Início » Telecom » BeWifi: um projeto que usa redes Wi-Fi compartilhadas para aumentar a velocidade de seu acesso à internet

BeWifi: um projeto que usa redes Wi-Fi compartilhadas para aumentar a velocidade de seu acesso à internet

Por
5 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Você já deve ter ouvido falar de programas de compartilhamento de redes Wi-Fi domésticas, como o FON. Mas, e em redes que são compartilhadas para aumentar a sua velocidade de acesso à internet? Pois esta é a proposta do BeWifi, um projeto que vem sendo trabalhado desde 2008 pelo departamento de pesquisa e desenvolvimento da espanhola Telefónica.

A não ser que você esteja em um lugar isolado, é bastante provável que o seu computador ou dispositivo móvel consiga “enxergar” as redes wireless dos vizinhos. A ideia do BeWifi é permitir que você utilize esta sobreposição de redes para, quando necessário, aproveitar a ociosidade de banda de algumas delas.

bewifi

É claro que a sua conexão também ficará à disposição dos vizinhos participantes do programa quando necessário. Perceba, a ideia é utilizar a capacidade ociosa; portanto, as conexões compartilhadas nunca ficarão lentas por causa do procedimento. O usuário sempre terá prioridade sobre a sua conexão.

A aquisição temporária, por assim dizer, de largura de banda acontece de forma automática: quando o BeWifi percebe que a conexão já está trabalhando em toda a sua capacidade, verifica quais redes coligadas têm capacidade ociosa naquele momento e as utiliza.

Além de aumentar a velocidade de seu acesso à internet, o BeWifi pode servir de “quebra-galho” quando a sua conexão não estiver funcionando. Além disso, você pode utilizar o serviço mesmo quando estiver longe da sua residência, bastando encontrar alguma rede participante, tal como acontece com o já mencionado FON.

Para evitar abusos, os usuários devem fazer um cadastro completo no serviço e utilizar duas senhas: uma dá acesso à sua rede privada; a outra permite utilizar redes compartilhadas quando você estiver longe de casa.

O problema, por ora, é que o BeWifi é uma ideia ainda em desenvolvimento. O serviço já é testado na Espanha, mas ainda exige a visita de um técnico para instalação do roteador (não pode ser qualquer modelo) e configuração da rede.

De acordo com a Telefónica, o plano é permitir que os usuários possam se cadastrar e configurar as redes por si só quando o projeto estiver maduro. Quando isso acontecer, será que o BeWifi chegará a outros países onde a companhia atua, como o Brasil? A Telefónica não se pronunciou oficialmente a respeito, mas não descarta a ideia.

Com informações: Wired UK

Mais sobre: ,