Início » Telecomunicações » Tráfego de interconexão mundial vai triplicar para 8.200 terabits por segundo em 2021

Tráfego de interconexão mundial vai triplicar para 8.200 terabits por segundo em 2021

Velocidade de interconexão atual é de 2.500 Tb/s; América Latina será região de maior crescimento, segundo Equinix

Lucas Braga Por
1 ano atrás

Você já parou para pensar no tamanho da internet mundial? Para entender a dimensão da rede, um novo estudo estima a velocidade de interconexão — ou seja, a ligação entre operadoras de telecomunicação, serviços de tecnologia e empresas com data centers. Para o ano de 2018, a largura de banda atinge a marca de 2.481 terabits por segundo, e em 2021 alcançará 8.214 Tb/s, mais que o triplo dos valores de hoje.

Quem divulga esses números é a Equinix, empresa presente em 24 países com mais de 200 data centers espalhados pelo mundo; são seis no Brasil, sendo quatro em São Paulo e dois no Rio de Janeiro. Wellington Lordello, gerente de marketing e soluções, revela ao Tecnoblog que mais de 90% dos dados da internet mundial passam pelos data centers da empresa, que acaba atuando como uma espécie de ponto de troca de tráfego.

Apesar de ser a região com a menor interconexão, a América Latina se destaca no estudo com previsão de crescimento de 59%, alcançando 755 terabits por segundo de interconexão até 2021. No Brasil, a velocidade de interconexão em São Paulo e no Rio de Janeiro deve aumentar em sete vezes.

Lordello avalia que a produção de conteúdo de mídia local é um dos fatores que justifica o crescimento expressivo na América Latina, e diz que as principais áreas metropolitanas da região concentram 81% das conexões.

Os Estados Unidos são uma das regiões com maior importância, não só pela grande presença de data centers, como também por sediar as principais empresas de tecnologia. Lá, o crescimento será de 45%, atingindo a marca de 3.318 Tb/s em três anos; seguido da região da Ásia e Pacífico, com 51% de crescimento e 2.220 Tb/s. A Europa fica em terceiro lugar, com crescimento de 48% e velocidade de interconexão de 1.921 Tb/s.

A Equinix também afirma que, de toda a velocidade mundial de interconexão, 71% devem ser usados pelas operadoras de telecomunicação (em vez de data centers, por exemplo).