A Samsung revelou nesta segunda-feira (30), em seu site indonésio, o Galaxy A6 e o Galaxy A6+, os novos smartphones intermediários da marca, que deverão competir com o Moto G6 e o Moto G6 Plus. Eles chegarão com telas Super AMOLED de 5,6 e 6 polegadas, tecnologia de reconhecimento facial e som Dolby Atmos, continuando com o foco em selfies da linha Galaxy A.

Tanto o Galaxy A6 quanto o Galaxy A6+ adotam um design semelhante ao do Galaxy A8, com telas planas que ocupam boa parte da frente, mas traseira de metal em vez de vidro. As bordas superiores e inferiores não são tão compactas quanto as do Galaxy S9, mas a Samsung optou por utilizar (e destacar) o termo “Display Infinito” mesmo assim nos materiais promocionais.

Ambos os aparelhos têm leitor de impressões digitais na traseira, recursos da assistente pessoal Bixby, som surround Dolby Atmos em fones de ouvido, câmeras frontais com flash LED ajustável e 32 GB de armazenamento interno, com possibilidade de expansão por microSD, mas há diferenças importantes nas telas, câmeras e bateria.

O Galaxy A6 possui tela de 5,6 polegadas HD+ (1480×720 pixels), processador octa-core de 1,6 GHz, 3 GB de RAM e bateria de 3.000 mAh. A câmera frontal é de 16 megapixels (abertura f/1,9), mesma resolução da traseira, que acompanha uma lente de abertura maior (f/1,7).

Já o Galaxy A6+ chega com tela de 6 polegadas Full HD+ (2220×1080 pixels), processador octa-core de 1,8 GHz, 4 GB de RAM e bateria de 3.500 mAh. A câmera frontal sobe para 24 megapixels, e há dois sensores na traseira: um de 16 megapixels (f/1,7) e outro de 5 megapixels (f/1,9), para suportar o recurso de foco dinâmico, que borra o fundo em retratos.

A Samsung ainda não informou o preço e a data de lançamento dos produtos; por enquanto, eles só apareceram no site indonésio da fabricante. De qualquer forma, os smartphones não devem demorar para chegar ao Brasil: tanto o Galaxy A6 (SM-A600GN/DS) quanto o Galaxy A6+ (SM-A605GN/DS), em suas versões com entrada para dois chips, já passaram pela homologação da Anatel.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Victor Melo

Com certeza!! S8 compensa mais do que esses novos intermediarios!!

Juninho

Os aparelhos da Samsung são sempre bem construídos ainda mais falando em design, mas comprar um smartphone que não é nada barato e ainda vim com o software desatualizado é meio que fazer o cliente de idiota, gosto da Samsung mas a mesma te faz procurar por outras opções que chegam a ser melhores

Don Ramón

Essa traseira de alumínio é mais bonita que as traseiras de vidro dos outros Galaxy A, da série S e do Note, mesmo com as marcações das antenas.

Sandro Soares

Filma em 4K ou a Samy vai podar essa funcionalidade, mesmo que o hardware seja suficiente pra isso, pra privilegiar os topos de linha?

Vanderson Lima

O S7 ficou muito datado por causa dessas telas ampliadas dos novos modelos. Acho que um S8 é mais atrativo.

Victor Melo

Amigo, seu S7 Edge ainda dá um pau nesses intermediários. Além disso a Samsung afirmou que ele vai receber o Android Oreo ainda esse mês, e bem provável que receba o P também. Pense duas vezes, creio que não vale a apena. ;)

Eliézer José Lonczynski

Aparelho fino mais essa tela, muito bom.

jamilton leite

Concordo com vc! Tenho o A5 2017 com 64GB, se esse A6 viesse com 64GB eu iria até trocar o meu.

CORDEIRO

Obrigado pela informação .

Vanderson Lima

Traseira em metal ficou linda nesse aparelho. O detalhe da antena nesse azul é de muito bom gosto. Não sei se vale a pena trocar meu S7 Edge por um A6+ ou mesmo um A8+.

Felipe Valente

Não é apenas a Samsung, foi o mesmo caso do IPhone X quando chegou no Brasil .
Infelizmente está valendo aguardar até o preço se tornar um pouco mais justo.
Todos os TOP de linha estão chegando a um preço absurdo no Brasil.

Niedson Barros

Verdade, é o J7 pro por 1000 reais com 64 GB de armazenamento.

LemmiNoW

A Samsung ultimamente vem dando um foco muito maior na linha 'A' do que antigamente, acho que eles querem entrar de vez no segmento intermediário, mas tem que melhorar muito ainda.

LemmiNoW

é verdade, agora tem prazo limite para lançarem celulares com uma determinada versão do android.

Carlin

Estranho, os aparelhos parecem serem bons intermediários, mais não parece até que a Samsung retornou ao clássico lema, quanto mais, melhor! Ao que parece o seguimento intermediário premium, a Linha Galaxy A, agora possui aparelhos intermediários, mais onde fica a linha J que possui aparelhos intermediários e de entrada?!

Exibir mais comentários