Início » Brasil » Glovo, concorrente do iFood e Uber Eats, encerra operações no Brasil

Glovo, concorrente do iFood e Uber Eats, encerra operações no Brasil

Glovo diz que Brasil é "extremamente competitivo"; serviço de delivery continuará em outros países da América Latina

Felipe Ventura Por
40 semanas atrás

A Glovo, empresa que faz delivery de comida e entrega de produtos em geral, está encerrando suas atividades no Brasil. A startup espanhola — que concorre com iFood, Rappi e Uber Eats — vai interromper seus serviços no próximo domingo (3), dizendo que "o mercado brasileiro é extremamente competitivo". Ela continuará atuando em outros países da América Latina, Europa, Oriente Médio e África.

Em um e-mail enviado aos entregadores e obtido pelo Tecnoblog, a Glovo avisa que o aplicativo vai funcionar no Brasil até o dia 3 de março às 23h59. Os Glovers "receberão os repasses devidos" e ainda terão acesso aos centros de atendimento da empresa para sanar quaisquer dúvidas.

A empresa diz no e-mail que "o mercado brasileiro é extremamente competitivo", e que decidiu concentrar seus esforços em outros países "após analisarmos todo o cenário local".

A Glovo começou a operar no Brasil em março de 2018, inicialmente em alguns bairros de São Paulo e Rio de Janeiro. Atualmente, ela também está presente no ABC Paulista, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Guarujá, Niterói, Praia Grande, Porto Alegre, Recife, Salvador e Santos.

Ela atua no mercado de "multidelivery on-demand", ou seja, faz entrega de todo tipo de coisa: pedidos de restaurante, compras de mercado, itens de farmácia, objetos de uma pessoa para outra, e assim vai. A operação no Brasil é uma joint venture com a Cabify.

Em janeiro, a empresa lançou o serviço Glovo Prime, que cobra R$ 16,90 mensais para entregas grátis ilimitadas em pedidos acima de R$ 30. É algo semelhante ao Rappi Prime e ao iFood Plus (ainda em testes). Ela previa chegar a 50 cidades no Brasil este ano, tornando-o seu principal mercado em número de pedidos.

A Glovo foi fundada em 2015 na Espanha e atua em vários outros países, incluindo Portugal, França, Itália, Turquia, Ucrânia, Quênia, Chile e Argentina. Ela vai manter suas operações fora do Brasil.

Glovo vai se concentrar em outros países da América Latina

Em comunicado enviado ao Tecnoblog, a Glovo explica em detalhes por que decidiu sair do país:

A Glovo decidiu encerrar as operações no Brasil e sair do mercado já nos próximos dias. O objetivo é concentrar recursos em outros nichos da América Latina, Europa, Oriente Médio e África, onde a empresa está alcançando uma participação de mercado significativa e gerando valor.

Depois de 12 meses, percebemos que o Brasil é um mercado extremamente competitivo e que, para obter o sucesso que planejamos originalmente, precisaríamos de mais investimento e tempo para penetrar, liderar e alcançar rentabilidade. Esta é a razão pela qual decidimos nos concentrar nos outros mercados da América Latina, onde há demanda no crescimento dos serviços da Glovo e podemos colher melhores resultados para os nossos parceiros, entregadores e companhia.

Como um dos principais serviços de entrega sob demanda e que mais cresce no mundo, agora em 21 países e em mais de 100 cidades, nós continuamos a enxergar um forte avanço global, e expandimos para uma nova cidade a cada quatro dias, o que nos torna o aplicativo preferido para entrega de tudo na maioria das cidades onde servimos.

Em nossa saída programada, todos os compromissos com usuários, parceiros e entregadores serão honrados.

Brasil é "extremamente competitivo", diz Glovo em e-mail

Este é o e-mail enviado aos entregadores, ou Glovers:

Encerramento da Operação da Glovo no Brasil

Prezado [nome],

Através deste e-mail gostaríamos de comunicar que encerraremos as operações no Brasil. O mercado Brasileiro é extremamente competitivo, e após analisarmos todo o cenário local, entendemos que neste momento faz mais sentido direcionarmos nossos esforços em outros mercados.

O funcionamento do aplicativo, bem como os slots permanecerão ativos até domingo, dia 03 de Março às 23:59. Por este motivo, não teremos abertura de slots para as próximas semanas.

Todos os Glovers receberão os repasses devidos conforme nossos Termos e Condições, bem como manteremos nossos atendimentos nos Glovers Centers de sua cidade, para sanarmos dúvidas e preocupações.

Gostaríamos de agradecer por colaborarem com a Glovo durante estes 12 meses, sem vocês nada disso teria sido possível.

Sem mais,

Glovo Brasil

Mais sobre: , ,