O macOS High Sierra foi anunciado em junho durante a WWDC. Suas novidades estão concentradas nos bastidores: um novo sistema de arquivos, suporte melhorado a vídeos, e melhorias importantes no Safari.

A Apple liberou o High Sierra para todos os dispositivos compatíveis; você pode baixá-lo na Mac App Store gratuitamente se tiver pelo menos 8,8 GB de espaço disponível.

Estes são os dispositivos compatíveis:

  • MacBook (final de 2009 ou posterior)
  • MacBook Pro (meados de 2010 ou posterior)
  • MacBook Air (final de 2010 ou posterior)
  • Mac mini (meados de 2010 ou posterior)
  • iMac (final de 2009 ou posterior)
  • Mac Pro (da metade de 2010 ou posterior)

Vamos começar pelas novidades mais visíveis. O Fotos ganhou uma ferramenta conta-gotas para selecionar e editar uma cor específica; uma ferramenta para ajustes finos através de curvas; um recurso “Comparar” para analisar edições lado a lado; e novos filtros.

Há suporte a recursos vindos do iOS, como Live Photos e Memories. Além disso, o Fotos ganhou links para abrir programas como Photoshop e Pixelmator; as edições que você fizer são salvas diretamente na biblioteca.

Quanto ao Safari, ele impede que vídeos sejam reproduzidos automaticamente com som. E graças ao Intelligent Tracking Prevention, o navegador detecta e remove cookies que rastreiam você entre diferentes sites — algo que irritou a indústria publicitária.

A Siri ganhou uma voz mais natural graças à inteligência artificial, e está mais integrada ao Apple Music, permitindo criar playlists personalizadas. O Spotlight exibe detalhes de voos futuros. E você pode inserir tabelas simples e fixar anotações no Notas.

Agora, vamos dar uma olhada nos bastidores. O High Sierra usa o APFS (Apple File System); é a primeira atualização significativa do sistema de arquivos da Apple em cerca de 30 anos.

Ele copia arquivos e pastas mais rapidamente, e ocupando menos espaço, porque trabalha com “clones”: ele cria outro arquivo que faz referência ao original, em vez de regravar os mesmos dados no disco. Confira mais detalhes aqui.

Vale notar que o APFS está disponível apenas em Macs com armazenamento flash: se você tiver HDD ou Fusion Drive, continuará no antigo HFS+ por enquanto — a Apple promete trazer o novo sistema de arquivos para eles “em uma atualização futura”.

O High Sierra também possui suporte nativo a vídeos em HEVC (também conhecido como H.265), se você tiver um Mac com um processador Intel Core da 6ª geração ou mais recente. Isso é útil para assistir vídeos em 4K usando menos armazenamento e largura de banda.

Também temos aqui o Metal 2, que faz a interface entre o sistema e o chip gráfico/placa de vídeo. Ele permite rodar apps com maior desempenho gráfico, inclusive para realidade virtual.

E graças ao Core ML, o High Sierra tem suporte a inteligência artificial — incluindo visão computacional, processamento de linguagem natural, e aprendizado de máquina para reconhecimento de fala.

Você já baixou o High Sierra? O que achou?

Com informações: Apple, Engadget, The Next Web.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alexandre Copi
Pois é, vou fazer isso! To com 80gb de porcaria em nem sei do que é aqui
Gesonel o Mestre dos Disfarces
Eu realmente não sabia! notícia boa!
Leo Furness
Eduardo, tenho o mesmo problema no meu Macbook pro. Pelo que entendi a Apple só lançou esse upgrade para quem tem ssd. !!!!!!! Ponto prá eles...
Sckillfer
O HFS+ (assim como ext4 e qualquer outro sistema usado atualmente) não sofre com fragmentação como o NTFS sofre, então para usuários domésticos ele é melhor sim. E o ReFS é o Windows Phone dos sistemas de arquivos, taí. desde 2013 e até agora nada de evoluir/ser levado a sério pela dona.
Sckillfer
Sim
Molinex
Boa. Vou dar uma olhada pra ver o que precisa, e ver quanto fica, pra ver se compensa...
Gesonel o Mestre dos Disfarces
Não exatamente o mesmo. tem um guia legal de placas e componentes aqui: https://lifehacker.com/the-always-up-to-date-guide-to-building-a-hackintosh-o-5841604
Lucas Galvão
A única notícia que importa: APFS. Pena que estou na praia e sem wifi.
Paul
Só na cabeça dele msm. Apple e livre são palavras que não se juntam numa msm sentença. PS: Até que eles têm a Swift, mas só pra popularizar msm entre os Devs.
Molinex
Teria que fazer alguns upgrades aqui pra rolar... pelo pouco que eu entendo desse esquema, o hardware tem que ser o mesmo do mac pra rodar sem problemas. certo?
Gesonel o Mestre dos Disfarces
tenta um hackintosh. quem sabe não vale o esforço?
Gesonel o Mestre dos Disfarces
APFS é livre? o_O
Gesonel o Mestre dos Disfarces
Fiz uma atualização "suja", e tem rodado de boa. talvez esteja demorando mais do que eu gostaria para iniciar o sistema, mas quem sabe não tento fazer uma nova instalação do zero?
Piero Lourenço
Não vi diferença!!! hahaha pra mim tudo igual..
Vinicius Vasques
Cara, eu uso um MBW Late 2009 (com SSD e 8GB RAM) e tá rodando liso rs
Exibir mais comentários