TB Responde Negócios

Litecoin: o que é, qual é a cotação e como comprar

Entenda quais as diferenças entre litecoin e bitcoin, saiba como funciona a criptomoeda e como acompanhar a cotação

Jean Prado
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Assim como Bitcoin e Ether, a Litecoin é outra criptomoeda comercializada por corretoras brasileiras e do exterior. Por conta da grande quantidade de moedas disponíveis no mercado, fica confuso saber qual exatamente é a diferença entre cada uma. Na prática, todas têm algumas características distintas que se destacam. Confira mais detalhes sobre a moeda como o que é, cotação, preço e mineração.

Representação do Litecoin em moeda física (Imagem: Kanchanara/Unsplash)

O que é o Litecoin?

Lançada por um ex-funcionário do Google em 2011, a Litecoin foi uma das primeiras moedas virtuais a serem lançadas, como fork do cliente oficial do Bitcoin.

A comparação feita por muitos é a seguinte: enquanto o bitcoin seria o ouro digital, o litecoin é considerado como a prata. As principais características que a distinguem do bitcoin são: menores taxas de transação e maior número de operações por segundo.

Na prática, a rede processa um bloco a cada 2 minutos e meio, enquanto no bitcoin um bloco é processado a cada 10 minutos. Os mineradores ganham 25 litecoins para cada bloco novo, número dividido pela metade a cada 840 mil blocos (ou 4 anos).

Graças a essa geração mais frequente dos blocos, a rede consegue ter mais transações por segundo e menores taxas. Além disso, o algoritmo de criptografia usado no Litecoin permite mineração mais fácil em relação ao bitcoin.

Para que serve a moeda?

Como a Litecoin é basicamente um Bitcoin “melhorado” — na teoria –, tem usos bem semelhantes. Sua função principal é fazer pagamentos, mas, como as outras criptomoedas, também serve para especular.

Como minerar Litecoin

No começo, era fácil minerá-la com uma GPU comum, mas hoje em dia é mais difícil por conta do número de pessoas na rede. Portanto, é comum que a mineração se dê por pools de mineração, quando muitos usuários se unem para minerar um bloco juntos e dividir a recompensa. O mais conhecido é o Litecoin Pool.

Outra alternativa é o cloud mining, quando você paga para uma empresa minerar para você e recebe parte da recompensa; o dinheiro que você dá é usado para investir em hardware, então não é preciso fazer a mineração no seu próprio computador.

É possível acompanhar a cotação diretamente pelo Google (Imagem: Reprodução)

Como acompanhar a cotação do Litecoin

Com o crescimento no número de simpatizantes de criptomoedas, o Google já disponibiliza a cotação de forma fácil e prática.

Para isso, basta digitar “Litecoin” ou “LTC” na barra de pesquisa que a cotação em tempo real será exibida no navegador. Além disso, corretoras que fazem conversão da moeda também oferecem uma página de cotação para interessados.

Outra forma de acompanhar é pelo aplicativo da bolsa disponível em dispositivos da Apple. Basta procurar por LTC para conferir os valores de mercado.

Como comprar Litecoin

Assim como outras criptomoedas disponíveis para compra e venda, é possível trocar reais por litecoin em diversas corretoras. O Mercado Bitcoin, por exemplo, exchange brasileira, suporta litecoin, bitcoin, entre outras.

Aliás, se você preferir comprar em uma corretora estrangeira, por dólares ou bitcoin, pode optar pela GDAX, OKEx, Bitfinex, Binance e Huobi.

Esse conteúdo foi útil?

Jean Prado

Ex-autor

Jean Prado é jornalista de tecnologia e conta com certificados nas áreas de Ciência de Dados, Python e Ciências Políticas. É especialista em análise e visualização de dados, e foi autor do Tecnoblog entre 2015 e 2018. Atualmente integra a equipe do Greenpeace Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque