Início » Inteligência Artificial » Pepper, o robô que "lê" emoções e teve mil unidades vendidas em um minuto no Japão

Pepper, o robô que "lê" emoções e teve mil unidades vendidas em um minuto no Japão

Emerson Alecrim Por

O robô Pepper começou a ser vendido no Japão no último sábado (20) e precisou de apenas um minuto para ser considerado um sucesso: esse foi o tempo necessário para que mil unidades fossem comercializadas - praticamente, todo o estoque. O principal apelo do robô? A capacidade de reconhecer emoções.

Robô Pepper

A primeira aparição do Pepper aconteceu há cerca de um ano, também no Japão. O robô, de aspecto humanoide, mede 1,2 m e pesa quase 30 kg. O seu desenvolvimento foi fruto de uma parceria da Aldebaran Robotics com o grupo japonês de telecomunicações SoftBank, que responde pelas vendas.

Para identificar emoções e interagir de modo correspondente, o Pepper recebeu tecnologia de reconhecimento de voz, câmeras e sensores que o ajudam a fazer leitura corporal. Os dados obtidos são analisados por um sistema baseado em redes neurais artificiais.

Como resultado da análise, o Pepper pode conversar, dançar, sugerir exercícios de relaxamento, ficar feliz quando elogiado, entre várias outras ações. Além da voz e movimentos dos braços, o robô se expressa por uma tela posicionada no que podemos considerar o seu tórax.

Também é possível usar o Pepper como assistente para determinadas tarefas. Por exemplo, o robô pode informar a previsão do tempo (ele fica permanentemente conectado à internet), gravar vídeos e usar a sua tela para brincadeiras (como desenhar o seu rosto).

Uma loja de aplicativos - hoje, com mais de 200 itens - deve garantir que o Pepper receba mais funções com o passar do tempo. É de se esperar também que o robô ganhe suporte a mais idiomas. Atualmente, o Pepper fala inglês, espanhol, francês e, claro, japonês.

No Japão, o Pepper custa o equivalente a US$ 1.600 mais US$ 200 por mês que são cobrados pelo acesso à internet e o seguro contra danos. Para um robô relativamente grande e que realiza tantas tarefas, o preço não está ruim.

Robô Pepper

Com a venda do lote de mil unidades (outras 300 unidades já haviam sido comercializadas em fevereiro), a SoftBank pretende disponibilizar um novo estoque em julho - com a promessa de manter o preço em um patamar acessível (o lucro deve vir da assinatura mensal).

Comercializar o Pepper em outros países é uma ideia que a companhia também cogita, mas com cuidado. No Japão, robôs são bem aceitos como "máquinas de estimação" ou mesmo companheiros, mas é preciso avaliar se outros mercados são tão abertos à ideia. De qualquer modo, dá para esperar novidades em breve: na semana passada, a Foxconn e a Alibaba injetaram US$ 236 milhões na SoftBank para estimular a divisão de robótica da companhia.

Com informações: Quartz, TechCrunch

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Braw Sbl
fantastico eu quero um pago 100 mil por ele!
Robledo Gomes
Aos poucos o Japão tá conseguindo fazer robôs iguais ao Sony, do "Eu, Robô", aquele filme top com o Will Smith.
Zanac_Compile
Essa é minha revolta ! :D
Joaomanoel
Está vendendo super bem. Goste ou não, fez sucesso.
TuxBR
Shoptime curtiu isso!
Weliton Junior
Eu mega compraria...
Guilherme Kowalski
Eu já acho que um produto ou sreviço não precisa ser feito para agradar todos os publicos!! se tão vendendo no Japão e tá sendo muito bem aceito, talvez eles não tenha interesse em vender nos 4 cantos do mundo. Logo não precisa dessa preocupação na aceitação do mundo todo sobre o produto.
Zanac_Compile
hahahah ! A matéria é legal, tanto que indica essa avaliação dos outros mercados. Essa papagaiada toda com robôs dessa forma que é uma bobagem, realmente esse planeta terra é gigante, cada canto com suas manias, é algo tão bizarro que quase não dá pra acreditar que alguma cultura aprove um produto desses, senão crianças :D Me parece que o que esta caindo de maduro é a IA, não em um robô, mas como filme HER reflete muito bem o futuro. Aquele tipo de assistente "na nuvem" que vai estar presente nos teus devices e tem uma capacidade de diálogo sofisticada. Isso sim, seria legal :)
Thiago
"...Para um robô relativamente grande e que realiza tantas tarefas, o preço não está ruim." Não consegui identificar essas "tantas tarefas" que justificassem $1600 + $200 por mês! Cara! Além da entrada de ~R$4800 são MAIS ~R$650 reais POR MÊS!
Leonardo Caldas
"No Japão, robôs são bem aceitos como “máquinas de estimação” ou mesmo companheiros, mas é preciso avaliar se outros mercados são tão abertos à ideia." Você acabou de mostrar que cabe mesmo uma avaliação prévia dos diferentes mercados antes de lançar o produto... ;)
Zanac_Compile
Pode parar ! que negócio mais retardado !!! Se estou com algum problema sério me esvaindo em lagrimas em casa e esse robô me aparece fazendo essas palhaças, eu dou um bico de voa longe essa porcaria. Pagar essa fortuna pra nada, pra dizer a previsão do tempo ? Falando sério, não é sacanagem, se o robô limpasse a casa (mesmo que meia boca), jogasse um xadrez com capacidade de movimentar peças reais (e outros jogos de tabuleiro), tivesse uma IA divertida, fizesse mais algumas tarefas básicas, já agradaria muito ! A que ponto chega esses japoneses ?? E tem um loucos que se apaixonam por uns avatares virtuais... tem loco pra tudo........