Sem querer querendo, a AMD revelou as especificações dos processadores Ryzen 3, que vão concorrer diretamente com os Core i3. Eles serão lançados apenas na segunda metade do ano, mas já deram as caras em uma apresentação dos chips Ryzen Pro, voltados para usuários corporativos.

AMD Ryzen

Dois modelos surgiram: o Ryzen 3 1300 e o Ryzen 3 1200. Uma diferença notável em relação aos Ryzen 5 e Ryzen 7 é que os chips mais baratos não terão Simultaneous MultiThreading (SMT): eles possuem quatro núcleos e quatro threads. Estas são as especificações:

  • Ryzen 3 1300: 4 núcleos, 4 threads, 3,5 GHz (3,7 GHz em turbo), cache L3 de 8 MB, TDP de 65 W
  • Ryzen 3 1200: 4 núcleos, 4 threads, 3,1 GHz (3,4 GHz em turbo), cache L3 de 8 MB, TDP de 65 W

Os preços ainda não foram anunciados, mas é certo que ambos serão mais baratos que o Ryzen 5 mais acessível (US$ 169). Para fins de comparação, a Intel tem sete modelos de Core i3 para desktops; todos são dual-core com quatro threads e são vendidos com preços entre US$ 117 (Core i3–7100) e US$ 179 (Core i3–7350K).

Ryzen Pro

A AMD também anunciou o Ryzen Pro, uma linha de processadores para usuários corporativos que deverá competir com os Intel Core vPro. Eles compartilham das especificações dos Ryzen 5 e Ryzen 7 que já foram anunciados, mas têm 36 meses de garantia (contra 12 meses dos chips para consumidores domésticos) e recursos adicionais de segurança.

Os Ryzen Pro estarão dentro de workstations da Dell, HP, Lenovo e outras empresas, que serão lançados na segunda metade do ano.

Com informações: AnandTech.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edvan Suzarth
A AMD está chegando de VOADORA na INTEL
@Sckillfer

Isso nos jogos... Mas o mercado de tecnologia não gira entorno dos gamers.

Sckillfer
Isso nos jogos... Mas o mercado de tecnologia não gira entorno dos gamers.
ochateador
Thermal Design Power. Quantidade máxima de energia que um equipamento utiliza.
Marcogro®
A verdade é que se levarmos em consideração Desktops de grandes montadoras vendidos em lojas, não há mais porque usarem Intel... A produtividade dos Ryzen já está aí. Mas quando falamos do 'nicho' dos Gamers, ainda se vê uma predileção a favor da Intel, não que os Ryzen não deem conta dos jogos, até dão, mas pesa aí mais a tradição....
ばか

Se bem que o Athlon 5350 também tem TDP de 25w, além da plataforma AM1 ter placas ITX.
O bom mesmo é esperar as APUs na plataforma AM4, deve vir opções mais interessantes.

Wololo ?
Se bem que o Athlon 5350 também tem TDP de 25w, além da plataforma AM1 ter placas ITX. O bom mesmo é esperar as APUs na plataforma AM4, deve vir opções mais interessantes.
Alberto Prado
Sim. Até um P3 daria. O negócio é que as vezes o consumo desses proc mais antigos faz com que não seja muito vantajoso. A esperança fica no refinamento da arquitetura e na litografia. Mas eu recentemente descobri no Aliexpress uma belezinha de processador AMD para o socket AM3 que tem um TDP de incríveis 25W. É o Athlon II 260u. Vou usa-lo no meu futuro rig miner. Imagina o que uma futura série Ryzen 3 XXXu não faria com seus 14nm??? =)
ばか

Acho que para estes serviços em uso local até os Athlon AM1 da conta.

Wololo ?
Acho que para estes serviços em uso local até os Athlon AM1 da conta.
Alberto Prado
No caso eu me referia a um hipotético Ryzen 3 1100. Fazer isso com um Ryzen 7 não faria muito sentido, ao menos pra mim. Mas voltando. 1- O ACPI reduz sim o clock, mas dentro do que já foi pré estabelecido de fábrica. Quando vc faz um underclock, vc limita os picos aos quais o processador terá acesso. E se fizer ele no clockbase (normalmente 100Mhz), vc fará com que o a frequência mínima seja menor (Ex: Multiplicador Min/Max/Turbo do processador é 8x/32x/37x; o ACPI variaria de 800 até 3200/3700Mhz; com underclock no clockbase poderia ser 720/2880/3330Mhz) por consequência vai exigir menos do consumo de energia do mesmo. Isso abre a possibilidade para o undervolt. Algumas placas mãe ainda permite que vc trabalhe em cima dos multiplicadores também. O que pode baixa ainda mais o consumo. 2-Para arquivos mídia, torrent, hospedar seu próprio FTP, de impressão... As possibilidades são imensas. Tudo depende da sua demanda.
João Cagnoni
Posso fazer algumas perguntas, somente por curiosidade? 1- Por que fazer underclock se o ACPI do processador já reduz o clock (e o consumo) quando está ocioso? 2- Por que você precisaria de um servidor doméstico?
Mestre iOdo

Os estúdios, provavelmente, estão primeiro analizando a receptividade dos usuários aos novos processdores da AMD. As fabricantes de placas mãe já estão lançando atualizações de bios com otimizações para os processadores. Eu diria que é questão de tempo.

McLovin
Os estúdios, provavelmente, estão primeiro analizando a receptividade dos usuários aos novos processdores da AMD. As fabricantes de placas mãe já estão lançando atualizações de bios com otimizações para os processadores. Eu diria que é questão de tempo.
Nao sei amigo. Só iria ruir se os jogos tambem se optimizasem para o ryzen. COisa que ate agora, pelo que sei, nao esta sendo feita. Esta meio cedo ainda pra saber... MAs torco pelos ryzen só por ter dado um pesco tapa na Intel.
Exibir mais comentários