Início » Celular » iPhones com baterias de terceiros agora poderão ser consertados pela Apple

iPhones com baterias de terceiros agora poderão ser consertados pela Apple

A partir de agora telas e baterias de terceiros podem ser reparados pela Apple.

Por
24 semanas atrás

A Apple começou a autorizar que suas próprias lojas realizem reparos em iPhones que contam com baterias instaladas por terceiros. A mudança é inédita e também vale para o serviço feito pela assistência técnica autorizada pela empresa da maçã.

A informação vem diretamente de documentos internos da Apple, que até então deixavam claro que se a bateria não fosse original da empresa, o serviço de reparo era negado ao usuário. Com a nova diretriz, um funcionário pode substituir a bateria por uma original ou realizar pequenos reparos, pelo preço fixado para a troca do componente.

Atualmente a Apple cobra R$ 449 para a troca da bateria dos iPhones X, XS, XS Max e XR. Para os iPhones anteriores o valor é de até R$ 329, já fora da promoção que acabou no final do ano passado e que derrubou o preço para RF$ 149. Dentro da garantia de 12 meses a troca da bateria é feita sem qualquer custo para o usuário.

A única recomendação que é feita é para que a bateria seja drenada para 60% da carga – certamente por motivos de segurança. Mesmo com o aceite para baterias de outras marcas, a Apple ainda permite que o técnico recuse reparo se a placa lógica, microfone, conector Lightning, entrada para fones de ouvido, botões de volume ou outros componentes não forem da própria marca do iPhone.

Desde 2017 o reparo de iPhones com telas genéricas também foi liberado. A mudança pode ser aplicada em todos os países onde a Apple mantém ao menos seu serviço de assistência técnica autorizada.

Com informações: MacRumors.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.