Início » Celular » Ubuntu Phones vão rodar apps de Android

Ubuntu Phones vão rodar apps de Android

Paulo Higa Por

A Canonical desistiu do Ubuntu para smartphones, mas a comunidade ainda não. E um grupo de desenvolvedores do UBports, responsável por continuar o projeto, está trabalhando para rodar aplicativos de Android nos Ubuntu Phones.

O Ubuntu Touch desenvolvido pelo UBports tem suporte limitado: ele funciona nos smartphones OnePlus One, Fairphone 2 e LG Nexus 5, além de um tablet da fabricante espanhola BQ. Ele também foi portado para aparelhos básicos, mas os aplicativos para Android deverão exigir hardwares mais potentes.

Basicamente, o Ubuntu Touch da comunidade ganhou suporte ao Anbox (Android in a Box), uma ferramenta que roda o Android dentro de um container, integrando os serviços com uma distribuição Linux (no caso, o Ubuntu). Isso permite que o aplicativo “seja integrado com o seu sistema operacional como qualquer outra aplicação nativa”. Assim:

Claro, isso não significa que todos os problemas do Ubuntu Touch foram resolvidos: vários aplicativos para Android exigem o Google Play Services, que não vem no Android puro; e fica a dúvida se o desempenho será satisfatório, especialmente nesses aparelhos não tão novos. Mas já é um pingo de esperança para quem realmente gosta do Ubuntu.

Você pode conferir mais detalhes sobre o UBports nesta página.

Com informações: Liliputing.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

richardsonvix

Parece o povo que compra um Mac para usar Windows virtualizado.

Richardson Dos Santos Neves
Parece o povo que compra um Mac para usar Windows virtualizado.
Auridian
Nenhuma distro rolling release é fácil de usar, principalmente para um usuário comum que só quer rodar o navegador, pra acessar o feicebuque, e não ter problemas quando for tentar usar qualquer outro programa.
None
Aquele lá... o falecido
Lucas Santos
Do Deepin até agora não vi problemas de tradução na versão 15.5,nem de compatibilidade...
GuilhermeSMello
O Deepin ainda tem alguns problemas de tradução e compatibilidade com alguns apps e, desculpe-me, mas nenhuma das distros baseadas no Arch são fáceis de usar como o Ubuntu e seus derivados (apesar de os desenvolvedores do Manjaro se esforçarem bastante).
John Smith
Ubuntu Phone? Que Ubuntu Phone?
Leonardo Caldas
Ora, se você reler o que escreveu vai notar que poderia estar tranquilamente descrevendo a Apple com esse argumento. Talvez não especificamente no que se refere a ferramentas de acessibilidade (que gera um marketing positivo, etc), mas em relação a uma série enorme de melhorias cuja implementação os usuários pedem há anos sem sucesso. Então eu faço duas observações: A primeira é que o Ubuntu (distro grande, nos moldes das que você citou como exemplo) tem pelo menos desde a versão 16.04 um engenheiro designado somente para criação e melhorias na área de ferramentas de acessibilidade (novamente, dentro do exemplo que você comentou). A segunda é que há alguns anos, quando ainda era fácil fazer jailbreak em aparelhos com iOS, chegou-se a 7 milhões de usuários fazendo a alteração em seus smartphones em apenas 4 dias. Isso me parece um indicativo claro de um sistema que é bom, mas que infelizmente não atende completamente às necessidades do usuário. A empresa tampouco os escuta ou faz as alterações de que ele precisa. E o usuário acaba tendo de recorrer (quando consegue, já que está cada dia mais difícil) a formas alternativas para fazer as alterações de que precisa.
Victor Serrão
O Ubuntu é a maconha do mundo Linux, e nisso há um grande valor.
Molinex
Também acho
brunocabral
A famosa gambiarra.
Kodos Otros
Disso não há duvidas. Tudo que a MS se mete dá errado.
Molinex
Claro que sim. A culpa é sempre da MS kkkkkk
Lucas Santos
Cada um faz o sistema pensando em si mesmo, mesmo que compartilhe. As distros(a gigantesca maioria delas) nem mesmo se concentram nas ferramentas de acessibilidade, justo pelo seus desenvolvedores não sentirem falta para si.
ʞǝʌǝɥs

hm, sei não, mas talvez ser escolhido pela MS para ser a distribuição usada no WSL tenha influenciado um pouco a Canonical...

Exibir mais comentários