A Netflix tem 119 milhões de assinantes ao redor do mundo, e suas séries fazem parte da cultura pop há alguns anos. No entanto, os filmes originais da plataforma nem sempre têm o mesmo impacto.

Pior: a organização do Festival de Cannes deixou de aceitar filmes que não estrearam nos cinemas da França, efetivamente barrando serviços de streaming.

Os filmes da Netflix podem concorrer ao Oscar, porém teriam mais chances se fossem exibidos na tela grande. Por isso, segundo o Los Angeles Times, a empresa tentou comprar uma rede pequena de cinemas nos EUA.

Netflix

Executivos consideraram comprar a Landmark Theatres, com sede em Los Angeles. Ela pertence, em parte, ao empreendedor Mark Cuban; e tem 53 cinemas com 255 salas em 27 cidades nos EUA, incluindo Nova York, San Francisco e LA.

No fim, a Netflix decidiu não fazer um acordo porque o preço de venda da Landmark era alto demais. Mas isso poderia resolver alguns problemas para o serviço de streaming.

Seus filmes são barrados por grandes cadeias de cinema, como AMC, Cinemark e Cineplex, porque fazem estreia simultânea na internet. Ao comprar salas próprias, a Netflix poderia driblar esse problema.

A chance de ganhar um Oscar também aumenta: “para ser considerado nas premiações, eles precisam ser capazes de divulgar os filmes nas telas dos principais mercados”, diz uma fonte ao LATimes. Isso também poderia atrair cineastas mais prestigiados, que querem ver seus filmes sendo exibidos em cinemas.

O analista Eric Handler lembra que a Netflix “decolou quando alguns de seus títulos originais foram indicados para o Emmy. Isso deu credibilidade ao que eles estão fazendo. Se eles puderem fazer isso para mais premiações, isso pode elevar um pouco a plataforma”.

A Netflix deve gastar até US$ 8 bilhões este ano em conteúdo original. Ela terá um total de 700 séries, especiais e filmes originais em 2018.

Com informações: Los Angeles Times.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabio Filho Ramos

certeza mais um fã de Anita nas telonas

Fabio Filho Ramos

boa kkkkkkkkkk

Eduardo Braga

Inclusive, ganharam o Oscar de melhor documentário esse ano, merecidamente. Recomendo.

Felipe Teodoro

Lol tava pensando nisso dias atrás , bem que a netflix poderia comprar uma rede de cinema, e colocar os filmes lá e criar uma nova modalidade de assinatura que fosse alguns dólares mais caro, e o cliente poderia reservar a sala direto pelo app, e o app cria um qrcode e é só scanear o código e entrar.
Eu li em algum lugar que a maior parte do lucro dos cinemas não vem com a venda de ingressos e sim com as vendas de comidas, pipoca, refrigerante, etc.

Doug

A treta continua rolando, mas pelo que li por aí, eles irão entrar num acordo mais cedo ou mais tarde.

Porto Velho

Acho que a ideia é mostrar pro cinema tradicional que o fato de estar no streaming ao mesmo tempo que no cinema não derruba a audiência. Cinema é muito mais que um simples lugar que as pessoas vão pra assistir filme.

Macgyver Freitas

Se n tá dando pra comprar rede pronta, cria uma, cobra um preço justo no filme e na pipoca, e desbanca essas redes tradicionais

Gertrudes, a Lhama Morta

Legal a review:

While I was watching the movie I only thought it was better to see Pele's film
thiagorsr

Se aparecer um patrocínio do Netflix ao Dallas Mavericks na NBA resolve (Mark Cuban é o dono desta franquia)

Kodos Otros

Por falar nesse bandido, está rolando uma guerra no IMDB, os bots dele estão classificando o filme com nota 10 (tava com nota 8.9 ontem, mas já caiu hoje):

https://www.imdb.com/title/...

Já coloquei nota 1 nessa bosta.

Gaba

Na real eu acho que pra Cannes, tem que ser salas de cinemas Francesas... provavelmente eles ainda continuariam bloqueando a Netflix no festival após a compra dessas salas nos EUA, até que eles tenham os filmes nas salas francesas. Entretanto Netflix não irá fazer isso creio eu, porque na França a LEI exige que os filmes so venham para o âmbito online após 36 meses no cinema, se não estou enganado.

Keaton

Se o Netflix construisse o seu próprio cinema? Resolveria?

José Renato De Souza

Você quer dizer o líder da quadrilha Universal?

@Sckillfer

Não porque o de Cannes exige exibição em cinemas da França e lá a estreia simultânea nas salas e online é ilegal

Carlin

Acho que alguns usuários do serviço gostariam de ver algumas produções da Netflix na tela grande, imagina só ter direito a duas entradas durante 3 meses, claro se tiver conta no serviço, no fim o intuito não seria lucrar com as salas "by Netflix", mais sim trazer mais relevância ao serviço!

Exibir mais comentários