Início » Negócios » Sony não dá conta de fabricar sensores de câmeras mesmo com operação 24 horas por dia

Sony não dá conta de fabricar sensores de câmeras mesmo com operação 24 horas por dia

Demanda por sensores de imagem para câmeras de celulares está tão alta que a Sony vai precisar de uma nova fábrica

Paulo Higa Por

A Sony está enfrentando um novo problema, mas que desta vez é bom para a companhia: a demanda por sensores de imagem para câmeras de smartphones está tão alta que a marca japonesa não está dando conta do recado. Por isso, mesmo com suas linhas de produção funcionando 24 horas por dia, será necessário construir uma nova fábrica.

Apple iPhone 11 Pro

De acordo com a Bloomberg, este é o segundo ano consecutivo em que a Sony manterá sua linha de produção de chips funcionando inclusive durante as festividades de final de ano. Para tentar resolver o gargalo, a empresa planeja mais que dobrar seus investimentos no negócio de semicondutores, passando a investir 280 bilhões de ienes (aproximadamente R$ 10,4 bilhões) neste ano fiscal.

Se a fábrica da Sony não está atendendo à demanda mesmo funcionando a todo vapor, é hora de construir uma nova unidade, certo? O diretor da unidade de semicondutores da Sony, Terushi Shimizu, afirma que uma planta na cidade japonesa de Nagasaki deverá ser inaugurada em abril de 2021. Ainda assim, “a julgar pela maneira como as coisas estão indo, mesmo depois de todo o investimento em expansão de capacidade, isso ainda pode não ser suficiente”, diz Shimizu.

IMX390CQV

A Apple deverá ser uma das grandes responsáveis pelo crescimento da Sony: rumores apontam que ao menos um dos iPhones lançados em 2020 terá uma câmera 3D na traseira para escanear o ambiente e reconstruí-lo no celular. Sabe qual é um dos grandes produtos da Sony para o próximo ano? Isso mesmo, sensores para câmeras de tempo de voo.

O mercado de smartphones não está mais crescendo a passos tão largos, mas a Apple continua vendendo mais de 40 milhões de aparelhos a cada trimestre e, este ano, colocou uma câmera traseira tripla nos iPhones 11 Pro. Outras fabricantes têm incluído até cinco sensores e mesmo modelos básicos estão chegando com três câmeras. Por isso, apesar do crescimento tímido nas vendas de celulares no mundo, a demanda por sensores de imagem só cresce.

Enquanto isso, o negócio de sensores de imagem da Sony surfa na onda do mercado: ela já domina 51% do setor e planeja atingir uma participação mundial de 60% em 2025. A divisão de semicondutores é a segunda mais lucrativa da marca japonesa, perdendo só para a de PlayStation.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Washington Gontijo

kkkkkkkkkkk comparação super justa ne, faça o seguinte então, compare qualquer celular com uma câmera semi profissional com somente uma câmera e veja qual se sai melhor... ;) o meu exemplo foram de 7 câmeras e algumas para auxiliar em efeitos como desfoque, coisas que dão pra fazer via software perfeitamente, a comparação é burra jovem...

Gustavo

Não precisava ser super inteligente para saber que câmeras de celulares e câmeras profissionais servem para exatamente o mesmo propósito: tirar fotos! Logo, qualquer comparação é valida, principalmente por usarem o mesmo tipo de captação de imagem com sensoresv digitais, lentes, etc etc.
Se uma câmera profissional precisa de várias lentes de acordo com o contexto da imagem que se quer obter, nunca será possível fotos com qualidade profissional em um celular se este não dispor de lentes diferentes também. E se você não quiser ficar mudando de lentes manualmente no seu celular mas quer fotografias de qualidade próximas do profissional em todas as ocasiões, vai ter sim que aceitar os múltiplos sensores.
Sobre o Pixel, só um número pra derrubar seu argumento: 4!

Washington Gontijo

Fala isso pro pixel, vc comparar câmera profissional com celular é super inteligente né parceiro?

Gustavo

É exatamente isso que a matéria diz no final.

Gustavo

Canon, Nikon... Tem várias marcas de câmeras!

Gustavo

Pois é, explica isso para os fotógrafos profissionais que usam várias lentes diferentes... Diga pra eles que não é necessário várias lentes, uma só espetacular basta hahahaha

Daniele
Jefferson Rodrigues

Kkkkk

Buldego

É só negociar com o seu patrão.

Rafael Moreira

Sim a XBR é melhor que a QLED pelos reviews. Rtings é um ótimo lugar para fazer a comparação.

Agora quem deseja ter uma boa TV de entrada com Android TV, é melhor pegar uma QLED Q60 que possui painal 120hz, e instalar um Xiaomi Mi Box. Do que recorrer aos modelos Sony de entrada que possui Android TV mais o painel é IPS 60hz.

Rafael Moreira

Mais tem os modelos da Sony com Android TV, que é outro patamar como citaram aí, devido a uma gama maior de aplicativos disponíveis pela loja Google, como por fora. Porém o único modelo da Sony que acho válido a compra é o XBR 905F devido o painel VA, porém o preço é elevado.

Mais isso pode ser resolvido instalando uma Xiaomi Mi Box em TVs que não vem com Android TV. Economizando uma grana. Tipo comprado uma Samsung Q60 de 55 com painel 120hz, e instalando uma Mi Box por R$ 300 reais, transformará a mesma em uma Android TV.

João

Especialização. Vc acha que é justo o povo ficar trabalhando em trabalho repetitivo ou desgastante em pleno 2020? A evolução é inevitável. Tem também o presidente que quer o Universal Basic Income, mas aí é outros 500, alguns estudos contam que isso só pioraria a economia, ainda mais que a própria automação total.

Jhonatan Paiva

Direitos trabalhistas é uma desgraça, EU QUERO MEU SALÁRIO INTEGRAL, um exemplo é esse FGTS, dinheiro do trabalhador que o governo só libera quando bem entender.

Jhonatan Paiva

No Brasil pobre se mata por não ter emprego nem renda pra se manter, quer mesmo fazer essa comparação?

Sem contar que a população japonesa, é a que mais envelhece no mundo.

Jhonatan Paiva

Abuso pra mim é não ter emprego filhão.

Exibir mais comentários