Início » Celular » Facebook vai simplificar controles de privacidade após escândalo

Facebook vai simplificar controles de privacidade após escândalo

Felipe Ventura Por

Toda vez que o Facebook se envolve em uma polêmica — repassar seus dados para serem vendidos a terceiros, ser prejudicial a democracias, manipular suas emoções etc. — os usuários se movimentam para apagar a conta ou, no mínimo, ajustar as configurações de privacidade.

No entanto, o próprio Facebook reconhece que isso é muito complicado: no smartphone, as configurações estão "espalhadas por quase 20 telas diferentes". Por isso, a rede social diz que "é hora de tornar nossas ferramentas de privacidade mais fáceis de encontrar".

Facebook - smartphone

Essas novidades serão distribuídas "nas próximas semanas". Em primeiro lugar, o menu de configurações do Facebook foi "reprojetado do zero" em dispositivos móveis. Em vez de navegar por 20 telas diferentes, você poderá acessar as opções em uma só página.

Na imagem abaixo, você confere o antes e depois:

E aquela opção de privacidade que não fazia nada, referente a uma função removida em 2014? O Facebook diz: "também eliminamos configurações desatualizadas para que fique claro quais informações podem ou não ser compartilhadas com os aplicativos".

Além disso, a seção "Atalhos de privacidade" ganhou mais funções. Atualmente, ela só oferece algumas funções básicas, como decidir quem pode ver suas publicações (público/amigos) e sua lista de contatos bloqueados.

Com a atualização, ela terá quatro áreas distintas:

  • informações pessoais: você pode ver — e apagar — seu histórico de buscas, solicitações de amizade enviadas, e posts que você compartilhou ou aos quais reagiu;
  • visibilidade: você pode escolher quem vê seus posts e as informações que você colocou no perfil;
  • preferências de anúncios: quais informações o Facebook usa para exibir propagandas, e as opções para controlar isso;
  • opções de segurança: você pode adicionar mais camadas de proteção à sua conta, como autenticação de dois fatores.

Este é o antes e depois:

O Facebook também vai mostrar os dados que armazena sobre você em uma nova área chamada "Acesse suas informações". Ela vai incluir seus posts, reações, comentários e pesquisas. Lá, você poderá excluir qualquer coisa que não queira mais associado ao seu perfil.

Por fim, o Facebook promete que vai facilitar o download dos dados que você compartilhou com a rede. Isso não é exatamente difícil: você vai em Configurações, clica em "Baixar uma cópia dos seus dados do Facebook", e depois em "Abrir meu arquivo".

Vale lembrar que essas medidas refletem o que o Google vem fazendo há alguns anos. Você pode ver os dados armazenados em sua conta — e-mails, arquivos, histórico de buscas etc. — através do Dashboard. Lá, você encontra um link para o Takeout, que permite baixar todos os dados, ou parte deles.

O Facebook diz que "a maioria dessas atualizações já está em andamento há algum tempo" — não é uma reação apressada ao escândalo da Cambridge Analytica, nem à campanha #DeleteFacebook à qual até Elon Musk se juntou.

Com informações: Facebook.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação