Início » Celular » App Store chinesa remove 700 aplicativos por liberarem atualizações sem permissão

App Store chinesa remove 700 aplicativos por liberarem atualizações sem permissão

Para contornarem regras, aplicativos ofereciam novas versões por fora da loja da Apple

Victor Hugo Silva Por

A App Store chinesa é uma das principais fontes de receita da Apple com aplicativos, mas costuma dar bastante trabalho. Nesta semana, a empresa removeu mais de 700 aplicativos por violarem as regras de sua plataforma.

Segundo o Telegraph, os aplicativos foram removidos porque violaram as normas para atualizações. Os desenvolvedores precisam da permissão da App Store para liberar qualquer novas versão de seus serviços.

App Store

As atualizações nos apps, seja por novos recursos ou correções de segurança, precisam ser baixadas na loja da Apple. Para contornar as exigências, algumas companhias passaram a oferecer novas versões fora da plataforma.

Entre elas, estão as chinesas Sogou, uma equivalente do Google, e Pinduoduo, uma plataforma de e-commerce. A Apple já havia alertado as empresas há dois anos, mas só agora elas foram removidas da App Store.

Segundo a Macquarie Research, a China contribuiu, em 2017, com quase 40% da receita global da Apple com aplicativos. O banimento de 700 apps é apenas mais uma ação da empresa de manter o controle sobre sua loja.

Em agosto, cerca de 25 mil aplicativos de apostas foram removidos por violarem as regras do governo chinês. Anteriormente, apps como VPNs, que permitiam burlar os controles do governo, também saíram da loja.

Ao mesmo tempo em que mantém seu controle sobre desenvolvedores, a App Store precisa atender às demandas do governo chinês. Sem a Play Store, a loja de aplicativos da Apple é a única estrangeira em atividade no país.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Naum Tenho

Apple, samsung, entre outras: Vou lá, pago X num aparelho q faz exatamente aquilo q me venderam, se eu enxerguei o valor X no preço X q eles me pediram, OK houve "match", eu concordei em pagar

Governo: Desconta do seu holerite e em tudo o q vc consome, MAS, quando vc precisa de médico, precisa ter plano de saúde ou ir particular, sem choro. Quando precisa de segurança pública, a policia é ineficaz, faz corpo mole e é boa somente em aplicar multas de transito. Quando precisa de escola para os filhos, tem q ir particular pois as publicas já eram - salvo raras exceções. Nesse caso não houve troca, houve roubo mesmo.

Dayman Novaes

Sim, exatamente, um wrapper é proibido.

No caso, o App do Facebook para iOS não é um wrapper para o site. O App só sofre algum tipo de alteração (por exemplo, começar a tocar áudio dos vídeos automaticamente) quando este é atualizado através da App Store.

johndoe1981

Uma empresa pika como a Apple e governo chinês, os dois a 80 km/h, quem controla mais os usuários?

@Sckillfer

Sim, isso eu entendo, mas sendo assim um wrapper pro Facebook por exemplo é proibido então? Porque o Fb sempre tá mudando o site e consequentemente os wrappers tão atualizando por fora...

Heitor Costa

Apple é um lixo, nunca foi sinonimo de qualidade. O MAC é tão lixo quanto um Positivo das Casas Bahia, eles te vendem um OS bem configurado apenas e enganam as pessoas gados que seguem o que outros falam, mas nunca sequer buscaram ou testaram a veracidade do que falam.

MicCaptchA

Sua frase iria fazer sentido se a Apple apenas redirecionasse as doações. Mas ela fabrica produtos, que são comprados, e com o dinheiro gerado ela fez a doação. Logo, quem doou, foi ela. Se os produtos valem ou não o preço, é outra questão.Tudo na vida se baseia em você abrir mão de algo para receber algo...

Naum Tenho

Fazendo por merecer meu dinheiro, foda-se se ela só pensa nisso. O duro é o governo q trabalha "a meia" com vc e não te da nada em troca.

Dayman Novaes

Não, é quando o próprio aplicativo tem um mecanismo de auto-atualização e ele mesmo baixa de seu próprio servidor, ao invés de enviar a atualização para a Apple, e o seu celular baixar do servidor da Apple.

É difícil de entender sem saber um pouco de programação. Mas pense nas extensões do Chrome. Elas também só podem ser atualizadas oficialmente através da Chrome Store. Porém uma extensão nada mais é que um código Javascript e um código HTML, que é exatamente como os sites funcionam (Tecnoblog, Facebook, etc.).

Quando você digita tecnoblog.net e facebook.com no seu navegador, você está se conectando ao servidor deles e baixando esses arquivos Javascript e HTML. Se eles atualizam esses arquivos, na próxima vez que você entrar nesse site, você vai ter uma nova versão do site. É a mesma coisa com os aplicativos.

@Sckillfer

Como que atualiza por fora da appstore? O app exige jailbreak? 🤔

Franco Luiz

Até tu apple

Jairo ☠️

É Tim Cook , tem arriar as calças para os chineses ........ou não vende.