Início » Celular » Uma olhada de perto no Motorola One Zoom

Uma olhada de perto no Motorola One Zoom

Quatro câmeras na traseira, Snapdragon 675, selfies de 25 megapixels e mais no novo membro da família One

Paulo Higa Por

Direto de Buenos Aires — A linha Motorola One ganhou um quarto integrante no Brasil e este pode ser o smartphone mais completo lançado pela fabricante neste ano. O Motorola One Zoom reúne as câmeras que fizeram sucesso no One Vision e One Action, mas melhora o processador, tem a maior bateria de todas e capricha no design, com direito até a um logotipo que acende. O preço também aumentou: R$ 2.499.

Hands-on do Motorola One Zoom em vídeo

Para tirar isso da frente logo, vamos às especificações técnicas: o One Zoom tem hardware de celular intermediário premium, com Snapdragon 675, 4 GB de RAM, 128 GB de memória interna e bateria de 4.000 mAh com carregamento TurboPower de 15 watts. A tela de 6,4 polegadas é OLED, tem resolução Full HD+ e me pareceu muito saturada por padrão, mas é possível deixar os tons mais naturais nas configurações.

Motorola One Zoom

Outro ponto importante: apesar do nome, o One Zoom não faz parte do Android One. Isso significa que ele tem uma atualização garantida de Android, não duas. E as correções de segurança só estão prometidas até setembro de 2021, não 2022. Segundo a Motorola, o Android One não era um fator decisivo de compra (e ele obviamente adiciona custos ao produto). Se os estudos mostrarem que o usuário voltou a se interessar pelo programa, a Motorola pode retornar com isso na linha One.

Motorola One Zoom

O que mais interessa aqui é fotografia. Na frente, temos um sensor de 25 megapixels para tirar selfies. E, na traseira, existem quatro câmeras (ou três, dependendo da sua religião). A câmera principal é de 48 megapixels e tem o mesmo sensor Quad Pixel do One Vision, que já se mostrou excelente, principalmente com pouca iluminação: a Motorola trabalhou muito bem o modo de visão noturna, que realça as cores e deixa a exposição mais equilibrada.

Motorola One Zoom

Além do sensor principal, temos uma lente ultrawide, uma teleobjetiva com zoom óptico de 3x e um sensor de profundidade que só é usado no efeito de desfoque de fundo. Eu ainda não consegui testar as câmeras adicionais em condições de baixa iluminação, mas as fotos rápidas no evento em Buenos Aires me causaram uma boa primeira impressão.

As fotos ao ar livre mostraram uma boa exposição, excelente nitidez e cores equilibradas, tendendo mais ao natural, sem saturar demais. As mesmas qualidades se repetiram nas fotos com zoom óptico de 3x, inclusive em ambientes internos. Se a Motorola manteve o algoritmo acertado de pós-processamento do One Vision, as câmeras são bem promissoras.

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Motorola One Zoom - Teste de câmera

Embaixo das câmeras, o Motorola One Zoom tem um detalhe bem peculiar: a marca da Motorola… acende. Ainda não é um smartphone gamer que fica piscando em RGB: a luz é branca, bem discreta e quase não é percebida se o ambiente estiver iluminado. Obviamente, você pode desativar esse recurso, ou então usá-lo como um LED de notificações.

Motorola One Zoom

Outro detalhe é o leitor de impressões digitais embutido na tela. Este é o primeiro smartphone da marca que é comercializado no país com essa função. A Motorola disse que aprendeu com os erros e acertos do Moto Z4 para tornar o sensor mais rápido e preciso: existe um algoritmo de aprendizagem de máquina que permite melhorar o reconhecimento à medida que você vai desbloqueando o aparelho no dia a dia.

Motorola One Zoom

Parece um smartphone bem promissor, por juntar a câmera do One Vision com a lente grande angular do One Action e melhorar o hardware, mas cobrando mais caro por isso — e posicionando o produto em uma faixa de preço anteriormente ocupada pelo Moto Z.

Estamos com o Motorola One Zoom e o review completo sai em breve. O que vocês querem saber sobre ele?

Motorola One Zoom - ficha técnica:

  • Tela: OLED de 6,4 polegadas, Full HD+ (2340x1080 pixels), proporção 19:9, 403 pixels por polegada
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 675 octa-core de até 2,0 GHz, com GPU Adreno 612
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 128 GB, expansível por microSD
  • Câmera traseira quádrupla:
    • principal: 48 megapixels, f/1,7, Quad Pixel, estabilização óptica de imagem
    • ultrawide: 16 megapixels, campo de visão de 117 graus
    • profundidade: 5 megapixels
    • zoom: 8 megapixels, zoom óptico 3x, zoom híbrido de 10x, estabilização óptica de imagem
    • gravação de vídeo 4K a 30 fps, Full HD a 60 fps, foco por detecção de fase
  • Câmera frontal: 25 megapixels, f/2,0
  • Bateria: 4.000 mAh, com carregador TurboPower de 15 watts incluso na caixa
  • Sistema operacional: Android 9.0 Pie
  • Conectividade: USB-C, Wi-Fi 802.11ac dual-band, Bluetooth 5.0
  • Dimensões: 190 g, 8,8 mm de espessura

Paulo Higa viajou para Buenos Aires a convite da Motorola.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

yajimona
Onde Comprar o Motorola One Zoom com desconto?Ganhe 10% de Desconto no Aparelho Vendido e entregue pela Magazine Luiza: https://bit.ly/Motorola-One-Zoom-Magazine-Luiza
Celso
Uma coisa é entusiasta de tecnologia prezar por isso.Outra é ver se o leigo (público-alvo dela) realmente liga pra isso.
Celso
Diferencial nem tanto.E parece estar valendo a pena apenas para a HMD, mesmo.
Celso
Segundo a Motorola, o Android One não era um fator decisivo de compra (e ele obviamente adiciona custos ao produto). Se os estudos mostrarem que o usuário voltou a se interessar pelo programa, a Motorola pode retornar com isso na linha One.Precedente perigoso isso aí.Será que ela usou a mesma lógica quando decidiu que a família Moto E não receberia mais nenhuma atualização do Android ("Moto E ter atualização do Android não era um fator decisivo para compra")?E será que ela usou a mesma lógica quando decidiu que a família Moto G só teria 1 atualização do Android ("Moto G ter 2 atualizações do Android não era um fator decisivo para compra")?Acho que "não ser um fator decisivo pra compra" na opinião dela quer dizer "a pessoa vai comprar tendo ou não tendo".
Rodrigo Sassaki
Não tem entrada P2?
Marcos
Comecei a ler a matéria e parei no "melhora o processador". Basicamente todos benchmarks entre o Exynos 9609 e o Snapdragon 675 são vencidos pelo primeiro, raras exceções em jogos que exigem mais desempenho gráfico.
Paulo Higa
É só dar zoom "ao contrário" ou tocar no 1x/3x/0,5x.
Gabriel Naldis
Quer atualização constante, compra um Pixel. Valeu, falou!
Gabriel Naldis
Bem pontuado!
Miguel
Feio d+
Fabio Santos
O problema de preços no Brasil ainda mais Android que o povo já acostumou sai caro e logo despenca se vier com o preço ok, o povo vai querer mais desconto e daí vira uma bola de neve.
Rafael Rocha
Há muito tempo que não é assim. Desde quando a Lenovo assumiu de fato, as atualizações caíram pra uma pros Moto G, duas pro Moto Z e nada pro E. Essa história de atualizações por longo tempo só serviu pro Moto X e G de primeira e segunda geração e olhe lá.
Rafael Rocha
Não é bem assim, o diferencial da Motorola era o Android menos modificado de todos - e pelo jeito isso continua. O diferencial dessa linha One é que era o Android puro do Google (ou quase, veja os apps de câmera), mas pelo jeito, eles acham que não estava sendo um diferencial compensador. Eu mesmo lamento, o Android One pra mim conta muitos pontos.
Luizx
A verdade é que ninguém liga pq quase não muda , a galera só tem tara em ve o número diferente só isso
Anderson Oliveira
Acho que a Motorola tem errada em sua estrategia de preços, o One Zoom seria uma boa opção se fosse abaixo de 1800.Nessa faixa ai ele tá brigando com o Xiaomi MI9, S9 e S9+ e até o Note 9 (o "9" apesar de serem do ano passado ainda são ótimas opções).
Leo Otávio
Espero que o Android One volte. Toda empresa precisa de um diferencial e a Motorola jogou o dela no lixo
Fabríccio Santos
Deveria ter 6gb de ram. Assim como o z3 play indigo. So isso
Henrique Santos
Como que ativa a câmera grande angular?! Porque fiquei tentando achar nele e não consegui, tenho o Moto X4 e a tecla pra mudar de câmera é bem explícita, mas nele não!
Credulos
Que traseira horrível.
GTR TELEFONIA
feio e ponto
rhobyson rhodyson
Mds um design horroroso e um preço que não condiz com as especificações do aparelho.. Eu sinceramente usei por muito tempo Motorola e não curtia muito os aparelhos da Samsung.. E hoje eu simplesmente inverti passando ó usar essa marca e largando de vez a motorola..
Abner De Sena Eleres
e la se vai mais um celular que morreu antes de ser lançado, com um preço absurdo, desempenho intermediario e design orrivel.
Jairo ☠️
É um gadget intermediário interessante a um preço máximo de 1,6 K
tuts
Não tem Android one pra mim esse ai já pode jogar no lixo, a desconexão da empresa(Motorola/Lenovo) com o público dos smartphones one é tão grande que é estranho, parece que eles moram numa caverna, todo mundo fala que compra Motorola porque ela atualiza rápido e tem atualizações, ela criou essa imagem (mesmo que não seja mais verdade) pra jogar tudo fora, a Motorola merece ser esquecida. No próprio twitter e comentários de sites de tecnologia o que mais se vê é gente perguntando "quando essa atualização vai chegar pro meu moto g x plus pro giga grandão?" Ou "vai chegar no meu Motorola one viser vision pro câmera plus xl Black Lion giant?" E eles me vem falando que o público não liga pra isso? More(Motorola), morre logo porque eu não quero mais te ajudar
Alberto Junior
Os fanboys da Motorola se orgulhavam de receber atualizações durante um longo período, mas essa mamata vai acabar Huahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahua
Alberto Junior
"Se os estudos mostrarem que o usuário voltou a se interessar pelo programa, a Motorola pode retornar com isso na linha One" #RIPMotorola
Saulo Benigno
"Se os estudos mostrarem que o usuário voltou a se interessar pelo programa, a Motorola pode retornar com isso na linha One" .... ninguém aqui se interessa por ter Android atualizado no aparelho?