Início » Aplicativos e Software » Android Pie chega a 23% dos dispositivos e se torna versão mais popular

Android Pie chega a 23% dos dispositivos e se torna versão mais popular

Android 9 Pie levou um ano para chegar a 22,6% dos usuários; Google diz que adoção foi mais rápida com Project Treble

Felipe Ventura Por
23/10/2019 às 17h02

De acordo com o Google, o Android 9 Pie chegou a 22,6% dos usuários da plataforma em agosto, superando o Oreo e se tornando a versão mais popular. Isso significa que ele levou um ano para atingir um quinto dos celulares e tablets: é um avanço se comparado a versões anteriores, graças ao Project Treble, mas a adoção é inevitavelmente mais devagar que no iOS.

Asus Zenfone 6 com Android 9 Pie

"No final de agosto de 2019, pouco antes do lançamento do Android 10, o Android 9 (Pie) representava 22,6% do ecossistema", explica Iliyan Malchev, arquiteto do Project Treble, no blog oficial do Google. "Isso o torna a maior fração do ecossistema."

A empresa não informa a porcentagem de dispositivos com Android 10, sua versão mais recente. Enquanto isso, o iOS 13 teve 50% de adoção em menos de um mês nos iPhones compatíveis, graças ao ecossistema controlado pela Apple.

Google: Android Pie mostra efeito do Project Treble

O Android depende de uma cadeia de fabricantes e operadoras para ser atualizado; não é algo que depende só do Google, mas a empresa tenta facilitar o processo. Uma dessas iniciativas é o Project Treble, que divide o sistema operacional em módulos para que ele receba updates mais facilmente.

O Project Treble foi lançado no Android 8.0 Oreo, mas estava presente apenas em dispositivos que vinham com essa versão pré-instalada. Por isso, a atualização para o Android 9 Pie foi seu primeiro teste.

Os resultados foram promissores. Um ano após o lançamento do Android Pie, cerca de 600 milhões de dispositivos rodavam essa versão. Compare isso aos 300 milhões que tinham o Android Oreo um ano após ele ser liberado pelo Google. (O gráfico também menciona o "Oreo MR1", também conhecido como Oreo 8.1.)

Android Pie e Oreo

O gráfico talvez fosse diferente se o Google levasse em conta a porcentagem de dispositivos rodando cada versão do Android, em vez do número total. Ainda assim, é possível notar o efeito do Project Treble.

Além disso, Malchev lembra que a equipe do Android passou a colaborar mais de perto com fornecedores de componentes, incluindo Qualcomm, Samsung e MediaTek, para reduzir o tempo necessário para atualizar celulares e tablets. As melhorias devem continuar, e o Google espera "ver atualizações do Android 9 para o Android 10 visivelmente mais cedo este ano".

Há ainda o Project Mainline, embutido em novos celulares com Android 10, que permitirá receber atualizações de segurança através da Play Store. Veremos o efeito disso ao longo do próximo ano.

Com informações: Google, VentureBeat.