Início » Celular » iPhones com baterias de terceiros agora poderão ser consertados pela Apple

iPhones com baterias de terceiros agora poderão ser consertados pela Apple

A partir de agora telas e baterias de terceiros podem ser reparados pela Apple.

André Fogaça Por

A Apple começou a autorizar que suas próprias lojas realizem reparos em iPhones que contam com baterias instaladas por terceiros. A mudança é inédita e também vale para o serviço feito pela assistência técnica autorizada pela empresa da maçã.

A informação vem diretamente de documentos internos da Apple, que até então deixavam claro que se a bateria não fosse original da empresa, o serviço de reparo era negado ao usuário. Com a nova diretriz, um funcionário pode substituir a bateria por uma original ou realizar pequenos reparos, pelo preço fixado para a troca do componente.

Atualmente a Apple cobra R$ 449 para a troca da bateria dos iPhones X, XS, XS Max e XR. Para os iPhones anteriores o valor é de até R$ 329, já fora da promoção que acabou no final do ano passado e que derrubou o preço para RF$ 149. Dentro da garantia de 12 meses a troca da bateria é feita sem qualquer custo para o usuário.

A única recomendação que é feita é para que a bateria seja drenada para 60% da carga - certamente por motivos de segurança. Mesmo com o aceite para baterias de outras marcas, a Apple ainda permite que o técnico recuse reparo se a placa lógica, microfone, conector Lightning, entrada para fones de ouvido, botões de volume ou outros componentes não forem da própria marca do iPhone.

Desde 2017 o reparo de iPhones com telas genéricas também foi liberado. A mudança pode ser aplicada em todos os países onde a Apple mantém ao menos seu serviço de assistência técnica autorizada.

Com informações: MacRumors.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Douglas Rodrigues
Falha minha, se for relacionado ao nivel de carga, você está correto.
Maxnoob
Na realidade a Apple não fabrica nada do iPhone
Marcos
A matéria fala em esgotar a bateria até 60% de carga antes de fazer o reparo, não fala nada sobre qual a capacidade mínima tolerada.
Renan Araújo
Eu não sabia que tinha era placa mãe sendo fabricada por outras empresas
vi.22
A assistência Apple do Brasil e uma vergonha, tive um problema com um iPhone x na garantia e me enrolaram o.maximo.q puderam, recorri a Apple via 0800 e nada foi feito, comuniquei pelo reclame aqui e apenas me enrolaram mais um pouco para que a garantia vendesse, mandei p mesmo aparelho pros EUA e foi trocado na hora sem qualquer dificuldade, o que acaba comprovando que eu não estava errado....
Douglas Rodrigues
Materia muito boa, mas na verdade uma correção:A bateria é considerada consumida a partir de 80%, a troca pode ser feita a partir disso.https://www.apple.com/br/ba...
Trovalds
Bom, não sei a quantas anda a "tabela de preços" de reparo da Apple pra todos os modelos mas recentemente substituí a bateria de um 5S que minha filha "herdou" do avô e cobraram R$ 189. A empresa pelo menos anunciava que era assistência autorizada da Apple.
Trovalds
Existe a que a Apple aprova (que até onde sei não é ela quem fabrica propriamente) e as paralelas que podem ou não ter a mesma qualidade.
Jefferson Rodrigues
Nao sabia que existia bateria para iPhone fabricada por outra empresa.
DeadPull
Capitalismo selvagem. Em um mundo tão concorrido, não dá pra ficar com frescura, principalmente em tempos ruins, senão a concorrência engole.
Jairo ☠️
Nossa , é só o faturamento cair e eles abrem as pernas.