O que acontece com o débito automático se não tiver dinheiro na conta?

Serviço é usado para não atrasar pagamentos; Entenda o que acontece com o débito automático se não tiver dinheiro na conta

Gabrielle Lancellotti
Por

O recurso é uma forma de não perder o prazo do pagamento de faturas e evitar multas e juros. Porém, o que acontece com o débito automático se não tiver dinheiro na conta? Normalmente, uma das alternativas: o pagamento não é concluído ou é usado o cheque especial — caso você tenha esse serviço disponível.

Débito automático: e se não tiver dinheiro na conta? (Imagem: Mohamed Hassan/Pixabay)
Débito automático: e se não tiver dinheiro na conta? (Imagem: Mohamed Hassan/Pixabay)

Como funciona o débito automático?

Para não correr o risco de fazer um pagamento após a data de vencimento, é possível colocar alguns tipos de fatura no débito automático. Ou seja, os valores das contas cadastradas no serviço são debitados, de forma automática, da sua conta corrente ou conta salário, por exemplo. 

Nem todas as instituições financeiras oferecem o recurso. Além de checar se o serviço é oferecido pelo seu banco, é válido conferir os detalhes do produto.

Segundo a Nubank, não existe um horário exato para que o débito automático seja efetuado. Isso significa que a operação bancária pode ocorrer em qualquer horário da data predefinida. Em adição, se o dia escolhido cair em um sábado ou domingo, o pagamento pode ser feito com antecedência, no último dia útil.

Débito automático + cheque especial: atenção dobrada!

Cheque especial + débito automático: quando ambos estão ativos a atenção deve dobrar (Imagem: Mohamed Hassan/Pixabay)
Cheque especial tem juros altos (Imagem: Mohamed Hassan/Pixabay)

Quem mantém pagamentos em débito automático e também tem o recurso de cheque especial ativo na conta, deve redobrar a atenção. Vale lembrar que o cheque especial é um limite de crédito que fica disponível para o correntista usar em situações emergenciais.

De forma contrária ao empréstimo pessoal — em que há a negociação das condições de pagamento antes do crédito ser concedido —, o cheque especial é liberado sem a certeza de que o valor será devolvido à instituição. 

Por isso, os juros aplicados ao tipo de crédito são bem altos. Sendo assim, é recomendável ter o hábito de conferir o saldo da sua conta periodicamente no aplicativo do seu banco, a fim de evitar dívidas crescentes provocadas por juros e multas.

Com informações de: Nubank e Banco do Brasil

Gabrielle Lancellotti

Ex-redatora

Gabrielle Lancellotti é jornalista formada pela UFRJ. Foi redatora no Tecnoblog escrevendo artigos e tutoriais sobre aplicativos, redes sociais e softwares entre 2020 e 2022. Teve seu primeiro contato com SEO em 2016, e hoje atua como analista na área. Quando não está cercada por múltiplas telas e pilhas de livros e cadernos, gosta de inventar receitas na cozinha e fazer bolos decorados.

Relacionados

Relacionados