Um guia de 22 páginas vazado no Dropbox mostra as condições que a Apple impõe para consertos de iPhone, seja dentro ou fora da garantia. Isso inclui problemas na tela, danos no conector Lightning, e até mesmo aparelhos que entortaram.

O “Guia de Inspeção Visual/Mecânica” (VMI) cobre o iPhone 6, 6 Plus, 6S, 6S Plus, 7 e 7 Plus. Primeiro, temos os reparos dentro da garantia, que valem mesmo se o aparelho tiver passado por danos acidentais ou contato com líquido.

São três casos: desalinhamento da espuma na câmera frontal; rachadura única no vidro frontal sem pontos de impacto; e detritos abaixo do vidro do display (apenas se o cliente mencionar).

Foto por Nick Amoscato/Flickr

A Apple também faz consertos fora da garantia, e cobre mais casos. Isso inclui fraturas no LCD abaixo do vidro; rachadura única no vidro frontal com pontos de impacto; e múltiplas rachaduras no vidro.

A lista ainda menciona arranhões extremos, buracos e botões faltando após uma queda; corpo entortado, ou separação entre a tela e o corpo do iPhone; conector Lightning ou de áudio danificado; danos nos orifícios do microfone e alto-falante; e danos devido ao contato de um laser com a câmera.

Além disso, temos danos causados por líquidos e corrosão interna. Há uma seção adicional sobre o assunto, para checar se o indicador de contato com líquidos (LCI) está vermelho — é um forte sinal de que os componentes internos do iPhone tiveram que lidar com água, mesmo que o cliente negue.

Por fim, temos os casos em que a Apple não fará reparos. Isso inclui iPhones com código que não bate com sua cor, tamanho ou modelo; com adulteração interna, peças faltando ou baterias que não sejam fornecidas pela empresa; e com dano catastrófico.

Além disso, danos cosméticos não são cobertos pela garantia, como arranhões no corpo de metal, clareamento da cor, e partes amassadas:

Um funcionário da Apple diz ao Business Insider que o VMI é “basicamente metade do treinamento para quem trabalha na Genius Bar”, mas geralmente é pouco usado como referência, “a menos que encontremos algum problema fora do comum”. Ele também diz que “há sempre alguns casos em que o aparelho tecnicamente não está coberto pela garantia, mas nós o trocamos mesmo assim sem cobrar”.

Com informações: Business Insider, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago A. Klein
iPhone 7 torto :/ "Bent enclosure", alguém sabe como arrumar?
MynahBird®™
Satanás, é você?
gust4v8
vai cuidar da tua vida, sem noção
Hugo Medeiros
É sensacional mesmo. eu comprei meu macbook numa loja de NY, passados uns 6 meses, já no brasil, minha tela quebrou, sem motivo aparente, não sei até hoje o que aconteceu. Levei na loja e depois de uma análise(pois tinha um arranhão no chassi do outro lado, não relacionado ao incidente) eles decidiram por trocar a tela sem custo, mesmo tecnicamente não se aplicando a política deles de troca deste item. Se fosse pagar, seria qse R$3000
Daniel Ribeiro
É... Tipo esse cara aqui, que comprou um carro Zero km com defeito, e teve que ir para a justiça para ter seu dinheiro de volta. https://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/concessionaria-nao-troca-carro-zero-com-defeito-e-tera-que-indenizar-cliente
Matheus
Não vejo como isso é "exemplo de servir" da Apple. Consigo visualizar essa anedota em qualquer loja própria de qualquer marca de qualquer coisa em qualquer lugar. É bem de praxe de manual de marca não manchar a imagem com o cliente...
Renan Araújo
Veja como uma curiosidade, uma simples observação (: E chega a ser curioso sim. Por exemplo, já vi um caso de um Moto G4 Plus que era vendido com um "nanorevestimento a água", porém ~morreu dentro de um bolso suado. A garantia não cobriu, cliente ficou a ver navios. Por outro lado, existem esses casos da garantia funcionar super bem, mesmo quando o cliente tem parcela de culpa. É sempre bom para nós clientes estarmos cientes do "onde começa e termina" nesses casos.
Lucas Blassioli
Ele também diz que “há sempre alguns casos em que o aparelho tecnicamente não está coberto pela garantia, mas nós o trocamos mesmo assim sem cobrar”. Isso é fato, muitas vezes tive o fone com alguns danos visíveis trocados e um iPhone com um problema não comprovado de bluetooth também trocado! O atendimento dela costuma ser bem satisfatório
Magnosama
O pós venda da Apple é (disparado) o melhor entre todas as fabricantes. Não atoa é um dos fatores de fidelizarem tanto os clientes.
Don Ramón
E é mais ou menos o que toda empresa faz. Ninguém conserta "problema" estético causado pelo (mal) uso ou azar...
Ricardo
Queria saber o propósito da matéria? Sério, não entenda comentário como "hater", mas eu li e reli e vi algo que acrescentasse valor.
Daniel Ribeiro
Acidentes acontecem. Eu mesmo não fico sem capinha no meu... Eu derrubo o tempo todo.
Fagner Ribeiro
Sinceramente não vejo muito utilidade em saber disso. É só um manual normativo que orientas as pessoas seguirem sob determinadas situações. Toda empresa que se preze já faz isso. Então isso não é uma notícia.
Mickão

Pelo pouco que sei, realmente, me disseram que o atendimento da Apple nesses casos, principalmente pra quem compra em uma das lojas dela, é fantástico. Um amigo próximo comprou um iPhone 6S na loja da Apple em Nova York. Durante a viagem e com cerca de 5 dias de uso o aparelho apresentou um problema de conectividade no SIM card. Ele levou até a loja e trocaram o aparelho por um novo na mesma hora, além de dar como cortesia uma capinha original da Apple.

MynahBird®™
Desastrada sua esposa, heim.
Exibir mais comentários