Portugal

Artigos de Portugal

Oi e Portugal Telecom se fundem para criar gigante das telecomunicações

às 09h04 por

Já era esperado e foi oficializado na calada da noite. A operadora brasileira Oi e a operadora portuguesa Portugal Telecom (PT) assinaram um memorando de entendimento que na prática sinaliza para a fusão entre as duas companhias, criando uma gigante multinacional das telecomunicações. A intenção é de criar a CorpCo, uma holding que concentrará tanto as operação da Oi quanto da PT. O comunicado divulgado pela Oi informa que a sede da CorpCo será no Brasil. Ele também estabelece a continuidade das marcas comerciais Oi e PT Telecom nos respectivos mer

Ministério Público português: é impossível localizar os pirateiros

às 17h36 por

O Ministério Público de Portugal encaminhou despacho à associação das indústrias de conteúdo (ACAPOR) daquele país, do outro lado do Atlântico, no qual afirma que o download de conteúdos sem que se tenha pagado por eles não é crime. O MP português vai além: assume que não é possível do ponto de vista prático localizar os pirateiros para que eles enfrentem as ações judiciais movidas pela indústria de conteúdo. A investigação movida pelo órgão chega à conclusão que, do ponto de vista legal, internautas estão em seu pleno direito de fa

Oi vende portal iG para grupo português

às 15h00 por

Acabou-se a especulação em torno do futuro do iG. O quinto maior portal brasileiro foi vendido nesta quarta-feira por uma quantia não revelada. A Oi repassa as divisões de produção de conteúdo e de venda de publicidade do iG para o grupo português, detentor de uma série de empresas de comunicação em Língua Portuguesa. O Ongoing é o segundo maior acionista individual da Portugal Telecom, companhia que se tornou acionista da brasileira Oi e atualmente detém 23,26% das ações da operadora. Reza a

Vai e vem no comando das operadoras: quem ganha e quem perde

às 16h42 por

Nas últimas semanas, assistimos a tensa disputa da Telefónica pela parte da Vivo controlada pela Portugal Telecom. Depois de muito vai-e-vem e até troca de acusações (o presidente da PT acusou a Telefónica de chantagem), finalmente o negócio foi fechado. A Vivo, até então dividida meio a meio entre as duas gigantes, passa definitivamente para as mãos dos espanhóis. Do outro lado, os portugueses compraram 23% na Oi. Que também passou por um (vergonhoso) troca-troca recentemente, e hoje incorpora Telemar e Brasil Telecom. E a Oi está comprando 10% de participação na PT. Que

Portugueses compram quase 23% da Oi

às 15h44 por

O mercado de telecomunicações anda agitado nos últimos dias. Depois de meses muitos rumores, propostas bilionárias negadas e aumento no valor oferecido, os espanhóis da Telefónica - a matriz, dona da Telefônica do Brasil - conseguiram comprar a participação da PT Telecom na Vivo. Agora chegou a vez dos portugueses agirem. A Portugal Telecom já infor

Telefónica da Espanha compra Vivo

às 01h46 por

Depois de vários meses de negociações, a Telefónica da Espanha vai finalmente comprar a participação da operadora portuguesa PT Telecom na Vivo. Segundo o jornal El País, a Telefónica vai pagar 7,5 bilhões de euros (equivalente a R$ 17,2 bilhões) para poder controlar a Vivo em sua totalidade. A operadora de celular é considerada a maior do segmento de telefonia celular do Brasil. A PT quer usar o dinheiro do negócio para comprar participação de outra operadora também brasileira: a Oi. |

Lembre o que levar na bagagem da próxima viagem

às 20h24 por

Vez ou outra, todos nós precisamos pensar no que carregar conosco porque uma viagem apareceu. Pode ser viagem de férias, a negócios ou para visitar algum parente adoentado, o que importa é que, fora aquelas pessoas que pegam ponte-aérea constantemente, acabamos ficando perdidos sobre o que levar na bagagem. Ainda bem que um desenvolvedor web percebeu essa dificuldade e criou um site muito bacana que ajuda na hora de se organizar para a viagem. O Vacations Checklist contém uma série de listinhas com tudo

Brasil e o complexo de vira-lata

às 15h56 por

As empresas, seja qual for o ramo, precisam entender que, com a internet, não existem mais fronteiras geográficas. Precisam entender que os brasileiros acompanham lançamentos mundiais e também gostam de receber as novidades no país. Contudo, o que vemos são

Telefônica da Espanha desiste de comprar Vivo

às 13h26 por

A Telefónica da Espanha informou no sábado que a oferta para comprar a participação da Portugal Telecom na operadora brasileira Vivo foi extinta. Para os espanhóis, a recusa dos português a uma oferta de 7,15 bilhões de euros (equivalente a R$ 16,4 bilhões) motivou o fim da negociação. Cabe lembrar que o governo federal português foi decisivo na hora de dizer não à Telefónica. As ações da Vivo são divididas entre a PT Telecom e a Telefónica.

Cabo submarino faz internet chegar mais rápida na África

às 17h40 por

Foi concluída a instalação de um cabo submarino que vai permitir que moradores do Oeste da África tenham um acesso à internet de maior qualidade. O cabo vai sair de Portugal e chegar à Nigéria e a Gana, mas também vai permitir que Costa do Marfim, Ilhas Canárias, Marrocos e Senegal aproveitem uma internet melhorzinha. Esse cabo novo é 10 vezes mais potente que um cabo submarino já instalado na África, e 20 vezes mais potente que toda a capacidade de transmissão dos satélites da África subsaariana. |

Governo português proíbe venda da Vivo

às 15h17 por

A Telefónica da Espanha fez nova oferta pela fatia da Vivo brasileira controlada pela PT Telecom: nada menos que 7,15 bilhões de euros, equivalente a R$ 15 bilhões. No entanto, o governo português proibiu a venda em assembleia que aconteceu nessa quarta-feira. A venda foi aprovada por mais de 70% dos acionistas da PT Telecom, mas não poderá acontecer porque o Estado português tem o golden share, com poder decisório maior que os acionistas comuns. Enquanto isso, a Vivo continua sendo parte espanhola, parte portuguesa. [

Google proibido de fornecer Street View na Suíça

às 14h49 por

O Google planeja lançar o Street View, serviço que permite visualizar imagens reais das ruas de uma determinada localidade, na Suíça, em Portugal e em Taiwan nos próximos dias. Mas o plano da empresa pode estar comprometido, pois ela foi proibida de oferecer o serviço no país famoso por seus canivetes. Haspeter Thür, espécie de procurador responsável pela Proteção de Dados Federais e Informações, acusa o Google de não ter criado mecanismos para proteger a privacidade dos cidadãos do país ao oferecer o Street Views na localidade. O órgão que Thür dirige criou uma página n

Carregar mais posts