Início » Negócios » Spotify fecha acordo com a grande gravadora que faltava

Spotify fecha acordo com a grande gravadora que faltava

Felipe Ventura Por

Boa parte das 30 milhões de músicas no Spotify pertencem a poucas gravadoras; por isso, é essencial obter a autorização delas. O serviço de streaming renovou seu acordo de licenciamento com a Warner Music, a última grande gravadora que faltava.

A Warner fez o anúncio através do Instagram, onde o diretor de música digital Ole Obermann diz: "levou um tempo para chegarmos aqui, mas valeu a pena... com o Spotify, encontramos formas criativas de reforçar o valor da música, criar benefícios adicionais para os artistas, e entusiasmar seus fãs em todo o mundo".

Acredita-se que o acordo é semelhante ao feito com a Universal Music Group, ou seja, os 60 milhões de assinantes terão acesso a alguns álbuns duas semanas antes que usuários do plano gratuito.

O Spotify já tem acordos com a Universal, Merlin e Sony. Como explica o The Verge, agora a empresa consegue prever seus custos com música para os próximos anos, facilitando sua estreia na bolsa de valores.

Eles estão com pressa para arrecadar dinheiro de investidores, porque têm uma dívida conversível de US$ 1 bilhão — e os juros saem caro. A oferta pública deve ocorrer no final deste ano ou início de 2018.

A pressa é tanta que eles cogitam entrar na bolsa de valores sem um IPO tradicional, vendendo ações para grandes investidores — o Spotify simplesmente estrearia direto na NYSE.

Com informações: The Verge, Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João

É porque não é publicado pelo Paulo Higa... Higa = TB. Hhahahaha.

Joaomanoel
É porque não é publicado pelo Paulo Higa... Higa = TB. Hhahahaha.
João

Baixar música pirata é coisa tão 2008... Bons tempos do Ares e Orkut em que se discutia as músicas do momento e se baixava pelo Ares, o melhor pior programa da história para isso.

Joaomanoel
Baixar música pirata é coisa tão 2008... Bons tempos do Ares e Orkut em que se discutia as músicas do momento e se baixava pelo Ares, o melhor pior programa da história para isso.
Gragas
só uma correção,é 16,90 amigo,pelo menos tem o plano universitário por 8,50.
Wagner Albuquerque Filho
Só falta o Spotify fazer parceria com Claro ou Tim e colocar letras no proprio app com direito a tradução... ia ser FODA!
Bruno Amorim
Não vejo problema algum com o app do Deezer, acho bem organizado e a troca do Spotify para ele, devido a "Gratuidade"no beta foi bem fácil.
Caleb Enyawbruce

Droga, eu tbm achei pelo título que íamos ter mais músicas (não que eu ache poucas as atuais). Deveriam ter usado o verbo "renova" ao invés de "fecha" então... :/

Desconstruindo Clickbaits

"Spotify renova acordo com a Warner"

Eric Viana

O problema do deezer e do google play são os apps ruins. Uma vez que você usa o Spotify durante algum tempo te tenta voltar aos 2 primeiros vai achar terrível.

Pedro Tashima

É ainda mais barato se comprar no ML, pago 10 reais por 1 mês quando fico com vontade de ouvir música.

Luciano

Todos notaram a inconsistência entre o título da matéria e conteúdo, mas o mais importante a se dizer é que o catálogo não será reduzido.
E outra, não existe motivo para não se pagar a versão premium. O Spotify é fantástico! Para mim mais útil até que o Netflix, pois uso todos os dias.

Julio da Gaita ✔

baitclick, aqui? impossibrú.jpeg

Nathan

Vim aqui querendo saber quais os principais artistas que seriam inclusos no catálogo. Saí querendo saber a mesma coisa.

Marsupial radical

Aí vale a pena achar mais pessoas pra dividir plano família... Sai tri baratinho entre 6 cabeças.

Exibir mais comentários