Início » Celular » Google anuncia chip para acelerar tarefas de IA em pequenos dispositivos

Google anuncia chip para acelerar tarefas de IA em pequenos dispositivos

Por
48 semanas atrás

O Google criou um pequeno chip chamado de Edge TPU, muito menor do que uma moeda de um centavo e que é capaz de levar parte do poder de computação em nuvem da empresa, quando o assunto é inteligência artificial, para dispositivos menores focados em internet das coisas.

Não faz muito tempo que o Google mostrou ao mundo o TPU, ou Tensor Processing Unit e que é responsável pela magia do machine learning e inteligência artificial em seus serviços na nuvem. São pequenos processadores que ficam espalhados pelos vários servidores do gigante das buscas e que chegou a ganhar uma versão, no último Google I/O, com resfriamento líquido. Afinal de contas, saber que suas fotos de gatinho são diferentes umas das outras gera um calor danado nos servidores do Google Fotos, por exemplo.

Agora, com o minúsculo Edge TPU, parte deste processamento que acontece na nuvem, pode ser feito localmente em produtos que são focados em internet das coisas, como geladeiras conectadas, condicionadores de ar inteligentes ou mesmo um prendedor de roupas que sabe se vai chover ou não.

A parte do processamento que será feito pelo novo silício é chamada de “inferência”, que é a parte do aprendizado de máquina em que um algoritmo realmente realiza a tarefa que foi treinado. Isso significa que o desenvolvedor ainda treinará a tarefa na nuvem, mas levará o conhecimento em um pequenino chip que faz a parte de “fazer a coisa acontecer” no mundo real.

O objetivo do Edge TPU é de melhorar a velocidade de aprendizado em produtos corporativos fora da internet, o que resulta em mais segurança para as empresas, menor tempo de resposta e menor consumo de energia em outros servidores.

Do lado tecnês, o Edge TPU é feito para rodar com base em TensorFlow Lite ML, que complementa o que o Google já oferece como serviço de nuvem feito em seus TPUs. Para quem está animado em desenvolver aplicações para o chip, o Google fará um circuito que já vem com um processador NXP, Wi-Fi e o próprio Edge TPU. A conexão com servidores ou outro computador pode ser feita via USB ou então com conexão PCI Express.

O kit de desenvolvimento ainda está em fase de testes e se você está animado, ainda precisa pedir acesso ao produto na página do Edge TPU, em inglês.

Com informações: Google.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.