Início » Celular » Novo iPad Pro dos EUA não funciona com uma das frequências do 4G brasileiro

Novo iPad Pro dos EUA não funciona com uma das frequências do 4G brasileiro

Modelo americano é diferente do que será vendido no Brasil; novos iPhones têm a mesma incompatibilidade

Paulo Higa Por

A nova geração do iPad Pro terá preços altos no Brasil, começando em R$ 7.999 para a versão de 11 polegadas com 4G e R$ 9.599 para quem optar pela tela de 12,9 polegadas. Se você estiver pensando em comprar o tablet com conexão celular no exterior, é melhor evitar o modelo dos Estados Unidos: ele não é compatível com uma das frequências do 4G brasileiro.

iPad Pro

A incompatibilidade foi notada pelo MacMagazine e é a mesma dos novos iPhones: tanto o iPad Pro de 11 polegadas (A2013) quanto o de 12,9 polegadas (A2014) vendidos no mercado americano não têm suporte para a banda 28 do LTE, equivalente à frequência de 700 MHz APT.

Na prática, isso significa que ainda será possível acessar o 4G brasileiro com um iPad Pro americano, mas com uma cobertura inferior, somente nas frequências de 2.100 MHz (banda 1), 1.800 MHz (banda 3) e 2.600 MHz (banda 7).

Por se tratar de uma frequência menor, o 4G de 700 MHz tem um alcance maior, o que melhora a qualidade de sinal, principalmente em ambientes fechados. Além disso, em algumas cidades do interior, diversas operadoras implementaram o 4G apenas na frequência de 700 MHz. Nesses municípios, o tablet americano se limitaria às conexões 2G e 3G, além do Wi-Fi.

Qual iPad Pro funciona totalmente com o 4G brasileiro

Os modelos que serão vendidos oficialmente no Brasil serão o A1934 (11 polegadas) e o A1895 (12,9 polegadas). Esta página da Apple lista as operadoras TIM e Vivo como parceiras, mas os tablets funcionam em todas as redes brasileiras.

Essas variantes serão comercializadas também na Europa, em países como Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Países Baixos, Portugal, Reino Unido, Suécia e Suíça. Na Austrália, Chile, Japão, México e Nova Zelândia, os iPads Pro com conexão celular também serão totalmente compatíveis com o 4G nacional.

Vale lembrar que o novo iPad Pro é caro em todo o mundo. No Brasil, as versões com 4G custam até R$ 13.999 para a versão de 11 polegadas e R$ 15.599 para a de 12,9 polegadas. Na França, por exemplo, esses preços chegam a 1.899 euros (R$ 8.037 em conversão direta, sem considerar o IOF e o ágio cambial do cartão de crédito) e 2.119 euros (R$ 8.968), respectivamente.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

wieteadic25

Wana have fun with a sweεt girl?😏
My whatsApp +4-850-861-85-37 😘





Message id:3389225

metremplump1997

Loоking for sеxting
https://www.google.com/#btn...
Add me, my id 591967

@Sckillfer

Nos Androids esse incompatibilidade tá basicamente em todos os aparelhos

Trovalds

É, eu sou burro em responder comentário burro.

MicCaptchA

Ninguém editou comentário nenhum. O que aconteceu é que você não prestou atenção quando leu pela primeira vez.

Trovalds

Editar o comentário depois pra se salvar é feio.

MicCaptchA

Impressionante. Sequer leu meu comentário e está falando besteira.

MicCaptchA

Gzuis digo eu, pois em nenhum momento eu disse defeito, disse "problema" entre aspas justamente pelo fato de não ser um problema real, como você mesmo destacou. E sim algo para criar um motivo e vender alguma coisa a mais para essas regiões, visto o crescente aumento de preços aqui no Brasil.

MicCaptchA

Esse entendeu

MicCaptchA

Não disse que era defeito, disse que era "problema" entre aspas, quis dizer que era um problema para os usuários, e que a empresa iria resolver isso com algum gadget a mais.

Hemerson Silva

Gzuis kkkkkkkkkkkk não leu a matéria pelo visto kkkk isso não é defeito não hahahaha é apenas travas regionais para determinadas frequências (sim, travas, assim como acontece nos chipsets da Qualcomm que tem todas ou quase todas as bandas, mas a fabricante limita as mesmas dependendo da região de venda).

Gilson Serra

Impressionante. Sequer leu a matéria e está falando besteira.

Cristina Nascimento

E eu feliz da vida com meu guerreiro Nexus 10. Troquei a bateria do bixin, tá como novo..

Cristina Nascimento

Não tem pra onde correr, tá caro em todo canto do mundo..

tuneman

isso não é defeito. cada pais possui uma frequencia de operação de 4G...., em muitos outros lugares o novo iPad também não vai funcionar.

Exibir mais comentários