Início » Celular » Lenovo, não estrague o Moto Z Play

Lenovo, não estrague o Moto Z Play

Nós gostamos da bateria dele

Paulo Higa Por

A Motorola lança smartphones com longa duração de bateria há pelo menos cinco anos, primeiro com a linha Maxx e, mais recentemente, com a linha Play.

Moto X Play, Moto Z Play e até o básico Moto G4 Play têm baterias com capacidades maiores que seus concorrentes com hardware do mesmo nível, aguentando mais tempo longe da tomada. Só que o Moto Z2 Play pode mudar isso: para tornar o aparelho mais fino, a Lenovo deve colocar uma bateria menor, de 3.000 mAh, cortando a autonomia em relação ao antecessor.

A informação vem de Evan Blass, mais conhecido como @evleaks, que tem Moto Z, Galaxy S8, Galaxy Note 7 e mais uma penca de smartphones em seu bom histórico de vazamentos. Segundo Blass, o Moto Z2 Play terá processador octa-core Snapdragon 626 de 2,2 GHz, 64 GB de armazenamento, 4 GB de RAM, câmera de 12 megapixels (f/1,7) e tela Super AMOLED de 5,5 polegadas (1920×1080 pixels).

No entanto, o que salta aos olhos é a diminuição na bateria de 3.510 mAh no Moto Z Play para 3.000 mAh no Moto Z2 Play. Não parece uma redução numérica tão grande, mas isso faz com que o novo aparelho seja propagandeado pela Lenovo como tendo até 30 horas de bateria, enquanto o antecessor tinha estimativa de até 50 horas — não se trata, portanto, de manter a autonomia porque a eficiência energética do processador ou da tela melhorou; é um corte real.

A redução da capacidade seria uma consequência do esforço da Lenovo em tornar o smartphone 1 mm mais fino e 20 gramas mais leve que seu antecessor. Mas não é como se o Moto Z Play fosse um trambolhão, uma vez que ele tinha apenas 7 mm de espessura e 165 gramas. Ele já era mais fino que smartphones mais caros, como iPhone 7 (7,1 mm) e Galaxy S8 (8 mm).

Alguém realmente quer algo mais fino que isso?

Além disso, o fato do Moto Z Play ter uma duração boa dispensava a necessidade de plugar o módulo de bateria extra, que foi enviado de brinde para os compradores brasileiros do finíssimo Moto Z (5,2 mm) como forma de tentar compensar sua autonomia medíocre. Com o módulo, o smartphone mais fino da Lenovo fica com 11,2 mm de espessura, eliminando a suposta “vantagem” de design.

Uma autonomia menor também vai na contramão do mercado de intermediários premium, que tem recebido novos entrantes com baterias maiores, caso do Zenfone 3 Zoom e do Galaxy A9, ambos de 5.000 mAh — curiosamente, os dois aparelhos são justamente de fabricantes que decepcionavam em bateria no passado.

Diante disso, existem duas possibilidades. A primeira é que a Lenovo não entendeu por que o Moto Z Play foi bem recebido, e vai acabar com uma das melhores características da linha. A segunda é que você e eu fazemos parte de um nicho muito restrito, e que as outras pessoas não ligam muito para a duração de bateria. No entanto, a julgar pelos reviews que o aparelho ganhou, isso não parece ser verdade:

Depois de trazer um Android caro com 2 GB de RAM, lançar um smartphone com ergonomia ruim e bateria decepcionante, deixar seus usuários em risco, fazer bagunça com a marca Motorola e ter seu primeiro prejuízo em seis anos, por favor, Lenovo, tente não estragar o Moto Z Play.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alexandre S Cavassin

Pois é... Eu era um feliz proprietário de um Moto Z Play, que me foi furtado há dois dias. Como conheço pessoas que têm o Moto Z Style, mais fino e de bateria ridícula, resolvi comprar outro Moto Z... E comprei outro moto Z Play. Não quero nem ouvir falar no Style, no Z2 play ou no Z3 play. Estes têm mais memória, mas não cabe conector de fone e a bateria dura apenas algumas horas, enquanto o Z Play chega a durar 2 dias... Repito a sua frase: Lenovo, não estrague o Moto Z Play !!!

R0gério
A única versão realmente interessante da linha Z e eles ainda querem estragar... E num ano no qual lançam o S8 e o G6, os caras sequer aumentam o tamanho da tela do Z pra reduzir as bordas enormes. É, Lenovo, se prepare pra mais um ano no preju. Provavelmente o Z Play será meu último Moto.
André G
E agora tem até rumores de que a linha Moto não virá mais com Android puro.
André G
O último smartphone bonito que a Motorola fez foi o razr i em 2012.
Julio da Gaita ✔

Ousadia & Alegria, tá puxando forte heim bróder, mas convenhamos que o higa sempre foi bem coerente nas análises, tirando aquele publieditorial da dell lá, aquele tablet/pc.

Foi do Higa mesmo né?! aquilo foi bem parcial mesmo...rs

Julio da Gaita
Ousadia & Alegria, tá puxando forte heim bróder, mas convenhamos que o higa sempre foi bem coerente nas análises, tirando aquele publieditorial da dell lá, aquele tablet/pc. Foi do Higa mesmo né?! aquilo foi bem parcial mesmo...rs
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

Faço minhas suas palavras.

E, a julgar pelo resultado dessa enquete https://twitter.com/paulohi... a Lenovo errou feio nessa redução por conte de um milímetro

Jack Silsan
Faço minhas suas palavras. E, a julgar pelo resultado dessa enquete https://twitter.com/paulohiga/status/860638486793261056 a Lenovo errou feio nessa redução por conte de um milímetro
Frank V

Já tinha visto essa, por isso tava mais inclinado pra comprar o Oukitel, mas depois vi uma em vídeo com samples de foto e vídeo e a câmera do Ulefone pareceu melhor, especialmente em vídeo. Veja a partir de 1:55:

https://www.youtube.com/wat...

Frank Vinnicyus
Já tinha visto essa, por isso tava mais inclinado pra comprar o Oukitel, mas depois vi uma em vídeo com samples de foto e vídeo e a câmera do Ulefone pareceu melhor, especialmente em vídeo. Veja a partir de 1:55: https://www.youtube.com/watch?v=Yc_mJEuYhaY
Henrique Queirós
Na comparação que vi o Oukitel levou a melhor na câmera... https://www.kimovil.com/pt/comparar/oukitel-k6000-plus,ulefone-power-2
Só que um Moto Z2 Play com bateria menor não vai gerar vendas... Quem tem o Z Play não vai aceitar o downgrade de bateria.
Frank V

Pra mim isso não é problema pq só uso um chip... E de qualquer forma, nunca precisei de mais de 64 GB. Os dois aparelhos são bem semelhantes: Mesmo processador, RAM, armazenamento, tamanho e resolução de tela, etc. Mas pra mim o critério de desempate vai ser a câmera, e pelas comparações que eu vi, o Ulefone leva a melhor.

Frank Vinnicyus
Pra mim isso não é problema pq só uso um chip... E de qualquer forma, nunca precisei de mais de 64 GB. Os dois aparelhos são bem semelhantes: Mesmo processador, RAM, armazenamento, tamanho e resolução de tela, etc. Mas pra mim o critério de desempate vai ser a câmera, e pelas comparações que eu vi, o Ulefone leva a melhor.
Fábio Moser
Que smartphone feio... tão feio como qualquer Moto.
Exibir mais comentários