Arquivo Telecomunicações

Governo estuda aumentar velocidade do PNBL para 2 Mbps

Lucas Braga
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

As operadoras mal começaram suas operações de banda larga popular e o governo já quer revisar as velocidades comercializadas. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, admitiu a necessidade de aumentar a velocidade de conexão e diminuir os preços da internet popular.

Atualmente, as empresas cobram R$ 35 por uma conexão de 1 Mbps. Alguns estados isentam o ICMS para esse tipo de serviço, e o valor cai para R$ 29,90. Entretanto, os grandes vilões são as velocidades de acesso e a franquia de uso. O acordo entre o governo e as operadoras prevê 150 MB de tráfego para conexões móveis e 300 MB para conexões fixas.

Ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, defendeu banda larga popular por R$ 30 mensais durante Campus Party 2011 (foto: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Os contratos do governo com as operadoras vencem apenas em 2016, e Paulo Bernardo afirmou estar preocupado com o serviço daqui alguns anos. Ao Jornal da Tarde, o ministro afirmou a necessidade de rever os contratos: “É provável que em 2014 ninguém mais queira contratar os planos atuais, embora isso dependa muito da necessidade das pessoas”, disse Paulo Bernardo.

Essa queixa não foi exclusiva do ministro. Caio Bonilha, presidente da Telebrás, disse que a oferta do Plano Nacional de Banda Larga já está desatualizada em diversas regiões, de forma que é necessário adaptar o serviço às necessidades do mercado. A estatal estuda aumentar a capacidade fornecida para que os provedores aumentem seus planos de acesso popular para 2 Mbps.

Que a oferta não é boa, todos concordamos. Em pleno ano de 2012, internet de 1 Mbps já não é mais considerada banda larga por diversos órgãos regulamentadores. O que eu não entendo é como a Anatel quer que as operadoras ofereçam banda larga rural com velocidade de 256 Kbps através da tecnologia 4G. Já que o investimento será alto de qualquer jeito, por que não colocam uma velocidade maior para se adequar à realidade?

Lucas Braga

Autor especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque