Início » Negócios » Huawei recebe mais 90 dias para atualizar celulares e redes nos EUA

Huawei recebe mais 90 dias para atualizar celulares e redes nos EUA

Huawei poderá enviar atualizações de segurança para celulares Android e fazer manutenção de rede; prazo pode ser renovado

Felipe Ventura Por

Os EUA ofereceram uma licença temporária para a Huawei continuar alguns de seus negócios com empresas americanas, incluindo manutenção de equipamentos de rede, atualizações de segurança para celulares Android, e contribuições para a tecnologia 5G. A empresa tem um prazo de 90 dias que pode ser renovado no futuro.

Foto por Kārlis Dambrāns/Flickr

Vale notar que a Huawei só tem autorização para oferecer suporte a produtos já vendidos. “Essa licença permitirá que as operações continuem para os usuários de celulares e redes de banda larga rurais existentes da Huawei”, diz o secretário de Comércio Wilbur Ross em comunicado.

A empresa continua basicamente proibida de comprar chips da Qualcomm e Intel, e de obter acesso antecipado ao Android Q do Google. Para reabrir esses contratos, ela teria que solicitar uma nova licença ao governo americano, cuja chance de aprovação é praticamente nula.

A licença temporária dos EUA contempla quatro itens:

  • manutenção e suporte de redes móveis e equipamentos da Huawei já existentes e totalmente operacionais;
  • suporte a celulares Android, incluindo atualizações de software ou correções de segurança, para aparelhos disponíveis ao público até 16 de maio de 2019;
  • divulgação de vulnerabilidades de segurança em produtos da Huawei, incluindo redes móveis e celulares;
  • envolvimento com a Huawei através de um órgão de padrões — como o ITU, 3GPP e GSMA — para desenvolvimento do 5G.

A Licença Geral Temporária emitida pelos EUA vale para a Huawei Technologies e suas 68 afiliadas fora dos EUA, incluindo a Huawei do Brasil Telecomunicações sediada em São Paulo. Ela entrou em vigor em 20 de maio e se estenderá até 19 de agosto, podendo ser renovada.

Em nota à imprensa, a Huawei diz que “continuará a fornecer atualizações de segurança e serviços de pós-venda para todos os produtos Huawei, cobrindo todos aqueles que já foram vendidos ou ainda estão em estoque”. A fabricante completa: “continuaremos empenhados em construir um ecossistema de software seguro e sustentável, a fim de fornecer a melhor experiência para todos os nossos usuários globalmente”.

CEO da Huawei comenta licença temporária dos EUA

Ren Zhengfei, CEO e fundador da Huawei, disse ao jornal estatal Global Times nesta terça-feira (21) que essa licença temporária não significa muito para a empresa; e que ela está bem-preparada para as sanções dos EUA. Segundo a Bloomberg, a fabricante estocou componentes e peças suficientes para três meses de produção.

“Até onde eu sei, as empresas americanas vêm fazendo esforços para persuadir o governo dos EUA a permitir que elas cooperem com a Huawei”, explica Ren. “Sempre precisamos de chipsets desenvolvidos nos EUA, e não podemos excluir produtos americanos.”

Em entrevista à CCTV, o CEO também diz que as restrições comerciais dos EUA não afetarão o lançamento do 5G ao redor do mundo, pois ninguém deve alcançar a tecnologia da Huawei nos próximos dois a três anos. Ren raramente dá entrevistas.

A China vem adotando algumas medidas de retaliação contra os EUA. Canais estatais passaram a transmitir filmes antiamericanos; o governo barrou o último episódio de Game of Thrones no país; e o presidente Xi Jinping visitou nesta semana um local para extração de metais raros usados na fabricação de eletrônicos — o país é o maior exportador do mundo nesse setor.

O instituto de pesquisa ITIF (Information Technology and Innovation Foundation) estima que as restrições dos EUA à exportação de produtos podem custar até 74 mil empregos e US$ 56,3 bilhões em prejuízo para a economia americana, dependendo de sua escala.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Emerson

A Crimeia me lembra que eles não queriam ficar como flagelo de um país que mergulhou na patranha dos EUA. Fora isso, qualquer insinuação não diz coisa alguma.

Mario Bros

Crimeia te lembra algo?

Silvio Ney

Não sabe a merda pequena que falaste

Silvio Ney

Boa, vou até dar uma olhada nos One pra em breve ser, quem sabe, o próximo :)

uB.

Olha só, n disse q n presta por se inspirada do iOS! Disse q n curto, e entendo q muita gente é fã exatamente por ser inspirado no iOS.

Porém, o maior feito e elogio do iOS se dá à grande atenção q eles dão aos pequenos detalhes e, infelizmente, a Huawei n tem o mesmo cuidado. =/

Sobre o Always on Display, a EMUI apenas exibe horas e bateria, no 9.1 foi atualizado e agora exibe notificações tb! Porém é customização é quase inexistente! A Oxygen (do OnePlus) tem diversas customizações disso, a One UI então... nem se fala.

Silvio Ney

eu só concordo com o fato dos icones não ser padronizado, que é um mal do android GERAL, muito raro uma empresa com seu launcher default ter os icones padrões. Por sorte a EMUI 9.1 resolveu isso padronizando tudo, ficou melhor.

Sobre você não gostar de iOS não faz da interface pior, há quem goste e há quem não goste. O Fato deles se basearem em iOS é um ponto, pois de longe o iOS é elogiado por isso. Agora se você não curte não faz sentido dizer que não presta.

Fora isso, entendo... não possui um com tela curva então não sabia disso.

O Always On teve o update e melhorou, mas ta longe em quê da concorrência? Não percebi diferença.

Rod

Difícil substituir o Google.

Rod

Se os EUA não tirarem o embargo, não vai receber mais atualização nenhuma.

uB.

Sei q n usa as câmeras ao mesmo tempo, dá até pra notar quando muda de lente. Mas mesmo comparando só a main, a da Huawei é muito superior, inclusive, o P30 Pro utiliza 2 lentes, pq uma das lentes é exclusiva pra uma medição lá q n lembro direito.

Tb, a Huawei tem lente exclusiva com zoom óptico e o Pixel n, mas ainda assim, o Pixel consegue um resultado bem satisfatório!

--

Sobre o OS ser inspirado ou não no iOS é realmente gosto, mas a falta de refinamento no software é outro coisa: ou vc se importa ou não pelos detalhes, felizmente a maioria das pessoas não ligam muito pra isso, querem só os recursos funcionando e ponto final!

A Emui se inspirou no iOS, mas ainda assim tivesse caprichado nos detalhes, harmonia, acabamento e tal... provavelmente não iria me desfazer do Mate20 Pro.

Paçaro

Então é só questão de gosto. Porque tenho o mesmo Mate 20 Pro e gosto bastante da Emui. Isso que meu últimos vários celulares foram tudo Android puro (Nexus) ou OxygenOS, ou com alguma custom ROM AOSP.

Sobre a questão da camera, a Huawei não tem 3 ou 4 câmeras pra usar tudo ao mesmo tempo pra aumentar a qualidade. Diferente daquele celular-aranha da Nokia, cada lente tem uma função bem específica e é usada em separado. Então não faz sentido comparar a câmera do pixel com as várias câmeras de um Huawei. Teria que comparar exclusivamente com a lente "normal" dele.

Paçaro

Pode postar a fonte?

uB.

Ahh sim, quero deixar claro: é um software que funciona bem, é completo e a grosso modo não falta nada! É fluído, n vi muitos bugs (só um bobo uma vez, o controle de volume n sumia de jeito nenhum! Ficou na tela até eu reiniciar o telefone).

Enfim, é apenas um software OK! Peca nos detalhes/acabamento/refinamentos.

uB.

Tive um Mate20 Pro e vendi justamente pelo software n entregar a qualidade premium que o hardware entrega. Em outras palavras: o software n valeu o preço que paguei no telefone, entende?

O q lembro de n ter gostado:
- justamente por se inspirar no iOS, se fosse pra ter iOS, eu comprava o original, n o "paralelo". E eu n sou fã do iOS!
- falta identidade visual, os apps não possuem identidade e não são padronizados. Alguns realmente são bem bonitos!
- entrega alguns recursos no hardware, mas n existe software pra explorar tal recurso. Tela curva, é totalmente estético, n existe um único recurso pra aproveitar a tela curva. O mesmo da tela OLED, aquele always on display é muito tosco, exibe só as horas (no 9.1 foi atualizado, melhorou um cadin, mas ainda tá beeeem longe da concorrência)
- tiram alguns recursos do Android puro, o próprio always on display tem no Android puro e a Huawei sobrescreveu por um piorado! O mesmo pela navegação por gestos, Huawei fez uma solução, mas tá longe de ser excelente!

E é isso: a EMUI tem de tudo, mas nunca é excelente, saca? Parece q eles n planejam direito e n refinam o que fazem, tão apenas querendo completar os requisitos.

rodrigo junior

Putz, agora que comprei um P20, e apesar de ser o do meio e não ser lançamento, estou muito satisfeito com o aparelho, para usuários não muito exigentes ele é ótimo!

O que acham das atualizações no Brasil? Pra quem já possui o aparelho, será que continuará a chegar as atualizações de segurança e quem sabe o Android Q?

Silvio Ney

Você usou qual smartphone com a EMUI? Eu possuo um P20 Pro e acho muito bom o S.O, principalmente por ser baseado no iOS, pois sempre fui usuário iOS e agora estou testando esse Huawei.

E discutir hardware vs pos-processamento é no quesito android em geral, não fale que é culpa da Huawei. TODOS os smartphones android possuem um absurdo de hardware e uma mixaria de software, com exceção do Pixel, mas aí é outra história.

Exibir mais comentários