Rappi

Artigos de Rappi

Patinetes Yellow e Rappi podem ser desbloqueados no app Grin

às 09h52 por

Se você encontrar um patinete elétrico da Yellow ou Rappi na rua, pode desbloqueá-lo através do app da Grin: a novidade foi anunciada nesta quinta-feira (20) e torna um pouco menos confuso o uso desse tipo de micromobilidade. Os veículos estão disponíveis em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Yellow e Grin: quadrilha furtava patinetes em São Paulo para revender na internet

Restaurantes apontam dificuldades com iFood, Rappi e Uber Eats

às 12h59 por

O delivery por aplicativo disparou no Brasil ao longo dos últimos anos, puxando o crescimento do iFood, Uber Eats e Rappi: alguns empresários até criam dark kitchens com cozinhas pensadas apenas para entrega de comida. Cada vez mais restaurantes se cadastram nessas plataformas; no entanto, o relacionamento entre eles nem sempre é positivo: há queixas sobre margens de lucro baixas, falta de transparência e até acusações de dumping. Como avaliar um pedido no iFood

Yellow e Grin encerram aluguel de patinete em 14 cidades e retiram bicicletas

às 15h14 por

Os patinetes elétricos da Grin e Yellow deixarão de circular nas ruas de 14 cidades brasileiras; os veículos poderão ser encontrados apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Isso vale inclusive para patinetes que adotaram a marca Rappi. Enquanto isso, todas as bicicletas foram retiradas de circulação temporariamente para um "ajuste operacional". Lime, concorrente

Rappi, concorrente do iFood, é processada por suposto roubo de segredos comerciais

às 12h54 por

Simón Borrero, CEO e cofundador da Rappi, é acusado de roubar segredos comerciais para desenvolver o aplicativo de entregas que concorre com iFood e Uber Eats; três empresários colombianos abriram um processo judicial em São Francisco (EUA). A empresa diz que as alegações são "objetivamente incorretas". Ela recentemente demitiu 6% dos funcionários na América Latina, incluindo 150 no Brasil.

Rappi demite 150 funcionários no Brasil em meio a concorrência com iFood

às 12h41 por

A Rappi, dona do conhecido aplicativo de entregas, vai demitir 6% de seus funcionários na América Latina como parte de uma reestruturação para focar nas divisões de tecnologia e experiência do usuário. Cerca de 150 empregados serão dispensados no Brasil, onde o iFood acirrou a disputa por clientes e restaurantes nos últimos meses. Como cancelar pedido na Rappi Como usar RappiCréd

App de entregas Glovo foi usado para transportar drogas na Argentina

às 11h19 por

Serviços como Glovo e Rappi afirmam entregar qualquer coisa, mas há itens que não podem ser transportados por motivos óbvios. Ou pelo menos deveria ser assim: na Argentina, trabalhadores vinculados a essas plataformas têm se queixado de pedidos que envolvem entrega de drogas. Glovo, concorrente do iFood e Uber Eats, encerra operações no Brasil Como cancelar pedido no Rappi

Grin encerra app da Yellow e leva aluguel de patinete para Rappi

às 16h17 por

O aplicativo da Yellow para iPhone e Android foi encerrado: daqui em diante, será necessário acessar o app da Grin para alugar bicicletas e patinetes verdes, e o app da Rappi para desbloquear os patinetes amarelos. Essa mudança pode ser ligeiramente confusa, mas é temporária: no futuro, será possível utilizar todos os patinetes elétricos através da Grin. Os usuários estão sendo avisados via notificação e e-mail.

Rappi e Uber se isentam de morte de entregador em resposta ao Procon-SP

às 10h17 por

A Fundação Procon-SP notificou a Rappi e a Uber após a morte de um entregador na cidade de São Paulo: o motoboy teve um AVC (acidente vascular cerebral), o atendimento de emergência não enviou uma ambulância após ser contatado, e um motorista da Uber se recusou a levá-lo ao hospital. As empresas negam responsabilidade dizendo que prestam serviços aos motoristas e entregadores, não o contrário.

Como cancelar pedido no Rappi

às 11h05 por

O Rappi, o serviço de compras e entregas online permite cancelar um pedido, embora o processo não seja lá muito simples. Veja a seguir como funciona o sistema de reembolso e aprenda como cancelar um pedido no Rappi usando o próprio aplicativo. Como usar RappiCréditos para pagar pedidos e fretes

SP quer que iFood e Rappi mudem pagamento a motoboys para reduzir acidentes

às 18h54 por

A prefeitura de São Paulo está conversando com empresas de entrega por aplicativo para mudar a forma de remuneração dos motoboys: eles ganham por entrega, o que é proibido por lei federal e provoca aumento no número de mortes no trânsito. Na capital paulista, o número de acidentes fatais com motociclistas aumentou em 2018, especialmente entre motofretistas. A mudança deve afetar empresas como iFood, Loggi, Rappi e Uber Eats.

Carregar mais posts