No mês passado, usuários dos Estados Unidos, Canadá, Peru e Venezuela passaram a contar com a possibilidade de acessar o Facebook Messenger mesmo não tendo conta na rede social. Agora, três semanas depois, a opção foi liberada globalmente. A disponibilização inclui o Brasil, é claro.

O acesso ao modo é fácil. Após instalar o Facebook Messenger em seu smartphone, você verá um link com os dizeres “Não está no Facebook?” na tela inicial. Clique ali e informe o número do seu celular (com DDD). Na sequência, você será instruído a inserir seu nome e uma foto.

Com o cadastro concluído, o Messenger te dará a opção de procurar contatos da sua agenda que também utilizam o serviço. Você também pode registrar contatos manualmente.

Facebook Messenger sem conta

A maioria dos recursos está disponível nessa forma de acesso: fotos, vídeos, stickers, chat em grupo, entres outros. O Facebook ressalta, porém, que usuários com conta na rede social continuam contando com mais recursos, como acesso à versão web do Messenger e lista de contatos mais abrangente.

Essa atualização deixa o Messenger ainda mais próximo do WhatsApp em aspectos funcionais. Como ambos os serviços pertencem ao Facebook, fica a pergunta: por que a companhia não prioriza um só?

Aparentemente, a intenção do Facebook é ocupar todos os espaços possíveis. O WhatsApp continua fortemente direcionado ao segmento mobile, já até permitindo chamadas de voz. O Messenger, que caminha para se tornar tão independente quanto possível, tem foco mais amplo: além de chat, o serviço suporta apps de terceiros e, pelo menos nos Estados Unidos, permite envio de dinheiro, por exemplo.

Com informações: The Next Web

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Rodrigues
na versao pra WP ainda nao funfa :S
@Sckillfer

"O WhatsApp continua fortemente direcionado ao segmento mobile, já até permitindo chamadas de voz." Isso na verdade é mais uma semelhança, já que o Messenger já tinha chamadas de voz (embora incrivelmente mais bugada que a do WhatsApp). Parece uma estratégia meio como a do Yahoo no tempo em que priorizava o buscador: adquiria os concorrentes e os mantinha, assim os usuários continuavam usando o que estavam acostumados, mas não imposta qual usasse, era Yahoo.

F. S.
"O WhatsApp continua fortemente direcionado ao segmento mobile, já até permitindo chamadas de voz." Isso na verdade é mais uma semelhança, já que o Messenger já tinha chamadas de voz (embora incrivelmente mais bugada que a do WhatsApp). Parece uma estratégia meio como a do Yahoo no tempo em que priorizava o buscador: adquiria os concorrentes e os mantinha, assim os usuários continuavam usando o que estavam acostumados, mas não imposta qual usasse, era Yahoo.
Jairo ☠️

Zuckerberg querendo lentamente matar o whatsapp.....só pode.
O

jairo
Zuckerberg querendo lentamente matar o whatsapp.....só pode. O
Felipe Liʍa

Bem melhor! Ideal pra "desvincular" a conta FB do MSG!!!

felipelsp
Bem melhor! Ideal pra "desvincular" a conta FB do MSG!!!
Keaton
"sem conta"... humrum....sei... a conta é seu numero de telefone... lol...
Wendel Schelhan
Um passo foi dado pra eu acabar com minha conta no Facebook. Agora o Tecnogrupo tem que sair de lá também. :B