Início » Web » Netflix não vai mais ter espaço para resenhas de usuários

Netflix não vai mais ter espaço para resenhas de usuários

Por
18 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Netflix vai passar por mais uma mudança: a partir do final deste mês, não será mais possível publicar opiniões a respeito de filmes, séries e documentários disponíveis na plataforma. Usuários que já postaram resenhas no serviço estão sendo avisados da decisão por email.

Na mensagem, a companhia afirma que todas as opiniões ficarão disponíveis na plataforma até 30 de julho. Depois disso, o recurso, até então disponível apenas na versão web do serviço, será coisa do passado.

A explicação dada pela Netflix é a de que cada vez menos usuários postam opiniões. Nesse sentido, é possível que a decisão tenha relação direta com a mudança que fez a plataforma trocar a avaliação de até cinco estrelas por um sistema baseado em “curti / não curti” há pouco mais de um ano.

Naquela época, a empresa justificou a mudança dizendo que a nova classificação é mais precisa e conhecida por ser um sistema muito parecido com os que são usados em serviços como Facebook e YouTube.

Netflix

Há quem desconfie de que, na verdade, a decisão de descontinuar os espaços para opiniões não passe de uma tentativa da Netflix de evitar que usuários deixem de assistir a determinadas produções por causa de resenhas negativas.

Mas é provável que o recurso esteja mesmo caindo em desuso: quando o sistema antigo estava em vigor, muita gente usava os espaços para opiniões como forma de explicar a decisão de dar pontuações baixas ou altas para determinadas produções. A avaliação baseada em curtidas pode simplesmente ter quebrado esse costume.

Usuários que já publicaram opiniões podem acessá-las no link www.netflix.com/reviews até o dia 30.

Plano Ultra

O fim das resenhas não é a única novidade da Netflix. Na Europa, a companhia começou a avaliar o plano Ultra, opção mais cara que pode acabar reduzindo os recursos dos demais planos. Mas, por enquanto, tudo não passa de um teste.

Com informações: Slashdot.

Mais sobre: