Início » Telecomunicações » Internet móvel das operadoras continua insatisfatória, afirma Anatel

Internet móvel das operadoras continua insatisfatória, afirma Anatel

Vivo é a operadora que recebeu pior avaliação da agência

Lucas Braga Por
7 anos atrás

A Anatel divulgou ontem a famigerada avaliação trimestral dos planos de melhorias apresentados pelas operadoras. Os planos foram montados em julho do ano passado, em decorrência da proibição da venda de novas linhas por parte das operadoras. A Vivo, que não foi punida na época, apresentou baixo desempenho em relação ao serviço de acesso à internet no último relatório.

Um dos primeiros relatórios é o da qualidade do atendimento. Apenas Claro, Oi e TIM passaram por essa avaliação, por serem as operadoras proibidas de vender novas linhas durante o mês de julho de 2012. Os índices oscilam muito de mês a mês. Porém, desde junho do ano passado, a TIM é a operadora com o maior índice de registros, o que é controverso, tendo em vista que os dados do Procon para o ano passado mostram que a TIM é a operadora com o menor número de reclamações.

reclamacoes-anatel-2012

No serviço de voz, as operadoras se saíram bem. A meta mínima para acesso e disponibilidade da rede de voz é de 95%, e todas as operadoras cumpriram esse ponto de qualidade. O mesmo aconteceu no quesito quedas de chamadas: o limite máximo permitido pela Anatel é de 5% do montante de ligações, e todas as operadoras cumpriram essa determinação com folga.

No serviço de dados, nenhuma operadora cumpriu a qualidade mínima estipulada de 98%. O destaque maior vai para a Vivo, que ficou com menos de 95%, sendo considerado o pior índice entre todas as operadoras. Claro, Oi e TIM atingiram o valor igual ou maior a 95%, ainda que não tenham atingido a qualidade mínima. Todas as operadoras conseguiram bons resultados nos testes de queda de conexão.

Apesar das operadoras terem atingido alguns padrões mínimos de qualidade, ainda há muito o que melhorar. Infelizmente, quedas de chamada e conexão são constantes em lugares com grande concentração de pessoas. Eu mesmo estou sofrendo com isso: meu celular (e todos os celulares de uma certa operadora) estão sem conexão de dados 3G desde o início do ano em Belo Horizonte. É triste, e algo que nos faz perder as esperanças sobre o futuro da telecomunicação no Brasil.