Rappi

Artigos de Rappi

Como pedir delivery do Rappi pelo Google

às 13h27 por

Novas funções adicionadas pela Google fazem integração entre plataformas de delivery. Veja como pedir delivery do Rappi pelo Google, seja pela busca ou através do Maps.O serviço não necessita de download ou cadastro em outros aplicativos, toda a transação acontece através do Google com pagamento com um cartão cadastrado no Google Play. Como pedir para outra pessoa ou endereço no iFood, Rappi e Uber Eats?

Google permite pedir delivery da Rappi direto no Maps e busca

às 11h43 por

O Google vem adicionando alguns serviços à busca e ao Maps, como reservar mesa em um restaurante ou comprar ingresso de cinema. Nestes tempos de pandemia, em que a recomendação é ficar em casa, a empresa decidiu integrar pedidos de delivery: você pode comprar seu almoço ou jantar via Rappi, Delivery Center e Onyo sem fazer novo cadastro e sem baixar outro app.

Entregadores recebem multas após ato contra apps de delivery

às 17h02 por

A manifestação do dia 14 de julho contra empresas como iFood, Rappi e Uber Eats resultou em multas de quase R$ 6 mil para alguns entregadores. O SindimotoSP (Sindicato dos Mensageiros, Motociclistas, Ciclistas e Mototaxistas do Estado de São Paulo) foi informado sobre casos de ao menos quatro motociclistas que foram autuados pela Polícia Militar enquanto participavam do ato. iFood é multado em R$ 2,5 milhões por “golpe do entregador”

Golpe do entregador causou R$ 600 mil em prejuízo, diz Procon-SP

às 17h24 por

A Fundação Procon-SP registrou 125 denúncias sobre o golpe do delivery: o entregador diz que precisa cobrar uma taxa extra em uma maquininha com o visor quebrado, mas acaba roubando uma quantia enorme do cliente. Segundo a instituição, isso causou um prejuízo de quase R$ 600 mil em valores debitados de forma indevida. iFood e Rappi apontam como o usuário deve proceder.

Rappi vai oferecer jogos, lives e streaming de música

às 11h25 por

A Rappi não quer ser lembrada apenas como uma plataforma de entregas sob demanda. Nesta quarta-feira (8), a companhia anunciou um pacote de serviços digitais para entretenimento: o Rappi Entertainment vai oferecer jogos casuais, eventos ao vivo (lives) e até um serviço de streaming de música. Como entregadores e apps de delivery trabalharam para manter você em casa

Greve de entregadores de iFood, Rappi e Uber Eats pede reajuste e EPIs

às 14h32 por

Os entregadores de aplicativos como iFood, Rappi, Uber Eats e Loggi organizam nesta quarta-feira (1º) uma paralisação para reivindicar melhores condições de trabalho e reajustes em seus pagamentos. O movimento, conhecido como breque dos apps, defende que trabalhadores desliguem os aplicativos e conta com atos presenciais em vários pontos do país. Como entregadores e apps de delivery trabalharam para manter você em casa

Projeto de lei em SP quer obrigar placa vermelha a entregadores de aplicativos

às 14h53 por

Um projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo pode obrigar entregadores de aplicativos como iFood, Rappi, Uber Eats e Loggi a se adequarem às regras previstas para motofretistas. Uma das mudanças seria a exigência de que as motos tenham a placa vermelha, válida para veículos de transporte pago. A proposta pode ter sua primeira votação nesta quarta-feira (17). Uber Eats terá taxa para receber delivery mais rápido

Vivo Selfie é lançado com assinatura de Netflix, Spotify ou Rappi Prime

às 13h24 por

A Vivo iniciou a comercialização do pós-pago Vivo Selfie: os novos planos incluem assinatura da Netflix, Rappi Prime ou Spotify Premium, além de 25 GB de internet e 25 GB de franquia exclusiva para esses serviços, custando até R$ 164,99 por mês. Os clientes terão WhatsApp sem descontar do pacote, além de diárias ilimitadas de roaming internacional nas Américas. Comparamos as novas ofertas com os planos vendidos pela Claro, TIM e Oi. V

Cade alerta contra projeto que reduz taxa de apps como Uber e iFood

às 11h57 por

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) demonstrou preocupação com a proposta de reduzir taxas de aplicativos de transporte e delivery durante a pandemia do novo coronavírus. A mudança está presente no projeto de lei 1179/2020, que aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro, e poderá afetar plataformas como Uber, 99, Cabify, iFood, Uber Eats e Rapp

Carregar mais posts