir profundidade, distância e iluminação para sobrepor itens a essas imagens capturadas. São geralmente usadas para provadores virtuais de pequenos itens como óculos ou maquiagens.
  • Light Detection and Ranging (Lidar): método de sensoriamento remoto utilizado em provadores virtuais por ajudar os usuários a verem, mais nitidez e realismo, como as roupas ficam no corpo.

Por que um provador virtual é interessante? 🤔

pessoa com notebook navegando por e-commerce de moda
Provadores virtuais ajudam na decisão de compra dos consumidores. (Imagem: Polina Tankilevitch / Pexels)

Além da inovação que a tecnologia traz para o negócio e, principalmente, a facilidade para os consumidores que podem adquirir os produtos que desejam no conforto de casa, existem outras vantagens que tornam os provadores virtuais necessários, tanto em questões estratégias quanto em experiência do consumidor:

  • Processo de compra inclusivo: os compradores fazem parte da compra, pois conseguem ter uma experiência completa, desde a escolha até a decisão.
  • Modelos virtuais ajustáveis: a inteligência artificial permite aos consumidores ajustarem os modelos, na hora da prova, da forma que realmente são, o que traz mais precisão para a escolha.
  • Redução na taxa de devolução: com os consumidores conseguindo escolher os produtos no tamanho certo para os seus corpos, as taxas de devolução tendem a diminuir, já que os produtos são escolhidos com mais certeza.
  • Dados para análise: os provadores virtuais geram dados sobre os interesses dos clientes, contribuindo para o desenvolvimento de estratégias.

Onde podemos encontrar provadores virtuais? 👚

Hoje está mais comum encontrar e-commerces de moda – sejam de roupas, sapatos ou acessórios – que apostam na tecnologia justamente pela necessidade e vantagens já citadas acima. Geralmente o botão fica na página do produto com chamadas como “Provador virtual” ou “Veja seu tamanho”. Aí vão alguns exemplos de marcas que utilizam provador virtual:

1. GAP

A GAP tem um provador virtual bastante completo e fácil de utilizar. Ele pede informações básicas e, ao final, oferece observações de como, provavelmente a peça ficará no corpo. A ferramenta também sugere outros tamanhos que podem funcionar para o usuário.

screenshot provador virtual e-commerce gap
O provador da GAP faz observações de como a peça ficaria no corpo. (Imagem: Reprodução / GAP)

2. Riachuelo

A loja online da Riachuelo tem o mesmo provador virtual da GAP, então eles funcionam da mesma maneira.

screenshot provador virtual e-commerce riachuelo
A Riachuelo usa o mesmo provador da GAP. (Imagem: Reprodução / Riachuelo)

3. Netshoes

Para a compra de sapatos também existem provadores virtuais. É o caso da Netshoes, que utiliza o mesmo sistema da Riachuelo e da GAP. A ferramenta considera a marca que você mais gosta, o tipo de calçado, a largura do pé e o tamanho que geralmente usa.

screenshot provador virtual e-commerce netshoes
O provador virtual para calçados considera também marca e o tipo. (Imagem: Reprodução / Netshoes)

Já utilizou algum provador virtual em lojas online? O que achou da experiência? Conta nos comentários!

Com informações: Sizebay e Morning Brew.