Chegou o dia. Depois de várias fases de testes e aprimoramentos, o Google anunciou, nesta terça-feira (27), que o player do YouTube agora reproduz todos os vídeos utilizando HTML5 como padrão no lugar do Flash.

O YouTube “flerta” com o HTML5 há pelo menos cinco anos. Mas, para tornar o serviço plenamente compatível, o Google teve que superar várias limitações técnicas. Algumas envolveram inclusive a colaboração de desenvolvedores dos navegadores mais populares da atualidade – Chrome, Firefox, Internet Explorer e Safari.

A companhia explica que um dos obstáculos mais complexos foi a falta de suporte ao Adaptive Bitrate (ABR), que permite a disponibilização de vídeos otimizando ao máximo o buffer. Para este fim, o recurso avalia a largura de banda da conexão e adapta o fluxo de dados à capacidade detectada, tudo em tempo real.

YouTube

Além do ABR, o YouTube também já suporta o codec VP9 (para vídeos em alta definição), a API WebRTC (para que o usuário possa fazer transmissões ao vivo), APIs para visualização de conteúdo em tela cheia, entre outros.

Implementação (relativamente) rápida, estabilidade e não exigência de plugins são algumas das vantagens do HTML5 frente ao Flash. O Google ressalta ainda que o padrão facilita a execução dos vídeos a partir de aparelhos variados, incluindo smart TVs, consoles de games e dispositivos como o Chromecast.

Na web, o player do YouTube em HTML5 passa a ser acionado por definição no Chrome, Internet Explorer (a partir da versão 11), Safari (a partir da versão 8) e nas versões beta do Firefox (em breve na versão final). Mas a mudança deve ser imperceptível para a maioria dos usuários: muitos vídeos já vinham sendo oferecidos no novo modo, especialmente no browser do Google.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Wton

PIOR DECISÃO. Linguagem mais quebrada, nem é haterismo vago que se encontrari em um meio bit ou tecmundo, mas o player realmente buga muito constantemente.
Flash era bem mais funcional, queria saber por quê os sites decidiram abandoná-lo.

I AM POOTIS MAN
PIOR DECISÃO. Linguagem mais quebrada, nem é haterismo vago que se encontrari em um meio bit ou tecmundo, mas o player realmente buga muito constantemente. Flash era bem mais funcional, queria saber por quê os sites decidiram abandoná-lo.
RGMS

Ta uma merda pra assistir lives ;-; o audio da um loop de vez em quando, dai o video fica desincronizado e quando vc clicka pra atualizar a live trava e tem q recarregar a pagina

ExtremeGames BR
Ta uma merda pra assistir lives ;-; o audio da um loop de vez em quando, dai o video fica desincronizado e quando vc clicka pra atualizar a live trava e tem q recarregar a pagina
Yuri da Silva
Como assim, padrão no navegador da web?
Felipe
Não é a mesma coisa o Opera tem a EXPERIENCIA!
Rodrigo Cabral
ALELUIA! Ninguém merece essa porcaria de flash. Eu mudei para o navegador browser da psafe depois que ele começou a travar sempre o meu firefox.
PinPortal ✔️

Duvido que o Google iria desistir de implementar o HTML5 por completo no Youtube, com o flash eles eram obrigados a pagar royalties para a Adobe e esse valor é de muitos milhões de dólares. Só que eles não podiam fazer essa migração do dia para a noite, muitos usuários ainda tinham browsers desatualizados, além de que o HTML5 não estava 100% funcional em relação ao flash. Fico feliz por essa migração, lembro de antigamente que o browser constantemente aparecia ali em cima "O flash travou, deseja reiniciar o browser?". E isso era causado, porque você estava com várias abas do youtube e outros sites que utilizam flash ao mesmo tempo, consumindo muitos recursos do computador.

Acredito que a Adobe falhou no desenvolvimento do flash, ai surgiu uma tecnologia que não precisava ser instalada a parte (plugin), já vinha nativa no browser, além de ser aberta. Pronto, era o suficiente para o Google apostar em cheio nessa tecnologia.

pinportal
Duvido que o Google iria desistir de implementar o HTML5 por completo no Youtube, com o flash eles eram obrigados a pagar royalties para a Adobe e esse valor é de muitos milhões de dólares. Só que eles não podiam fazer essa migração do dia para a noite, muitos usuários ainda tinham browsers desatualizados, além de que o HTML5 não estava 100% funcional em relação ao flash. Fico feliz por essa migração, lembro de antigamente que o browser constantemente aparecia ali em cima "O flash travou, deseja reiniciar o browser?". E isso era causado, porque você estava com várias abas do youtube e outros sites que utilizam flash ao mesmo tempo, consumindo muitos recursos do computador. Acredito que a Adobe falhou no desenvolvimento do flash, ai surgiu uma tecnologia que não precisava ser instalada a parte (plugin), já vinha nativa no browser, além de ser aberta. Pronto, era o suficiente para o Google apostar em cheio nessa tecnologia.
LekyChan
e até agora não são com o java 8, no meu trabalho hoje tive que tirar o java 8 de uma maquina do rh e por o 7.67, pois o banco do brasil não estava funcionando com o 8
Bianca Eloa
Lembei da época em que diziam que o flash era a grande promessa da internet. Eu era a única das minhas colegas, que odiava essa tecnologia e torcia para viesse realmente algo bom. Sabia que o flash era uma furada e logo seria substituído. Eu estava certa. I love you html5
Ramon Almeida
Muito boa a dica, obrigado.
ochateador
youtube.com/html5 e sete para usar o html5.
Edgard da Cunha Pontes
Sonho com o fim do Flash e seus famigerados plugins a muito tempo, rsrs... Espero que este sonho esteja mais próximo se concretizar!
Vitor
http://www.ghacks.net/2014/07/25/enable-mse-h2-64-support-youtube-firefox-right-now/
Exibir mais comentários