Neste ano, a briga no segmento de processadores vai ficar mais acirrada. Pelo menos é o que a CES 2020 sugere: a AMD usou o evento para anunciar oficialmente os primeiros chips da família Ryzen 4000, que chegarão em breve com a missão de quebrar a hegemonia da Intel em notebooks.

AMD Ryzen 4000

Os processadores AMD Ryzen 4000 são baseados na arquitetura Zen 2, de 7 nanômetros. A linha foi dividida em duas séries: a U, com TDP de 15 W, para laptops ultraportáteis; a H, com TDP de 45 W, para notebooks de alto desempenho, principalmente modelos de categoria gamer.

Como que para provar que tem expectativas bastante altas para os novos chips, a AMD revelou que o plano é fazer a série Ryzen 4000 equipar mais de 100 modelos diferentes de notebooks no decorrer de 2020.

Para tanto, a companhia bate na tecla do desempenho. A AMD diz, por exemplo, que o Ryzen 7 4800H — o mais poderoso de toda a série — é até 39% mais rápido que o Intel Core i7-9750H no 3DMark FireStrike Physics. Já o Ryzen 7 4800U tem performance gráfica até 28% superior em relação ao Core i7-1065G7 no 3DMark Time Spy Extreme.

Sem mais delongas, estes são os modelos:

Série UNúcleos / ThreadsClock base / máx.CacheNúcleos gráficosClock gráficosTDP
Ryzen 7 4800U8 / 161,8 / 4,2 GHz12 MB81.750 MHz15 W
Ryzen 7 4700U8 / 82 / 4,1 GHz12 MB71.600 MHz15 W
Ryzen 5 4600U6 / 122,1 / 4 GHz11 MB61.500 MHz15 W
Ryzen 5 4500U6 / 62,3 / 4 GHz11 MB61.500 MHz15 W
Ryzen 3 4300U4 / 42,7 / 3,7 GHz6 MB51.400 MHz15 W
Série HNúcleos / ThreadsClock base / máx.CacheNúcleos gráficosClock gráficosTDP
Ryzen 7 4800H8 / 162,9 / 4,2 GHz12 MB71.600 MHz45 W
Ryzen 5 4600H6 / 123 / 4 GHz11 MB61.500 MHz45 W
Ryzen 7 4800HS*8 / 162,9 / 4,2 GHz12 MB71.600 MHz35 W

* O AMD Ryzen 7 4800HS vai ser fornecido exclusivamente ao notebook Asus Zephyrus G14

Uma das novidades da série H da linha Ryzen 4000 é a AMD SmartShift. Resumidamente, essa tecnologia melhora o desempenho gráfico ou de processamento do laptop ao equilibrar a energia que é fornecida à CPU e à GPU Radeon conforme a demanda.

Em outras palavras, a AMD SmartShift fornece mais energia para a GPU quando há grande demanda por recursos gráficos ou faz o mesmo com relação à CPU em tarefas que exigem bastante processamento. A companhia diz, como exemplo, que o desempenho de jogos pode aumentar em 10% com essa tecnologia.

Se a AMD estiver certa em suas previsões, os primeiros notebooks baseados nos chips Ryzen 4000 serão lançados já neste trimestre.

A companhia deve lançar também dois processadores da linha Athlon 3000 Mobile com TDP de 15W: o AMD Athlon Gold 3150U (dois núcleos, quatro threads, clock de até 3,3 GHz) e o AMD Athlon Silver 3050U (dois núcleos, dois threads, clock de até 3,2 GHz).

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação