Início » Antivírus e Segurança » Samsung confirma falha em Androids e promete correção

Samsung confirma falha em Androids e promete correção

Galaxy S II, Galaxy S III e Galaxy Note são afetados pela vulnerabilidade

Paulo Higa Por
7 anos atrás

Nesta semana, um usuário do fórum XDA Developers encontrou uma falha de segurança em determinados smartphones Android que utilizam o processador Exynos, da Samsung. Entre os modelos afetados pela vulnerabilidade estão gigantes como Galaxy S III e Galaxy Note II. Após a falha ser divulgada pela mídia, a Samsung declarou que pretende liberar uma correção em breve.

Ao Android Central, a Samsung disse estar ciente do problema relacionado ao processador Exynos e "planeja fornecer uma atualização de software para corrigir o problema o mais rápido possível". Segundo o usuário alephzain, do XDA Developers, uma brecha no kernel permite que um aplicativo possa acessar toda a memória RAM do aparelho. Se bem explorada, um malware pode roubar dados sensíveis do usuário.

Usuários do Galaxy SIII estão expostos ao problema

A falha afeta especificamente smartphones e tablets com processadores Exynos 4210 e Exynos 4412. São eles: Galaxy S II, Galaxy S III, Galaxy Note, Galaxy Note II, Galaxy Player, Galaxy Camera, Galaxy Tab 2 e Galaxy Note 10.1. O Meizu MX 4-core, potente smartphone chinês, também é afetado por utilizar o mesmo processador Exynos 4412 encontrado no Galaxy S III.

Sobre a vulnerabilidade, a Samsung diz no comunicado que "o problema pode surgir apenas quando um aplicativo malicioso está rodando nos dispositivos afetados". Não sabemos se a falha já foi explorada, mas agora que os crackers sabem do problema, é provável que aplicativos maliciosos apareçam em breve para atacar os usuários que não instalam atualizações.

Enquanto a Samsung não corrige o problema, o programador François Simond liberou um patch extraoficial que não exige acesso root e evita que aplicativos maliciosos explorem a falha. Vale lembrar que, em determinados modelos do Galaxy S III e Galaxy Note II, a câmera frontal pode parar de funcionar.