TB Responde Finanças

O que é e como funciona o DDA?

Monitoramento dos boletos através das instituições bancárias; saiba o que é e como funciona o DDA para evitar confusões

Leandro Kovacs
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Não receber boletos e ter os valores debitados em conta chama-se débito automático, mas o DDA ou débito direto autorizado tem algumas diferenças cruciais. Veja abaixo, o que é e como funciona o DDA, entender o modo de atuação da modalidade de cobrança é importante para evitar confusões e erros em suas finanças. Apenas alguns tipos de contas estão aptas ao DDA.

O que é DDA? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
O que é DDA? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O que é o débito direto autorizado (DDA)

O débito direto autorizado ou DDA é uma modalidade de pagamento de contas. A função permite que o usuário visualize todos os boletos que estão sendo emitidos em seu CPF ou CNPJ, tirando a necessidade de tê-los em papel. Conseguir rastrear e liberar o pagamento das contas permite também um maior controle das finanças.

Apesar de a maioria das instituições bancárias já adotarem o sistema, é preciso verificar se o processo está liberado para uso no banco do usuário.

Após a digitalização e envio de contas por e-mail, passamos a ter a opção de pagar os boletos direto pelo aplicativo — com a leitura do código de barras pela própria câmera do celular.

O problema seguinte surgiu quando a qualidade da impressão não é das melhores, sendo necessário muita atenção e digitar o longo código de barras, número por número.

Como funciona o DDA?

O funcionamento do DDA é simples, as cobranças são enviadas à instituição bancária na qual o usuário tem sua conta, a partir desse momento, ele poderá visualizar — no aplicativo ou no site — todos os débitos e contas a pagar daquele mês.

O próprio usuário identificando as cobranças, pode efetuar o pagamento, na própria plataforma do banco, indicando a liberação para débito. Lembre-se, no DDA é preciso que o usuário libere o pagamento, diferente do débito automático.

Diferença entre DDA e débito automático

No débito automático é preciso cadastrar a conta uma única vez, usando um código específico. A partir daí, será debitado na conta, todos os meses, na data de vencimento, o valor do boleto que foi rastreado.

Com o DDA é diferente, a função permite ao usuário visualizar e ser notificado, quando um boleto no seu CPF ou CNPJ for lançado. As contas aparecem para o cliente, mas no DDA precisam ser autorizadas para que o pagamento aconteça, diferente do débito automático.

Ativação do DDA

É possível ativar a função DDA direto no aplicativo ou internet banking. Além dos nomes “DDA” e “Débito Direto Autorizado”, essa função pode aparecer como “sacado eletrônico” — nome técnico da função.

Além disso, também pode-se ativar a função por meio do telefone e outros canais de atendimento da instituição financeira que se tem conta. Depois de ativada, o cliente passará a receber notificações todas as vezes que um boleto for lançado em seu CPF ou CNPJ.

Quais contas podem ser pagas com DDA?

A mensalidade do condomínio, o plano de saúde e a escola são alguns dos boletos que podem ser pagos via Débito Direto Autorizado (DDA). São cobranças de empresas privadas.

Quais contas não podem ser pagas com DDA?

Embora o DDA seja uma função que facilita o pagamento dos boletos, alguns tipos de contas ainda não podem ser pagos por ela: boletos de arrecadação de tributo como IPVA, IPTU etc. e contas de serviços públicos, por exemplo, Luz, água, gás e telefone.

O que fazer se as informações do boleto estiverem erradas?

A responsabilidade da informação que consta no boleto é do cobrador. A instituição financeira apenas reflete, em seu aplicativo ou internet banking, os boletos que foram registrados para o CPF ou CNPJ. Verifique sempre os valores antes de efetuar o pagamento.

Ainda vou continuar recebendo boletos impressos após ativar o DDA?

Isso fica a critério do cobrador, que pode sim, continuar enviando os boletos impressos. A dica é verificar a data, se for a mesma paga no DDA, jogue o boleto fora ou marque-o como “pago”, evitando os pagamentos em duplicidade.

O que acontece se eu atrasar o pagamento no DDA?

Atrasar o pagamento no DDA é a mesma coisa que atrasar o pagamento do boleto físico, acarretará em multas e juros sobre aquela dívida.

Com informação: Febraban, Nubank.

Esse conteúdo foi útil?

Leandro Kovacs

Ex-autor

Leandro Kovacs é jornalista e radialista. Trabalhou com edição audiovisual e foi gestor de programação em emissoras como TV Brasil e RPC, afiliada da Rede Globo no Paraná. Atuou como redator no Tecnoblog entre 2020 e 2022, escrevendo artigos explicativos sobre softwares, cibersegurança e jogos.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque