Irã

Telegram é bloqueado no Irã e 40 milhões de usuários são afetados

01/05/2018 às 09h40 por

Depois de ser efetivamente bloqueado na Rússia há algumas semanas, o Telegram também foi banido no Irã para "proteger a segurança nacional", segundo uma rede de televisão estatal. O aplicativo estima que 40 milhões de pessoas serão afetadas. A justiça do país determinou o bloqueio do Telegram às operadoras, que deveriam cumprir a ordem até a última segunda-feira (30). Segundo a justiça, a decisão foi motivada por reclamações dos usuários e cita o uso do app para

Irã bloqueia Telegram e Instagram em meio a protestos

02/01/2018 às 11h45 por

O Irã é palco de manifestações contra o governo e a situação econômica do país desde o final de dezembro. Pelo menos dez pessoas já morreram durante os protestos. Para “manter a tranquilidade e a segurança”, o governo está bloqueando aplicativos de comunicação, notavelmente o Telegram e o Instagram. O Telegram foi bloqueado no domingo (31) depois de se recusar publicamente a desativar alguns canais. O fundador Pavel Durov diz que o Sedaie M

Síria é o primeiro país a se desligar da internet

29/11/2012 às 12h33 por

Repetindo o feito de junho de 2011, o governo sírio cortou hoje o acesso à internet do país. A diferença é que, dessa vez, o acesso não foi apenas comprometido em parte: durante quase duas horas na manhã dessa quinta-feira, a Síria foi o primeiro país a sair completamente da internet, deixando seus mais de 22 milhões de habitantes desconectados.

Irã desbloqueia acesso ao Gmail, mas promete serviços próprios

03/10/2012 às 15h01 por

No final da segunda-feira (1º), o governo do Irã decidiu desativar o bloqueio instituído ao Gmail na última semana do mês passado. A mudança de atitude foi esclarecida: segundo um membro do ministério das telecomunicações iraniano, o bloqueio ao serviço de email do Google foi uma consequência "involuntária da tentativa de censura do YouTube", que por sinal continua bloqueado.

Irã bloqueia Google e se prepara para sair da internet

24/09/2012 às 13h27 por

Ontem o governo iraniano declarou na TV que iria bloquear o acesso ao Google e ao Gmail, impedindo que os moradores do país usassem os serviços. O bloqueio é o primeiro passo de um plano com objetivo ainda mais assustador: retirar completamente o país da internet, criando uma rede apenas interna isolada do resto do mundo. Segundo o ministro das comunicações e tecnologia, Ali Hakim-Javadi, agências do governo já começaram a se conectar na chamada "rede nacional da informação" e nos próximos meses os demais cidadãos deverão ser redirecionados a ela.

Iranianos criam jogo open source (vídeo)

07/07/2010 às 14h45 por

Há alguns fatos interessantes sobre o Irã: primeiro, não existe por lá qualquer lei sobre propriedade intelectual. Ou seja, qualquer produto como músicas, livros ou jogos são distribuidos livremente, sem que o autor receba por isso. Segundo: os embargos econômicos tornam a aquisição de software proprietário quase impossível. Nesse cenário semi-medieval, é estranho ver notícias que envolvam criação de jogos ou inovação tecnológica com alguma qualidade, e talvez seja por isso que Garshasp chame tant

Irã bloqueia Gmail no país

11/02/2010 às 14h51 por

Alegando que prepara o lançamento de um tal “serviço nacional de e-mails”, o governo iraniano anunciou que o acesso ao Gmail está “definitivamente suspenso” no país. Em declaração ao Wall Street Journal um porta-voz do Google não pode confirmar se o acesso de fato foi cortado, mas afirma que a gigante da web já identificou uma “sensível queda em seu tráfego”.  “Nós ouvimos que alguns usuários do Irã estão tendo dificuldades para acessar

SourceForge barra downloads de países “perigosos”

26/01/2010 às 17h41 por

Conhecido repositório online de programas de código aberto, o SourceForge começou a barrar uploads e downloads originados da Coréia do Norte, Cuba, Irã, Sudão ou Síria alegando que oferecer ou receber softwares de residentes destes países pode ser caracterizado como uma quebra de seus termos de serviço. Em seu regulamento interno o site especifica que “usuários que vivem em países que passam por sanções ou bloqueios impostos pelo governo dos EUA não podem enviar ou re

Twitter reagenda manutenção para dar vazão a manifestações políticas

16/06/2009 às 00h18 por

O site de microblog Twitter anunciou o adiamento de uma manutenção em sua infra-estrutura prevista para a última segunda-feira (15). Segundo post publicado no blog oficial do Twitter, o motivo para o adiamento é a importância que a ferramenta ganhou para que iranianos possam manifestar sua opinião política. “Nossos parceiros da NTT America reconhecem a função que o Twitter tem executado como uma importante ferramenta de comunicação no Irã. A manutenção de hoje a noite