Início » Telecomunicações » Brasil perde R$ 25 bilhões em impostos com atraso do leilão de 5G, diz Ericsson

Brasil perde R$ 25 bilhões em impostos com atraso do leilão de 5G, diz Ericsson

Adiamento da licitação de 5G para 2021 pode prejudicar adesão à tecnologia e governo perderia com arrecadação de impostos

Lucas Braga Por

O leilão do 5G deveria acontecer em março de 2020, mas possíveis interferências com o serviço de TV via satélite podem adiar o evento. A Ericsson, fornecedora de equipamentos de redes móveis, afirma que, caso a licitação atrase para 2021, o governo brasileiro deixará de arrecadar R$ 25 bilhões em impostos.

Samsung Galaxy S10 5G

O número foi divulgado em um estudo com projeções de receita e investimentos das operadoras brasileiras para a tecnologia 5G. O documento aponta que o adiamento do leilão atrasaria a adoção do 5G no Brasil e causaria queda na receita das operadoras por conta do alto custo do espectro.

Ao Telesíntese, o diretor de relações governamentais da Ericsson, Tiago Machado, diz que o argumento de não convivência entre 5G e parabólicas é uma “falácia”, e que seria “irresponsabilidade” a migração das parabólicas para a banda Ku. O processo de migração tem custo estimado entre R$ 3 e 10 bilhões, e o executivo aponta que as operadoras já pagaram R$ 2,7 bilhões durante a digitalização da TV aberta para a chegada do 4G em 700 MHz.

Ainda assim, Machado tem esperanças de que o leilão do 5G ocorra no primeiro semestre de 2020, apontando uma “virada de chave” para o mercado de telecomunicações e para a economia brasileira.

Operadoras sem pressa

No exterior, as empresas já estão iniciando suas operações em 5G. A experiência com as redes de ondas milimétricas não tem sido boa: embora a velocidade seja altíssima, a cobertura é falha ao ponto de a rede cair para 4G ao atravessar a rua, mesmo estando de frente para a antena. Por esse motivo, as operadoras brasileiras observam a nova tecnologia com cautela.

No passado, a Claro afirmou que quer ser a primeira operadora a oferecer 5G, mas apenas em locais específicos onde se justifique a tecnologia, tanto do ponto de vista de uso como do retorno do investimento.

Já a Vivo teme que o 5G não seja rentável o suficiente para ser implementado no Brasil, uma vez que se trata de uma rede complexa e que exige um número de antenas muito maior. A TIM é a única operadora que manifestou sinais de pressa para que o leilão ocorra o quanto antes, mas espera que a licitação aconteça em 2020 para que entrem em operação em 2021.

A Oi, que enfrenta uma crise financeira, tem sofrido especulações a respeito de uma possível venda do braço móvel. Na divulgação do plano estratégico para o triênio 2019-2021, a operadora não mostrou muito foco no serviço celular e afirma que quer ser a “provedora” da infraestrutura para o 5G no Brasil através da sua extensa rede de fibra óptica.

Tecnocast 115 – Para que serve o 5G?

Muita gente ainda pensa que o 5G vai servir apenas para deixar a internet do celular mais rápida. Mas a nova rede deve mudar muita coisa, inclusive a internet fixa que chega hoje em nossas casas. Nesse episódio contamos tudo o que você precisa saber sobre o 5G. Dá o play e vem com a gente!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Coringão_Eterno

Todo cuidado com a Huawei é pouco. Preços baixos não são à toa: depois da implantação as carriers sofrem com o pós-venda, sempre muito ruim e caro. O país precisa de um maior alinhamento com os EUA. Os milicos brasileiros, Mourão à frente, estão muito assanhados com os chineses, sabe-se lá por que............Muita calma nessa hora grave. Não podemos repetir os (inúmeros) erros do passado. Temos que escolher as bandas e os fornecedores que tragam maior benefício ao conjunto da população, e não a alguns grupos de poder, que à menor sombra de problemas caem fora. Cuidado Bolsonaro!

Fabio Santos
Me explica como pode gerar este prejuízo bilionário se o mesmo público já paga impostos no 4G, 3G e por aí vai.
Fabio Santos

Me explica como pode gerar este prejuízo bilionário se o mesmo público já paga impostos no 4G, 3G e por aí vai.

Fabio Santos
25 bilhões a menos pra roubarem kkk.
Fabio Santos

25 bilhões a menos pra roubarem kkk.

ochateador
Que façam o leilão só em 2022. Dá tempo de juntar dinheiro, organizar as especificações/espectros e obter equipamentos melhores (e mais baratos).
ochateador

Que façam o leilão só em 2022.
Dá tempo de juntar dinheiro, organizar as especificações/espectros e obter equipamentos melhores (e mais baratos).

Gabriel Rezende

Com certeza não é a continuação do 4G, é uma extensão

Gustavo Al-Kurdi
Brazil sempre na vanguarda. Vanguarda do atraso.
Gustavo Al-Kurdi

Brazil sempre na vanguarda. Vanguarda do atraso.

Mais ou menos Danilo. Voce esta certo mas tambem não precisa sair instalando que nem um doido sem estrategia. Pelo menos monitore os paises que estao instalando nesse momento para ter uma estrategia certada. Ainda mais pelo fato, como diz o texto, que nao esta sendo facil.

Ainda poderiam investir muito mais na estabilidade do 4G que ainda tem muito caldo, do que no 5G.

Seu Madruga Comentarista

Sáporra só vai atrasar por conta da huawei/eua/trump que fica atazanando o governo br! Poderíamos ter a melhor tecnologia, mas o governinho dos eua fica acusando a empresa chinesa de espionagem e recomenda não fazer negócios com ela. Ou seja, o monopólio da espionagem deve ser do tio sam! tománoc#!!!

Danilo Cursino

Esse tipo de comentário de uma miopia tecnológica. Esse tipo de coisa leva tempo, justamente tem que investir agora pra daqui 10 anos funcionar. Tecnologia e infra vc não estala os dedos e funciona.

Marcos Vinícius

Pra quê investir numa parada que nem funciona corretamente ainda? Ainda vai demorar muito pra implementação séria dessa tecnologia.

O fantástico senhor raposo

Eu acho que esse 5g vai ser uma furada, tanto no Brasil como no mundo... mas vamos ver.