Início » Carro » Yellow vai multar em R$ 30 quem deixar bicicleta fora da área de atuação

Yellow vai multar em R$ 30 quem deixar bicicleta fora da área de atuação

Yellow promete expandir área de atuação para mais bairros de São Paulo e para outras cidades; app oferece devolução de créditos

Felipe Ventura Por

A Yellow vai cobrar uma taxa de retorno de R$ 30 para quem deixar a bicicleta fora de sua área de atuação, que engloba alguns bairros de São Paulo. A multa começa a valer na próxima segunda-feira (1º de outubro). A empresa permite alugar bikes através de um aplicativo para iPhone e Android, por R$ 1 a cada 15 minutos.

A área de atuação da Yellow inclui os Jardins, Pinheiros, Vila Madalena, Butantã, Jaguaré, Vila Leopoldina, Moema, Itaim Bibi, Vila Olímpia, Indianópolis, Campo Belo e Santo Amaro. Isso é indicado no aplicativo como a parte clara do mapa.

Não era assim que a Yellow funcionava: a área de atuação não era destacada no app, e você podia alugar bicicletas e deixá-las em qualquer bairro, sem ameaça de multa. Por exemplo, eu já fui de Perdizes até a Avenida Paulista, áreas que a empresa deixou de atender (estão na área cinza do mapa).

Algumas pessoas foram além. É possível encontrar bikes da Yellow em bairros mais afastados do centro; segundo a Folha, há quem vá de bicicleta entre um terminal de ônibus e o local de trabalho. Elas também estão presentes em cidades da região metropolitana, como Guarulhos, Carapicuíba e Embu das Artes.

Yellow devolve dinheiro para quem comprou créditos

Se você comprou créditos da Yellow, mas usa a bicicleta fora da área de atuação, pode solicitar estorno do saldo indo em Menu > Minha carteira > Estornar crédito. Isso vale apenas para quem pagou com cartão de crédito.

"Pode levar até duas faturas para que o valor conste no seu cartão, a depender do emissor", avisa a empresa. Os créditos não têm validade; antes, eles venciam após dois meses.

Yellow defende multa para delimitar área de atuação

A Yellow estreou o serviço em agosto com 500 bicicletas na capital paulista. Atualmente, ela oferece 2 mil. A empresa planeja colocar 20 mil bikes em circulação até dezembro, e 100 mil até o ano que vem.

A área de atuação deve ser expandida em 2019 para basicamente todos os bairros de São Paulo. Até lá, no entanto, quem estacionar em locais não-atendidos terá que pagar R$ 30.

"Para o nosso sistema sem estação funcionar bem, é necessária uma grande quantidade de bikes em uma região", diz o aplicativo. "Além disso, precisamos garantir que nosso time de rua dê suporte para manter as Yellows disponíveis em locais em com alta demanda."

A taxa de R$ 30 servirá "para assegurar o rebalanceamento das bikes e qualidade do serviço em nossa área de atuação", de acordo com a empresa. A Yellow não exige que você estacione a bicicleta em uma estação fixa: basta deixá-la em vagas comuns de veículos na rua, ou em paraciclos públicos.

Segundo a Yellow, a taxa de retorno é "destinada à coordenação da equipe de logística", e esse modelo "é adotado por todas as empresas de compartilhamento de bicicletas sem estação do mundo".

CEO promete expandir área de atuação

Em comunicado à imprensa, a Yellow diz que está começando "uma nova fase de operação com base nos aprendizados sobre os fluxos da cidade e demandas dos usuários". Ela também afirma que "a delimitação da área de atuação já havia sido anunciada pela empresa".

Eduardo Musa, cofundador e CEO da Yellow, diz no comunicado que a área de atuação será expandida "à medida que colocarmos mais bikes nas ruas e de acordo com os pedidos da população". Locais com grande circulação de pessoas terão prioridade, especialmente hubs de transporte público.

Além disso, mais cidades no Brasil receberão as bicicletas da Yellow até o final do ano. E a expansão internacional deve ocorrer já no começo de 2019, quando a Cidade do México terá bikes e patinetes da empresa.

https://twitter.com/Sukevicius_/status/1045000071484514304

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Freitas
Em qual parte do meu comentário existe alguma referência em "torcer pelo pior"???
Cristina Nascimento
Paçarinhu de sorte. Q vc continue sendo mto abençoado. Meu sonho tb é ir morar num bairro de classe alta.Eu deveria ter estudado mais, fazer o q, né. Do céu só cai água e estrelas cadentes..
Cristina Nascimento
Cara, nem perca mais teu tempo. Faça como eu, dê block. Assim vc não gasta teus dedos com um inútil.
Daniel
Lei já tem demais, educação de menos infelizmente.
Jonas
Aí é com eles. É palavra deles.
Fabio Montarroios
postura antipática, empresa pouco ou nada confiável. estava achando a iniciativa bacana e tals... como sou ciclista e sei q, como eu, muitos estão deixando a bike encostada por conta da violência no trânsito restaurada por lemas como 'acelera, são paulo', o q poderia ajudar a mudar a cultura, na verdade, é uma proposta de butique: a gente diz q vai democratizar etc etc etc, mas na hora h, a gente refaz a estratégia. marketing... não confiem nesse marketing bonzinho, bacaninha, legal das empresas. geralmente esse dicursinho amigo é seguido de posturas assim. 99, por exemplo...
Fabio Montarroios
o pelé calado é um poeta. deixei essa frase pra vc se inspirar. cara, não tem absolutamente nada a ver isso... reclamar de uma empresa numa sociedade capitalista, por mais q vc seja anarquista (q seria a negação completa do estado) está dentro dos limites possíveis. se isso é hipocrisia, contradição, asneceira, tanto-faz, pq por mais q uma pessoa aspire outro sistema econômico ou político ela tem q viver no sistema q vige, ponto. o teu problema, e de caras q pensam como vc, é q ou é A ou é B. é esse binarismo cego e canalha q está nos levando, aos poucos, pra um buraco ainda mais fundo.
Fabio Montarroios
tipo blog de fake news?
Fabio Montarroios
AS PESSOAS PAGAM PRA USAR! não é de graça... mano, para de lamber saco de empresário. sério...(exceto se for por motivos eróticos e consentidos, aí tudo bem.)
Fabio Montarroios
tem o cara q defende a coisa, uma causa, o bem público e tal. mas tem o cara q defende o empresário a qualquer custo. se o empresário fizer cocô na cabeça dele e cobrar uma multa, ele vai achar lindo...
Fabio Montarroios
Eles falaram q o vandalismo estava abaixo das espectativa... Eles não gostaram é de ver as bicicletas deles em bairros q eles não iriam nunca. Tinha uma aqui no jaçanã/sp e achei legal. Agora, se alguém resolver trazer uma pra cá vai pagar multa. Eu sei muito bem onde eles podem estacionar essa bicicleta... só não posso escrever aqui, pq é feio.
Fabio Montarroios
É por este exato motivo que eu não confio em nenhum dos seus comentários.
Fabio Montarroios
A gente já pode ir pagando aquele super bônus pro CEO da empresa no BR pelos ótimos trablahos.
Vegeta humilde
Eu DUVIDO eles expandirem a área de atuação toda que ta ali naquele reles mapinha, imagina o resto de SP
Vegeta humilde
Pra quem acha que a culpa dessa atitude da yellow é culpa dos brasileiros, deem uma lida nisso aqui.https://www.bbc.com/portugu...
Marcos Soares Santos
tua mae ta dando pra um greenpeace nesse exato momento
Lucas Blassioli
Estava aqui para criticar a Yellow, afinal virei um dos usuários órfãos, mas depois de ver a SÍNDROME DE VIRA LATA GERAL vi que é melhor elogiar, afinal com vocês como usuários querendo que o serviço vá pro lixo pois no Brasil não pode, pois o brasileiro é porco, lá fora daria certo e aqui não, ah mano, vtnc.Sério, monte de pessoa "O ERRO FOI ABRIR EM SP E NO BRASIL, SE FOSSE EM NY..." ia ter a mesma coisa, como tá tendo, inclusive mesmo com todo o vandalismo eles reportam que era menos que eles queriam, mas né, se uma bike tá longe deles e precisa ser consertada entra um custo a mais, que por sinal parece que eles não querem arcar e isso que tá causando a multa.E um final para o vira latas de plantão, em Singapura fecharam um serviço por vandalismo, em Washington (EUA) também, em Madrid teve problemas, em Berlim teve... ou seja, vocês que acham que só pq é Brasil a empresa merece. Sério, parem de ser tão babacas e idiotas.
Nathan Finazzi
E isso justifica alguma coisa?
Paçaro
Mas eu ja quase fui atropelado a pé por ciclista sem noção muitas vezes. Como eu falei, tem gente sem noção por todos os lados, em todo tipo de veículo. O negócio não é proibição ou dificultar o acesso. O certo são ações educativas.O exemplo mais óbvio de que não adianta dificultar o acesso é o tanto de motorista retardado e imbecil que tem em carro e moto, que é um PESADELO conseguir a carteira. Perdi a conta de quantas vezes eu quase fui atropelado porque o FDP não deu seta.E digo mais, talvez nem ação educativa adiante simplesmente porque o povinho brasileiro é um povinho merda e mal-educado que não tá nem aí para os outros.
Meninão Bobo
Fora que os bairros onde a Yellow está restringindo só tem gente rica que tem, 2 carros, motorista, usa taxi e uber e está nem ai para yellow... nois pobre que precisa rodar a cidade com essas bike...
Meninão Bobo
Ta parecendo rodizio agora, tenho que ficar vendo onde vou deixar a bike... pior é que isso restringe muito mas muito mesmo os usuários, deixaram uma brecha para algum concorrente chegar com força... @itau manda bala!
Paquito78
Se for pensar dessa forma, ninguém poderia mais utilizar nenhum tipo de veículo para locomoção. Ou pessoas em carros tbm não atropelam outras pessoas? Generalizar nunca é bom.
Paquito78
Ambos estão errados.
Paul
É uma tristeza, mas esse é um bom resumo do nosso povo. :/
Danillo Nunes
Meudels, os comentaristas do G1 migraram pra cá, hahaha!
Renan Alves
proximo passo dar entrada em falência.Os BRs não tão adaptados a andar de bike, a cidade é cheia de morros, quem vai pegar uma bike e chegar todo suado nos locais
Nathan Finazzi
"Aí tu vai lá no Morumbi ou no Alphaville, tem isso? Não. É tudo fechado à sete chaves."Nem tem nada a ver com o Morumbi ser o bairro de SP com mais assaltos a residências segundo levantamento oficial, não é? E de onde são os assaltantes, mesmo? Só para refrescar minha memória.Ah, da periferia. Muito fácil vender essa utopia de periferia boazinha para os outros quando se sabe que não é nada disso.
Marcos Soares Santos
Aqui em Guaianazes sequer cheguei a ver a cor dessa merda. Se um dia passou alguma por aqui, com certeza foi depenada logo depois.Na frente do meu trampo na Lapa tem uma bike com as rodas e o freio todo ferrado. Já reportei mas nada acontece feijoada de sábado
Nathan Finazzi
Eu também moro em periferia e nós dois sabemos que você está sendo desonesto. Gente "merdinha" tem em qualquer nível, mas a maior aglomeração desse tipo de gente está exatamente nas periferias.
Nathan Finazzi
O que causa prejuízo é o que?!
Tiago Freitas
É tipo aquela coisa...O socialismo só dura até acabar o dinheiro; o dinheiro dos outros!Criticar a Yellow é muito fácil quando não é o seu dinheiro que está sendo investido.
Tiago Freitas
Exatamente!Vide o que se fazem até hoje com os telefones públicos.
Tiago Freitas
Eu moro na periferia da zona sul de São Paulo. O meu bairro foi um dos primeiros a serem atendidos pela Yellow. Mas as pessoas não colaboraram... Furtos, vandalismo, etc...Eu acho que nenhum louco iria querer manter um negócio desses num bairro onde você gasta muito com "manutenção" e o lucro é pífio.
Tiago Freitas
Falou tudo meu amigo.Eu já vi tudo isso que você falou aí ao vivo e a cores.O que falta é educação e zeladoria pelos equipamentos de uso coletivo.
Jonas
A empresa deveria ter começado as operações dessa forma e ir aumentando a área de atuação conforme demanda. Se considerar que a cidade de São Paulo tem cerca de 13 milhões de habitantes e a empresa só tem 2 mil bikes, uma hora essas bikes vão ficar tão afastadas que não vai atender as áreas com maior fluxo de pessoas e o recolhimento das bikes tem um custo que precisa ser considerado. Para que um serviço como esse funcione de forma eficiente e com qualidade, é preciso controle.
Daniel Ribeiro
Vc deve estar me confundindo. Tenho vários blogs, sobre motos, sobre drones, sobre defesa e armas de fogo, sobre variedades... Mas Blog de protesto eu não tenho não.Mas eu não entendi a comparação... O seu exemplo do UBRA é exatamente o que eu sugeri para o Gabriel fazer em vez de ficar reclamando na Internet.
Tiago Freitas
Eu acho que isso já está enraizado na cultura do brasileiro. O vandalismo.Eu moro num bairro de periferia na zona sul de São Paulo.No começo, para todo lugar que você olhava, lá estava uma bike da Yellow no meu bairro.Ainda há algumas. Mas bem menos agora.Eu já flagrei um babaca simplesmente chutando uma bike dessas sem motivo algum.Também já presenciei uma tentativa de furto por um garoto de aproximadamente uns 10 anos de idade.No meu bairro, na periferia, existem bastante ciclofaixas. Iniciativas como as da Yellow, são ótimas. Mas é uma pena que a gente tem pagar o saída das bikes nas periferias por causa de meia dúzia de babacas.
Daniel Ribeiro
Explica essa conta ai: Como que o roubo e vandalismo não gera prejuízo?
Jonas
A própria empresa falou que os roubos e vandalismo estavam abaixo do esperado e não estavam gerando prejuízos a empresa.
Paçaro
Aí eu concordo em número, genero e grau.
Paçaro
Eu morei por 23 anos em periferia e sei lá TENDE a ser mais bagunçado. Não que não exista pilantra malandro vagabundo em outras regiões.
Agail Sanchez
meu avo o que? realmente vc precisa capinar um lote pra parar de criar teorias da conspiração, sem a lei do desarmamento queria ver vc vir pagar de bonzão "bandidão" da quebrada é cada um viu, eu mostro o rosto pq não devo nada e vc? perfil fake pra vir cantar de galo na rede social deve ser um merda todo poderoso atras do teclado
Paçaro
Enfim, era meio óbvio que ia dar merda botar essas bicicletas pela cidade inteira. Só não vê quem não quer.
Agail Sanchez
kkkkkk olhem o nível do argumento kkkk obrigado por exemplificar o meu ponto!
Agail Sanchez
Pois é amigo não gostam mesmo! mas ai é como diz o "poema" Ema ema ema...
Agail Sanchez
quem sabe das coisas é vc né? votando no Ciro e gritando ele não né? kkkk piada
Agail Sanchez
perfeito o seu comentário amigo!
Agail Sanchez
o tom babaca que usei é pra doer msm mexer no brio, não sou dono da verdade mas estou cansado da vitimização desse povo, eu nasci e me criei na periferia, durante mais de 15 anos da minha vida acordei as 04:30 da manhã pra pegar 3 ônibus pra chegar no trabalho, e ter que ouvir mimimi de esquerdista que quer ser sustentado pelo papai estado não dá pra ficar calado
Agail Sanchez
se doeu esquerdinha? ocupação irregular quem faz é esquerdinha vagabundo que não quer pegar 3 ônibus pra sair do extremo da ZL pra trabalhar honestamente todo dia durante 30 anos, o direito individual aqui é ter trabalho pq o resto gente honesta consegue através dele e não de papai governo não
raphaela1
Quero ver subir até a Av. paulista com uma bike que nem tem marcha
Guilherme Araujo
Bem isso mesmo.
Kauã Pacheco
Praticamente não posso sair do Ibirapuera e ir à Av. Paulista com a bike.
Gustave Dupré
Em parte sim, mas na realidade acabei utilizando o 99. hahahaha
Cassio Neves
A própria sociedade é culpada disso. A poucos dias vi um vídeo de um bando de ''moradores da comunidade'' depredando varias bikes. Bando de animais, depois falam que é preconceito quando tem benefícios e serviços como esses cortados de suas áreas de habitação.E Infelizmente, muita gente boa que mora ao redor sofrem em não ter os serviços, justamente pelas atitudes destes vândalos.Tem coisa que é pra quem tem educação, e infelizmente no Brasil é minoria, por isso tem que restringir mesmo.
Daniel Ribeiro
Vai lá você então cara... Bota teu dinheiro, monta uma empresa que aluga bicicletas na periferia.Mandar com o dinheiro dos outros é fácil... Quero ver fazer isso com o seu próprio.
Gabriel Naldis
Ah claro. A Yellow é mais do mesmo na verdade... eles já sabiam que iam ter de lidar com vandalismo, aí chega na hora H, pipocam.
Alessandro
Devia ter pedido um uber
Highlander
O cara está com marca d´água do Ciro, essa galera da esquerda adora tampar os olhos para os problemas!!!
Highlander
Como eu disse em comentário, infelizmente essas coisas modernas não funcionam no Brasil, falta de educação, vandalismo, falta lei. Temos que primeiro educar e dar lei para nosso povo!!!
johndoe1981
Cuidado ao falar essas verdades, esquerdinhas caviar hipócritas, o que é até redundante, não gostam de ouvir a verdade.
Highlander
Eu sou do Rio e já vi videos de roubos e vandalismos, imaginem quem é de SP deve ver isso direto. Essas coisas infelizmente não funcionam no Brasil.
Daniel Ribeiro
Eu não tenho que achar nada... A Yellow certamente verificou isso e por isso está deixando de cobrir esses bairros.
Gabriel Naldis
Tá certo, ô entendidão.
Gabriel Naldis
E você acha que a depredação só ocorre em bairros "afastados" ? Faça-me o favor!
Gabriel Naldis
Se o senhor queria passar vergonha na internet, meus
Paçaro
Ele colocou de um jeito meio babaca mas não dá pra dizer que tá completamente errado.Se espalhar pela cidade toda, vai dar merda. Nesses bairros mais pobres/periféricos as coisas tendem a ser mais esculachadas. As bicicletas provavelmente são depredadas ou somem nos bairros mais pobres com muito mais frequência do que nos mais ricos. Aí a empresa tem duas opções. Diminui a área de cobertura para atender apenas áreas mais "seguras" ou deixa como tava e aumenta a tarifa pra compensar os gastos decorrentes desse problemas. Por não ser um serviço tão popular antigo no mercado, acredito que a segunda opção não seja tão boa de um ponto de vista de mercado.Edit: falo isso porque sai um bairro periférico e famoso por ser meio merda pra um de classe alta aqui na minha cidade. Não sou especialista mas conheço os dois lados da moeda.
Marcos Soares Santos
Se não é pra vir trazer algo útil, então nem loga pra comentar cara
Marcos Soares Santos
Vai toma no cu, na moral, vo desinstalar.Instalei justamente por ter a cobertura que a bike sampa não tem, ai eles dão dessa? Meu pau ó 8====D
Paçaro
Não é brinquedo. Boa parte das cidades mais evoluídas do mundo estão tentando convencer as pessoas a usar mais bicicletas. Eu mesmo uso bicicleta diariamente pra ir trabalhar. Claro que tem muito ciclista sem noção babaca, assim como motoristas e pedestres,Essa tua ideia ai vai contra a maior parte do mundo. Sem falar que se alguem aplicasse isso que você falou muito ciclista ia trocar a bike por moto e carro devido à burocracia, aí o transito ficaria ainda pior.
Peterson Alan
Foda, baixei o app HOJE pq tem 3 bikes paradas a mais de 1 semana aqui perto do serviço e me mandam essa. Pior, no trabalho fico há uns 500 m da área de atuação, mas minha casa fica na outra direção
Agail Sanchez
Os socialistas de iphone adoram criticar as empresas por serem "eletistas" e desconectadas com as mazelas da sociedade, mas se calam e não veem os "desfavorecidos" agindo como animais e depredando o patrimônio privado, no lindo mundo do socialismo só temos direitos né? responsabilidade nunca! ah façam-me o favor de ir lavar uma louça ou capinar um lote!
Jeffrey Sinclair | ᴳᶤᶻᴾʳᵉᵐᶤᵘᵐ
Ué, mas a proposta da empresa não era justamente essa, de você usar a bicicleta e largar ela pela cidade, deste modo facilitando que outras pessoas utilizem a mesma, mesmo ela estando fora dos pontos de distribuição?Resumindo então a proposta revolucionária virou uma proposta igual a dos outros concorrentes onde você pega a bicicleta e tem que entregar em pontos específicos.
Lucas Carvalho
Mas o objetivos deles é exatamente esse: desencorajar essa ação. Não é o preço de um serviço que eles prestam, é uma MULTA.
Luís Carlos Soares
"Algumas pessoas foram além. É possível encontrar bikes da Yellow em bairros mais afastados do centro; segundo a Folha, há quem vá de bicicleta entre um terminal de ônibus e o local de trabalho. Elas também estão presentes em cidades da região metropolitana, como Guarulhos, Carapicuíba e Embu das Artes.", se for para pagar R$30 de multa por ter deixado a bike em uma área que eles não atuam é melhor comprar uma bike para si mesmo
Daniel Ribeiro
Se fosse eu no lugar da Yellow, nem mesmo começaria a operar esse modelo de negócio no Brasil... Aqui existe uma áurea que faz com que qualquer coisa que dependa de confiança, bom senso e honestidade não funcione. Simplesmente não dá. Aqui é cada um por si mesmo e danem-se os outros.Cobrar que a Yellow mantenha as bicicletas pode... Mas se ela repentinamente resolver mudar a área de cobertura dela para evitar as regiões onde as bicicletas são depredadas, não pode.O Brasil não é para amadores.
Hugo Piovesan
tá falando sério? o.o
Carl B
🤬
Vitor Luis
Vamos ao histórico da empresa:- Falou que ia lançar em um dia e só lançou no outro;- Maioria das bikes aparecem no app como "Manutenção Programada";- Multa de R$ 30 se você parar em locais que antes eram permitidos em um serviço que queria "democratizar" o transporte!Não sei se o maior problema deles é de fato o vandalismo...
Gustave Dupré
Me deparei ontem com isso. Sai do trabalho 1 hora da manha e pensei porque não? Ai abro app e vejo que a minha região não é mais permitido. Acabei dormindo na rua, quem nunca?
Gabriel Naldis
Tava bom demais pra ser verdade, né? Ficam aí com esse papo furado de "democratizar" a mobilidade na cidade e a restringe para bairros "elitizados". PIADA!