Início » Internet » Descubra quão "gêmeo" você é de alguém neste site da Microsoft

Descubra quão "gêmeo" você é de alguém neste site da Microsoft

Emerson Alecrim Por
4 anos atrás

Depois do sucesso do How-old.net, site que tenta adivinhar a sua idade a partir de fotos, a Microsoft disponibilizou mais um experimento com potencial para se tornar viral: o TwinsOrNot.net, que compara imagens de duas pessoas para saber quão "gêmeas" elas são.

Katy Perry e Zooey Deschanel

Katy Perry e Zooey Deschanel: 98% gêmeas

O funcionamento é simples. Basta entrar no TwinsOrNot.net, clicar no único botão que tem ali e fazer upload de duas imagens. Você pode entrar no site para saber qual o seu nível de semelhança com um artista, por exemplo. Ou então para comparar fotos de famosos e brincar de "separados no nascimento".

O TwinsOrNot.net parece ser mais preciso que o How-old.net. Nos testes que fiz, o site apontou índices de semelhança baixos entre pessoas com características físicas muito diferentes e porcentagens altas para indivíduos realmente parecidos.

Katy Perry e Zooey Deschanel, por exemplo, registraram índice de semelhança de 98%. As atrizes inglesas Megan Prescott e Kathryn Prescott tiveram 100%. Luciano Huck e Rogério Ceni, 89%. Para Will Smith e Jackie Chan o site deu 15%.

Megan Prescott e Kathryn Prescott

Megan Prescott e Kathryn Prescott

Rogério Ceni e Luciano Huck

Rogério Ceni e Luciano Huck

Will Smith e Jackie Chan: 15% de semelhança

Will Smith e Jackie Chan

Coerente, não? Talvez 98% seja exagero para Katy Perry e Zooey Deschanel, mas é inegável que elas são muito parecidas. Para Megan Prescott e Kathryn Prescott o TwinsOrNot.net foi certeiro: elas são gêmeas, de fato.

Como você deve ter imaginado, a precisão depende de vários fatores: resolução da foto, tonalidades, distância e por aí vai. Como o TwinsOrNot.net utiliza conceitos de aprendizagem de máquina, o site deve apresentar mais acertos à medida que é usado.

Mas, no final das contas, a intenção da Microsoft nem é essa. O TwinsOrNot.net foi criado por Mat Velloso, desenvolvedor da companhia, para mostrar como é fácil (para quem já é da área, é claro) criar aplicações usando a plataforma para serviços nas nuvens Azure.

Em seu blog, Velloso explicou que, após se inscrever na plataforma e obter uma chave para APIs de reconhecimento de faces do Project Oxford (conjunto de APIs da Microsoft baseado em aprendizagem de máquina), levou apenas quatro horas para tornar o TwinsOrNot.net funcional.

Com informações: Neowin