Início » Legislação » Comissão da Câmara rejeita limite para taxa de Uber, 99 e Cabify

Comissão da Câmara rejeita limite para taxa de Uber, 99 e Cabify

A votação terminou em 18 a 6 contra pela rejeição; o projeto segue agora para outras duas comissões da Câmara

Victor Hugo Silva Por

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados rejeitou o projeto que estabelece limite para a taxa cobrada por empresas como Uber, 99 e Cabify. Em sessão realizada nesta quarta-feira (2), 18 deputados votarem contra o texto, enquanto 6 foram favoráveis.

Aplicativo Uber - motorista

O Projeto de Lei 448/2019, apresentado pelo deputado Igor Timo (PODE-MG), propõe um teto de 10% para a taxa dos serviços. Ele já havia recebido parecer contrário do relator na comissão, deputado Lucas Gonzalez (NOVO-MG), e foi discutido novamente antes da votação.

Em sua fala, Gonzalez argumentou que o projeto interfere em uma relação privada, impedindo a livre iniciativa. "O meu relatório garante e valoriza a livre concorrência, beneficiando o cidadão brasileiro", afirmou. "Queremos que haja mais pessoas trabalhando com o aplicativo".

Timo, por sua vez, disse que é necessário proteger os motoristas que, segundo ele, ganham menos de um salário mínimo em alguns casos. "A empresa alega que investe em pesquisa, mas estamos cientes que o grande investimento que as empresas de aplicativo estão fazendo é nos carros autônomos. Quando os carros autônomos estiverem rodando, os motoristas vão para onde? O que foi oferecido para eles em termo de capacitação?", questionou.

Apesar da rejeição na Comissão de Viação e Transportes, o projeto de lei seguirá tramitando na Câmara dos Deputados. Ele será encaminhado à Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços e, em seguida, à Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania.

Como o projeto tem caráter conclusivo, ele não precisará ser votado em plenário caso as duas comissões também concluírem pela sua rejeição. Se uma delas votar por sua aprovação ou se houver um recurso assinado por ao menos 52 deputados, a matéria deverá ser analisada em plenário.

Com informações: Câmara dos Deputados.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Uai
Trabalho escravo onde só entra nessa quem quer.Vá trabalhar, taxista.
Uai
NINGUÉM é obrigado a fazer o serviço.
João
O fato de entrar muito dinheiro e ser uma das maiores startups não quer dizer que a empresa não da prejuízo, além dos óbvios cortes de gastos que a Uber precisa fazer, eles precisam aumentar a receita atingindo mais usuários e só vão conseguir isso a partir de propagandas. É trabalho escravo agora por que não paga tão bem quanto você quer? Por que eles podem pagar menos porque a necessidade é alta? Imagina se essa empresa malvada, exploradora de motoristas não existisse ou encerrasse suas operações aqui? Os motoristas "escravos" não teriam nenhuma fonte de renda. O problema não é a Uber
Nicolae Mika
Hoje o trabalho escravo acontece de forma mais sutil, não precisa usar a força vai pela necessidade e falta de opção. É eu não acredito que a UBER de prejuízo se não, não teoria encomendado a volvo uma frota de de carros sem motoristas. E não faria tanta propaganda paga e não figurará entre as quatro maiores estará up.Mas valeu foi boa a conversa abraços
Marcos Aurélio Soares
Pessoal Coloque o título no YouTube " uberizacao "Veja pela rede tvt ou repórter BrasilEm poucos minutos vocês vão entender a exploração em cima dos brasileiros
João
Uber não é isenta de impostos, tem centenas de milhares de funcionários, o custo de operação da Uber é gigantesco. A empresa não da lucro até hoje e assume que talvez nunca consiga. E a empresa precisa ser minha pra defender? Seus comentários não fazem sentido cara.
João
É escravo? A Uber te chicoteia pra forçar a trabalhar? Tem um fiscal da Uber falando "Faz corridas ou quebro suas pernas"? NÃO. Uber não é trabalho escravo, trabalha quem quer. O dinheiro que o cara ganha com Uber não cobre as manutenções não é 100% verdade, varia de carro, cidade e quantas corridas que o cara faz. Fora que, Uber não é trabalho, é um App para bicos, a empresa não deve nada ao motorista, não tem que pagar nada exorbitante pra ele fazer a manutenção. Se o pagamento tá ruim é só usar outro aplicativo ou buscar emprego formal.
João
Não ataquei ninguém, tá ok?
Nicolae Mika
Sobre vc dizer que o UBER da prejuízo, só se for para os motoristas mesmo, por a plataforma em si não paga impostos não tem praticamente funcionários, até pouco tempo apenas cobrava uma % do valor das corridas sem praticamente ter custos algum. Assim se tornando a terceira startap mais rico do mundo só ficando atrás do Facebook Aplel Google.. Abre o olho pra que vc defende essa empresa que não é sua e explora os motoristas.
Nicolae Mika
Sobre o app, como usuário eu gosto muito de mais da conta, inclusive porque os motoristas são em geral muito mais educados e Cortez que os taxistas, os carro chega mais rápido, o passageiro já sabe o valor da corrida no ato, não tem como ser enganado. Uso principalmente em viagens, ótimo. Mas tenho pena dos motoristas e sempre que uso dou uns R$5 ou |R$10 de gorjeta pois sei de toda a situação.
Nicolae Mika
E é sim escravo, porque o que um motorista de UBER ganha até paga as despesas diárias como eu já avia dito, mas quando depois de um ano ou dois quando o carro passa dos 100mil km é começam aparecer as manutenções, o que o motorista ganha não cobre, na maioria das vezes o pessoal acaba desistindo de ser UBER com no máximo 3 anos, EU SOU DONO DE UMA OFICINA MECÂNICA QUE ATENDE MUITOS MOTORISTAS E É ESSE O RELATO RECORRENTE. No início se via muita gente com carrinhos novos Corolla, Versa hoje esse pessoal não aguentou e acabou saindo ou vendendo para comprar um carro velhinho e paga os próprios compromissos do carro. Não tem condição
Nicolae Mika
Bem amigo, primeiro me tenha o nível do debate nas ideias e não me ataque ok, porque fazendo isso vc se demonstra ser um idiota.
Ian Carlos ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Pessoal culpa a Uber ao invés de colocar a culpa no principal culpado: Governo.A Uber é um serviço onde ela não obriga ninguém a se cadastrar e aceitar os termos dela que querendo ou não ela coloca e você aceita pq quer/precisa. Mas isso torna a culpa dela ?! Não. Falta de sensibilidade ?! Sim. Mas me diz, qual empresa não quer lucro ?Cadê esses que culpam a Uber indo culpar o verdadeiro culpado que é o governo que não faz nada que preste para diminuir o desemprego, e melhorar a vida de ambos (empresa e funcionário) ?Ps.:"[...
Jonatan Cavalcante Centeno
Não fala bobagem... a Uber fica alterando o modo como faz os calculos de taxas.. ninguém nunca concordou com isso mas ai o cara ja comprou um carro e fez milhoes de investimentos pra poder trabalhar e essas empresas sangue suga ficam fazendo o que querem e quando querem.
Ruberval Ribeiro
Todo mundo pode dizer o que quer, é difícil chegar a um comum acordo. Alguns defendem com receio de perder esse "bico", outros por suas experiências não concluem nada. O melhor é cada um fazer sua própria conta e avaliar se dá ou não pra se submeter ao que propõe estes apps.Um abraço!
Ruberval Ribeiro
Todo mundo pode dizer o que quer, é difícil chegar a um comum acordo. Alguns defendem com receio de perder esse "bico", outros por suas experiências não concluem nada. O melhor é cada um fazer sua própria conta e avaliar se dá ou não pra se submeter ao que propõe estes apps.
Um abraço!
Eduardo Braga
"[...
João
Como que é pior que trabalho escravo cara, tais é loco kkkkkjjj. Já viu os relatórios da Uber? Mesmo ela cobrando as taxas que cobra, só da prejuízo. Se o app não está te satisfazendo com as taxas dele, procure outro, tenho certeza absoluta que tem outras opções com taxas e modos de pagamento diferentes na sua região.
Marcos Vinícius
Vai fazer outra coisa da vida, usa o app quem quer.
Fábio
Estão lá porque querem... Ninguém é obrigado.
Antony
Verifica novamente a sigla, olha a coligação, orientação do partido em projetos chave votados recentemente, e depois volta aqui e me fala se é um esquerdista. Só uma dica: ele é contra o estatuto de desarmamento
Porto Velho
Só que não é assim que se resolve as coisas. Essa lei simplesmente iria matar qualquer concorrente que dependa de mais de 10% de taxa, além de inviabilizar completamente empresas que cobram mensalidade (o que fariam se o faturamento do motorista nao fosse suficiente pra mensalidade dar 10% dela?)Acha que o Uber tá ruim? Procura um concorrente, tem dezenas deles mais amigáveis aos motoristas. É assim que se resolve as coisas.Aliás, te convido a conhecer o Urbano Norte. Foi criado por ex motoristas do Uber que nao estavam satisfeitos com a empresa. Hoje dominam o mercado em várias capitais da região Norte e Centro-Oeste. A diferença? Cobram mensalidade ao invés de porcentagem de corrida. Da pra ganhar bem mais que no Uber sem precisar aumentar o valor da corrida.
Porto Velho
De que modo isso iria ajudar os motoristas? Iria diminuir a concorrência e dar menos opções para todos.Nao tá satisfeito com o absurdo que o Uber cobra? Tem dezenas de concorrentes mais amigáveis aos motoristas, basta escolher.
Porto Velho
Motorista é obrigado a rodar com Uber? Nao? Entao não é trabalho escravo, fim.
Porto Velho
Projeto sem pé nem cabeça. Eu trabalhava com o Urbano Norte. Pagava uma mensalidade de R$150, não havia porcentagem por corrida.Se isso fosse aprovado, como ficaria se eu não faturasse R$1500?Aliás, o próprio mercado já deu um jeito nas taxas absurdas do Uber sem que o estado precisasse se meter. Tem concorrente cobrando bem menos, outros cobrando taxa fixa por corrida ou mensalidade/diária.
Hugo Mattos
Como sempre, um esquerdista se entrometendo nalgo que porra nenhuma sabe como uma empresa funciona, e nesse caso como é que funciona a relação deste tipo de serviço, que é o mesmo do Mercado Livre, B2W, Magalu e outros marketplaces que segue a lógica do livre mercado.Trabalha nisso quem quer! Anda de passageiro nisso quem quer! As regras das empresas são bem claras quanto aos valores.
Nicolae Mika
UBER é pior do que trabalho escravo, por mesmo que o cara trabalhe 24h por dia o que ele recebe no período de um ano, muitas vezes não paga nem a manutenção do carro, até da para o dia a dia comer, gasolina, e a troca de óleo, mas quando começa aparecer outros gastos como pneu, pastilhas de freio, emplacamento etc e tal o que o motorista ganha simplesmente não vai cobrir e ele acaba tendo que para de trabalhar de UBER, a não ser que tenha outra renda. Antão bem pior que trabalho escravo, por no final o cara ainda paga para trabalhar e dar lucro para o UBER. Sem contar que a empresa não dá suporte de nada e nem um nem para o passageiro e nem para o motorista
João
É engraçado que a maneira que você fala é como se o motorista fosse forçado a trabalhar com isso, como se não tivesse outras opções no mercado.
João
Trabalha em App quem quer cara. Esses apps não são feitos pra serem sua renda fixa, e sim um bico pra ter uma renda extra.
Sabrina De sousa Perez
Essa pagina defende muito os apps ...deve estar comprada com certeza !Devia defender os motoristas de apps, que trabalham dia e noite ,dando até sua vida ( em alguns casos) para ter um mínimo de dignidade em sua casa !
Sabrina De sousa Perez
Uber é trabalho escravo ...só um retardado para trabalhar em uma porcaria dessas !Tomara que um App chegue em todas as profissões, para calar a boca de muitos hipócritas ,que defendem o mal que essas empresas estāo fazendo para seus motoristas !
Sid
Parece que você não entendeu ou não conhece o funcionamento da Câmara. Uma vez rejeitado pela primeira comissão, é quase impossível passar pelas outras comissões. Provavelmente vai ficar criando pó em alguma gaveta. Ou seja, está morto.
ochateador
Seu comentário mostra que você não leu ou não entendeu a matéria.Sugiro reler novamente o último parágrafo.
zoiuduu .
eu nao vejo a uber como um emprego, e sim uma coi
ochateador
Só entrar no site deles, perde uma shoras tentando se localizar, e finalmente encontrar a relação.
Sid
Esse projeto era um absurdo e ainda bem que morreu. Se passasse, ou os aplicativos iriam embora ou aumentariam muito o preço. De qualquer maneira a gente iria pagar. O melhor jeito de regular preços é através do livre mercado. Haja vista o Amazon Prime por 89,90 ao ano.
Sid
Esse projeto era um absurdo e ainda bem que morreu. Se passasse, ou os aplicativos iriam embora ou aumentariam muito o preço. De qualquer maneira a gente iria pagar. O melhor jeito de regular preços é através do livre mercado. Haja vista o Amazon Prime por 89,90 ao ano.
Rafael Lima
Se fosse para aumento no salários desses vagabundos já tinham aprovado
Trovalds
Pelo menos o óbvio prevaleceu nesse caso.
Trovalds
Pelo menos o óbvio prevaleceu nesse caso.
frank
Cadê a relação dos deputados ou o link?Difícil em, cada dia pior
frank
Cadê a relação dos deputados ou o link?
Difícil em, cada dia pior