Telebrás

Governo quer “destravar” satélite brasileiro de banda larga (SGDC) até abril

15/01 às 18h43 por

O impasse do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) está perto do fim — ou ao menos aparenta estar. Embora esteja há quase dois anos em órbita, o satélite ainda não opera dentro da capacidade prevista por conta de conflitos envolvendo a Telebras. Mas, agora, o governo sinaliza com a intenção de tratar do assunto com prioridade. Cabo submarino de 72 Tb/s entre Brasil e Europa enfim começa a ser construído

Cabo submarino de 72 Tb/s entre Brasil e Europa enfim começa a ser construído

10/01 às 13h27 por

O cabo submarino EllaLink entre Brasil e Europa finalmente está sendo construído. Ele vai ligar as cidades de São Paulo, Fortaleza, Lisboa (Portugal), Madri (Espanha) e Marselha (França). Este projeto foi elaborado em 2012 para nossa conexão à internet depender menos dos EUA, e recebeu mais atenção após o escândalo de espionagem da NSA. A Telebras decidiu apenas comprar capacidade do cabo, em vez de investir dinheiro. Cabo submarino de 40 Tb/s é ativado entre Brasil e Angola

STF derruba liminar e programa Internet para Todos deve ser retomado

17/07/2018 às 14h00 por

O programa Internet para Todos e similares devem ser retomados pelo governo. Na segunda-feira (16), a ministra Cármen Lúcia, que preside o Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou a liminar que suspendia o contrato que a empresa Viasat estabeleceu com a Telebras para explorar o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). O equipamento é essencial para os programas públicos de acesso à internet. Entre essas iniciativas estão o Programa Educação Conectada, para levar internet às escolas, e, de modo mais amplo, o já mencionado Internet para Todos, dese

A disputa pelo satélite de banda larga envolve um contrato confidencial

18/06/2018 às 13h21 por

Comentamos por aqui sobre a disputa judicial envolvendo o satélite brasileiro de banda larga. A Telebras fechou acordo exclusivo para a americana Viasat explorar o SGDC (Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas), e o provedor Via Direta acredita que foi prejudicado com isso. O acordo entre Telebras e Viasat é tão confidencial que, quan

Satélite brasileiro de banda larga completa um ano de lançamento e prejuízo

07/05/2018 às 14h15 por

A última sexta-feira (4) marcou o aniversário de um ano do lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). Mas não há motivo para comemoração: apesar de o projeto ter custado R$ 2,78 bilhões, o satélite que deveria levar internet banda larga a áreas remotas do Brasil não atende a mais do que 0,1% das localidades previstas. Os problemas começaram antes do lançamento. O projeto foi anunciado em 2012 e deveria ter entrado em operação em 2014. O lançamento, porém,

O satélite brasileiro de banda larga está no meio de uma disputa judicial

16/04/2018 às 15h30 por

No ano passado, o Brasil lançou um satélite para levar banda larga a áreas remotas. O ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, via o SGDC (Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas) como um legado para as próximas gestões. Uma das promessas era levar banda larga a 22,4 mil escolas em todo o país. Mas, segundo o TeleSíntese, uma disp

Além do Project Loon, governo testará tecnologia brasileira de internet via balões

14/10/2013 às 16h27 por

O governo parece mesmo determinado a testar acesso à internet via balões no Brasil, tanto é representantes do Ministério das Comunicações se reuniram com membros do Google X na semana passada para conhecer o Project Loon, iniciativa que trata justamente desta modalidade. A surpresa é que a tecnologia do Google não será a única avaliada. Segundo o Estadão, o governo vem

100 bilhões de reais para a banda larga no país

06/03/2013 às 16h53 por

Três ministérios estão envolvidos na produção de um grande projeto que promete revolucionar as telecomunicações no país. Dados obtidos pelo jornal Folha de São Paulo dão conta de incentivos e investimentos que, no total, somariam mais de 100 bilhões de reais. A presidente Dilma estaria particularmente feliz com as ideias. O setor de telecomunicações cresceu 0,9% no ano passado e há estudos que relacionam o fornecimento de ba

Governo estuda aumentar velocidade do PNBL para 2 Mbps

22/06/2012 às 08h36 por

As operadoras mal começaram suas operações de banda larga popular e o governo já quer revisar as velocidades comercializadas. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, admitiu a necessidade de aumentar a velocidade de conexão e diminuir os preços da internet popular. Atualmente, as empresas cobram R$ 35 por uma conexão de 1 Mbps. Alguns estados isentam o ICMS para esse tipo de serviço, e o valor cai para R$ 29,90. Entretanto, os grandes vilões são as velocidades de acesso e a franquia de uso. O acordo entre o governo e as operadoras prevê 150 MB

Banda larga popular no Brasil: mais atrasada do que nunca

14/09/2011 às 15h51 por

O Plano Nacional de Banda Larga está tão mal quanto nós imaginávamos. A diferença é que agora o próprio governo admite que se tornou impossível cumprir a meta inicial de instalar a banda larga popular de 1 Mega em mais de mil cidades até o fim do ano. A projeção feita no ano passado falava nesses mil municípios — se passar de um décimo disso é muito. Caio Bonilha, presidente da Telebras, a empresa de telecomunicações comandada pelo governo federal, disse durante um evento em São Paulo que uma

Dilma aceita que teles estrangeiras toquem o PNBL

08/06/2011 às 15h44 por

A impressão que eu tenho é de que o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) não vai sair nunca. Ele é um dos pilares do governo da presidenta Dilma Rousseff, além de ser amplamente apoiado pelo ministro Paulo Bernardo, das Comunicações. Caso as operadoras brasileiras não tenham interesse em colaborar com o plano, a presidenta já autorizou que empresas estrangeiras sejam convocadas para tocar o PNBL. O assunto é complicado porque depende de negociações (e negociatas) e

Carregar mais posts